A partir de 2040 deixarão de se vender camiões Diesel e a gás na Europa – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

A partir de 2040 deixarão de se vender camiões Diesel e a gás na Europa

Published

on

Os principais construtores de veículos pesados europeus celebraram um acordo para acelerar a transição para o transporte industrial sem emissões de carbono. Uma década antes do planeado, em 2040, esperam deixar de vender camiões a gasóleo e a gás.



O setor do transporte continua a ser vital para o funcionamento essencial da sociedade e da economia. A verdade é que os camiões são fundamentais para o transporte de tudo um pouco.

Trata-se de um setor muito complicado de eletrificar, sobretudo quando falamos de distâncias médias e longas, onde as baterias não são viáveis. Por outro lado, existe o hidrogénio na pilha de combustível, uma tecnologia que a Hyundai já tem num estado muito próximo da produção em série.

O Financial Times adiantou o compromisso que foi assinado por: Daimler, DAF, IVECO, Ford, MAN, Scania e Volvo. Todos se comprometem em eliminar dos seus catálogos os motores a gasóleo convencionais em menos de 20 anos.

Isto significa que a aposta a longo prazo no mundo dos camiões passa pelo veículo pesados elétricos, a célula de combustível de hidrogénio o que sejam compatíveis com biocombustíveis ou equivalente sintéticos. Estes últimos podem alimentar motores de combustão interna mas com menor rendimento.

Nos últinos tempos observámos alguns movimentos para avançar neste sentido. Por exemplo, a Daimler e a Volvo Trucks já estão a colaborar na eletrificação dos camiões. A Hyundai iniciou na Suíça um teste piloto de camiões a hidrogénio XCIENT Fuel Cell. Para além disso, a Traton (Grupo que inclui a MAN, Scania, Volkswagen Caminhões e Ônibus e a Navistar) vai colaborar com a Hino Motors (Toyota) neste campo da eletrificação.

Estes construtores calculam que deverá ser necessário investir nestas novas tecnologias somas entre os 50 e os 100 mil milhões de euros. Abandonar o gasóleo não vai ser um processo nada simples.

Atualmente, os camiões Diesel representa mais de 98% dos camiões que circulam pela Europa. As motorizações a gás, fundamentalmente GNL, continuam a ter um papel muito discreto e aos ecologistas esta solução não convence em absoluto.

Estão ainda a ser pensadas alternativas ao facto dos camiões elétricos precisarem de uma imensidão de baterias para rolar durante algum tempo, reduzindo a sua capacidade de carga. Sem ir mais longe, a Scania testou um protótipo de uma camião híbrido que é alimentado através de uma catenária tal como acontece com um elétrico, rolando num troço da estrada delimitado.

Seja como for, os camiões acabarão poe ser movidos por motores elétricos. Isto vai permitir simplificar o seu design, as caixas de velocidades deixarão de ser necessárias e vão facilitar a condução dos profissionais. E, obviamente, reduziram as emissões de forma massiva.

É preciso ter em conta que um camião de longo curso muito eficiente não baixa dos 20l/100 km de média de consumos e o mais comum é gastar 30 l/100 km. Estes valores têm associados valores de CO2 elevados, valores esses que seriam reduzidos com os elétricos.

Todavia, o caminho a percorrer ainda é longo.

Comerciais

Nissan apresenta protótipo elétrico e-NV200 Winter Camper

Published

on

Inspirado no sentimento de emoção que acompanha uma exploração de inverno, a Nissan apresenta a sua visão de aventuras sustentáveis para os dias frios, com o seu inovador protótipo de furgão totalmente elétrico e-NV200 Winter Camper.



Numa altura do ano em que as caminhadas estimulantes e o lazer ao ar fresco oferecem uma escapada plena de paz, a e-NV200 Winter Camper anseia pela conexão com as maravilhas da natureza e a exploração ao ar livre. Desenhada com a emoção e o impacto ambiental em mente, a e-NV200 Winter Camper combina o entusiasmo da condução elétrica com o espírito do mundo selvagem.

Equipado com funcionalidades de estilo de vida e condução personalizadas, o protótipo de caravana aventureira está preparado para enfrentar terrenos difíceis.

O “Kit de Luxo Tecnológico”personalizado da Nissan Winter Camper é o primeiro ponto de partida para um aventureiro com consciência ambiental. Disponível para clientes do furgão e-NV200 de série e do furgão de passageiros e-NV200 Evalia mediante especificação, este conjunto de equipamento inclui um leque abrangente de acessórios, maximizando o conforto e a versatilidade para uma vida autossuficiente no mundo selvagem.

A bateria portátil a bordo com 220V pode ser recarregada com painéis solares instalados no tejadilho, enquanto a cozinha a gás, frigorífico, camas rebatíveis e vidros isolados tornam a vida na estrada mais flexível em qualquer ambiente.

Otimizada de ponta a ponta para condições desafiantes fora de estrada, a e-NV200 Winter Camper recebeu uma série de atualizações para lidar com as superfícies de estrada mais difíceis. Pneus de todo-o-terreno topo de gama e uma maior altura de condução oferecem a tração e a distância ao solo ideais na lama ou na neve, enquanto os dois faróis de 5.400 lúmens instalados numa barra de aço reforçado na dianteira do furgão, oferecem o máximo de visibilidade quando os condutores mais necessitam.

Parte da gama de acessórios originais Nissan disponível, os guarda-lamas dianteiros e traseiros, frisos de proteção da porta, barras laterais e tapetes de borracha completam o arsenal de todo-o-terreno, oferecendo proteção e conveniência qualquer que seja a tarefa que espere a e-NV200 Winter Camper.

Baseada na e-NV200 Evalia, a e-NV200 Winter Camper beneficia da tecnologia inteligente e eficiente do grupo motopropulsor elétrico da Nissan. A unidade de alimentação com provas dadas oferece uma combinação de potência e autonomia, fornecendo binário e aceleração instantâneos e um conjunto de tecnologias economizadoras de energia, incluindo o modo B e o modo Eco para, respetivamente, uma travagem regenerativa superior e um consumo energético mais eficiente.

 

Continuar a ler

Comerciais

Iveco entrega 1048 Trakker 8×8 às Forças Armadas alemãs

Published

on

A Iveco Veículos de Defesa e as Forças Armadas alemãs assinaram um acordo de compra e venda de 1.048 camiões GTF (blindados) feitos com base no Iveco Trakker 8×8 e que serão entregues até 2028.


O primeiro lote de 224 unidades será entregue ainda este ano com cinco configurações diferentes para o transporte de contentores com guindaste e guincho para carregamento.

Todos os veículos surgem equipados com motores Euro 6 e vão ser entregues com cabina protetora que oferece os melhores níveis de balística do segmento, proteção de minas, NBQ (proteção nuclear, biológica e química) e IED (proteção improvisada de explosivos. Estas cabinas oferecem ainda um nível de conforto elevado e foram desenhadas para acomodar váríos sistemas militares de comunicação e ainda de comando.

Os veículos vão ser produzidos na unidade fabril de Ulm, onde é a sede da Magirus. Todavia, a Iveco já havia feito negócio com as Forças Armadas alemãs para 2000 Trakker em versões 8×8 e 6×6 nas configurações TEP 90 (estação móvel de desintoxicação), STW 8×8 (camião cisterna), 8×8 basculantes, porta-contentores 8×8 ISO e algumas unidades em Trator 6×6.

Continuar a ler

Comerciais

GM mostra novo furgão elétrico e lança marca BrightDrop

Published

on

O CES (Consumer Eletronic Show) que este ano aconteceu de forma virtual, serviu de palco para a apresentação de um novo carro elétrico da General Motors e de uma nova marca apelidade de Bright Drop.



Todos os carros elétrico produzidos pelo gigante americano vão receber esta designação e vão começar a ser produzidos este ano. O primeiro veículo é este furgão elétrico EV600.
Desenvolvido sob uma nova plataforma desenvolvida pela GM, conta com bateria Ultium, produzidas em parceria com a LG. Ainda se conhecem poucos detalhes técnicos, mas há quem diga que a cadeia cinemática será idêntica à da pick-up elétrica do Hummer.

Este é um furgão de entregas totalmente elétrico com tração às quatro rodas e um compartimento de carga de 17 m3. A GM promete uma autonomia elétrica de 402 km com uma única carga de bateria. A capacidade desta não foi revelada, conhece-se apenas o número de módulos da bateria Ultium: 20.

Quanto a capacidade de carregamento, o EV600 está pronto a aceitar corrente CC relativamente modesta de 120 kW. Numa hora ligado à tomada, fica com um carregamento para 274 km de autonomia.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração