Transporte rodoviário europeu recupera atividade no terceiro trimestre de 2020 – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Transporte rodoviário europeu recupera atividade no terceiro trimestre de 2020

Published

on

O transporte rodoviário de mercadorias na Europa melhorou de julho a setembro deste ano.



As ofertas de cargas detetadas pelo barómetro de transporte da TIMOCOM para o terceiro trimestre de 2020 voltaram a compensar o segundo trimestre do presente ano, muito débil por causa da pandemia de coronavirus. E os números aumentam a cada mês, superando inclusivamente os valores de 2019.

Calculando as cargas registadas de todos os países europeus registados no barómetro de transporte da TIMOCOM, chegou a mais 111% de cargas propostas face ao trimestre anterior (T3 face a T2 2020).
Comparativamente ao mesmo trimestre de 2019, houve mais 17% de cargas (T3 2020 face a T3 2019). O período mais forte foi setembro. Pela primeira vez desde o início da crise do coronavirus, foram superados os 10 milhões de cargas num mês. Ultrapassou ainda o melhor valor de 2019, que também foi em setembro, em 26%. “A razão deste crescimento foi a situação epidemiológica mais relexada dos meses de verão e uma necessidade de recuperação notável depois do fecho de muitos países europeus”, informou Gunnar Gburek, porta-voz da TIMOCOM.

Itália, por exemplo, muito afetada pela crise, saiu do confinamento no início de junho e Espanha também levantou o seu estado de emergência na mesma altura. Depois das paragens um pouco por toda a Europa, a maior parte da produção voltou a subir.

A clara e sólida necessidade de recuperação das remessas também foi evidente no transporte. Na Alemanha, a logística reanimou-se com força e também bateu os números do exercício anterior sem exceção: no terceiro trimestre de 2020, foram registadas mais de um milhão de cargas, mais do que no mesmo período de 2019. Face ao segundo trimestre de 2020, o valor aumento de forma exponencial. Dividido por meses, os resultados são: julho 3%, agosto 17% e setembro 73%. Na logística francesa, o transporte nacional também recuperou terreno: os volume do terceiro trimestre de 2020 cresceram aqui mais de 12% ao mês.

Transportes internacionais em alta

Quanto ao transporte transfronteiriço de mercadorias, evidencia-se uma tendência generalizada em alta. As ofertas de cargas da Alemanha para Franla, por exemplo, subiram até aos 72% em comparação com o ano anterior e com o segundo trimestre de 2020 apesar do coronavirus. O mesmo aconteceu com as cargas da Alemanha para a Bélgica: no três meses, o aumento foi de 30%, no mínimo. Em concreto, de Alemanha para a França, em julho cresceu 72%, em agosto 35% e em setembro 34%. Da Alemanha para a Bélgica: julho subiu 30%, agosto 60% e setembro 65%.

Os países tradicionalmente mais débeis também saíram reforçados. A magnitude da necessidade de recuperação das cargas depois das restrições pelo coronavirus em toda a Europa fica bem evidente até naqueles países que registaram quedas generalizadas em comparação com 2019. Apesar dos valores comparativos negativos do ano passado face a 2020, estes países também experimentaram uma clara melhoria neste terceiro trimestre.

Com a ajuda do barómetro do transporte, a empresa FreightTech TIMOCOM analisa desde 2009 a evolução da oferta e da procura de transportes na bolsa de carga integrada no seu Smart Logistics System em 44 países europeus. Mais de 135 mil utilizadores produzem diariamente 750 mil ofertas internacionais de cargas e de camiões. O sistema ajuda mais de 45 mil clientes da TIMOCOM a atingir os seus objetivos logísticos com soluções inteligentes.

Comerciais

Novo Mercedes-Benz Econic já está em fase de testes

Published

on

O veículo totalmente eléctrico de 27 toneladas para recolha de lixo será produzido em série já a partir de 2022.




O eEconic é baseado na arquitectura do eActros e destina-se a operações municipais urbanas. Está neste momento na fase de testes intensivos, com os engenheiros focados essencialmente na segurança, performance e durabilidade do mesmo.

O eEconic terá também de mostrar as capacidades das suas baterias e sistema de propulsão tanto em condições invernais ou estivais, assim como serão avaliados os níveis de ruído, compatibilidade electromagnética, havendo ainda test drives em estradas mais difíceis.

Logo que esta fase esteja concluída, a Mercedes-Benz Trucks avança para os testes em condições reais de utilização junto dos clientes. O início da produção em série na fábrica de Wörth será na segunda metade de 2022.

Grande parte das especificações técnicas centrais são idênticas às do Mercedes-Benz eActros. A ideia é que no futuro o eEconic seja capaz de cobrir a maioria das operações típica do Econic em rotas de recolha de lixo, sem necessidade de recarregamento durante o percurso, localmente neutro em questões de CO2 e silencioso.

O eEconic, de 27 toneladas, será inicialmente lançado no mercado com a configuração de 6×2 NLA, como veículo de recolha de lixo. Tal como o eActros, tem uma eixo eléctrico com dois motores eléctricos integrados e uma caixa de duas velocidades.

A bateria será composta por três packs, cada um com uma capacidade de cerca de 105kWh. Ambos os motores geram uma potência contínua de 300 kW, com um pico de 400 kW. Além disso, o veículo tem a possibilidade de recuperar energia, o que é uma vantagem especialmente neste tipo de operações.

 

Continuar a ler

Comerciais

Glenfiddich produz biogás com resíduos do seu whisky de malte

Published

on

O produtor de whisky escocês Glenfiddich está a converter os seus camiões de distribuição para que trabalhem com biometano, gás é produzido a partir dos resíduos do seu whisky de malte durante o processo de destilação.



Na destilaria da William Grant and Sons, Dufftown, na Escócia, a empresa instalou estações de serviço, pois tem o firme objetivo de converter os resíduos da sua produção de whisky em combustível de carbono para os seus camiões de distribuição.
A empresa está imersa numa iniciativa sustentável para processar a 100% os seus resíduos. A marca de whisky vendia os grãos que sobejavam do processo do malte como alimento para o gado com pouco teor proteico.

Não obstante, através de um processo de digestão anaeróbica, no qual as bactérias decompõem a matéria orgânica produzindo biogás, a destilaria pode empregar estes resíduos líquidos de forma a produzir o seu próprio combustível, e deste modo, reciclar todos os resíduos.
Atualmente, este biometano já está a ser consumido por três camiões Iveco que realizam o transporte do dito whisky desde a destilaria de Dufftown até a engarramento da bebida, noutras quatro instalações da empresa localizada no centro e oeste da Escócia.

A William Grant ans Sons conta com uma frota de 20 camiões que planeia reconverter para biogás na sua totalidade. Pretende ainda revelar este “segredo” a outras marcas de whisky.

Continuar a ler

Comerciais

Iveco Daily estreia caravana com a nova Camper

Published

on

A Iveco e a Eurogaza unem esforços, tecnologia e experiência, para lançar esta impressionante Daily Camper.



O conceito Camper, um furgão adaptado para viajar com a máxima habitabilidade para se conseguir viver com ela, é sinónimo de vida ao ar livre, liberdade e viagens com a qual se descobrem e desfrutam dos lugares mais recônditos e inacessíveis. Uma tendência que tem visto um enorme crescimento nos últimos anos.

Pois bem, depois de 40 anos de evolução da Daily no mundo do transporte ligeiro, agora o modelo ganha uma nova faceta como veículo de recreio. Em conjunto com a Camper Eurogaza, um empresa especializada em design, produção e instalação de carroçarias de autocaravanas em veículos, com mais de 30 anos de vida, a Iveco inicia uma nova aventura.

O interior foi idealizado para garantir conforto, segurança e habitabilidade, e foram tidos em conta vários detalhes de isolamento térmico, assim como a possibilidade de realizar várias distribuições do espaço. A Daily Camper monta duas camas duplas (desmontáveis), podendo viajar e pernoitar quatro pessoas. A zona dormitório pode fazer as vezes de sala, campa dupla, cama de casal ou ainda garagem para uma bicicleta ou moto.

A luminosidade e ventilação da zona principal conta com três clarabóias no teto, assim como janelas laterais. O mobiliário foi feito em PVC espumado para melhorar a resistência, isolamento da humidade e até a limpeza.

A Iveco dá à Daily Camper um elevdo pacote de segurança e elementos de conforto, como o ESP9 com ASR, MSR e HBA, o assistente de arranque em subidas, o sistema LAC para reconhecimento da carga longitudinal, ou o sistema RMI & ROM para mitigar situações de perigo de capotamento.
Esta versão conta com motor Diesel F1A de 2,3 litros Heavy Duty que debita 156 CV e disponibiliza um binário máximo de 380 Nm com caixa automática Hi-Matic de oito velocidades.

A Iveco Daily Camper é produzida com uma estrutura que permite alcançar um comprimento total de 6 m e uma altura de 1,9 m no interior. A capacidade é de 12,3 m3, ainda que existe com altura interior de 2,1 m e um volume de 18m3.

Em termos de equipamento interior encontramos um fogão de dois bicos, lava-loiça, torneira de água quente e fria, torneira automática de 12V para duche de parede, frigorífico de 75 litros, depósito de 90 litros de águas limpas/sujas, bomba de água, isolamento inteiror em kaiflex de 20mm, cabina de chuveiro do lado esquerdo, cama dupla 198 x 130 na parte traseira, colchão de quatro peças, segunda cama sommier com colchão, tira de led com proteção, led no banho e quarto, entre muitos outros elementos. Do lado de fora tem um toldo branco de 3700 mm e dois focos LED para iluminação exterior.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração