A partir de 2040 deixarão de se vender camiões Diesel e a gás na Europa – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

A partir de 2040 deixarão de se vender camiões Diesel e a gás na Europa

Published

on

Os principais construtores de veículos pesados europeus celebraram um acordo para acelerar a transição para o transporte industrial sem emissões de carbono. Uma década antes do planeado, em 2040, esperam deixar de vender camiões a gasóleo e a gás.



O setor do transporte continua a ser vital para o funcionamento essencial da sociedade e da economia. A verdade é que os camiões são fundamentais para o transporte de tudo um pouco.

Trata-se de um setor muito complicado de eletrificar, sobretudo quando falamos de distâncias médias e longas, onde as baterias não são viáveis. Por outro lado, existe o hidrogénio na pilha de combustível, uma tecnologia que a Hyundai já tem num estado muito próximo da produção em série.

O Financial Times adiantou o compromisso que foi assinado por: Daimler, DAF, IVECO, Ford, MAN, Scania e Volvo. Todos se comprometem em eliminar dos seus catálogos os motores a gasóleo convencionais em menos de 20 anos.

Isto significa que a aposta a longo prazo no mundo dos camiões passa pelo veículo pesados elétricos, a célula de combustível de hidrogénio o que sejam compatíveis com biocombustíveis ou equivalente sintéticos. Estes últimos podem alimentar motores de combustão interna mas com menor rendimento.

Nos últinos tempos observámos alguns movimentos para avançar neste sentido. Por exemplo, a Daimler e a Volvo Trucks já estão a colaborar na eletrificação dos camiões. A Hyundai iniciou na Suíça um teste piloto de camiões a hidrogénio XCIENT Fuel Cell. Para além disso, a Traton (Grupo que inclui a MAN, Scania, Volkswagen Caminhões e Ônibus e a Navistar) vai colaborar com a Hino Motors (Toyota) neste campo da eletrificação.

Estes construtores calculam que deverá ser necessário investir nestas novas tecnologias somas entre os 50 e os 100 mil milhões de euros. Abandonar o gasóleo não vai ser um processo nada simples.

Atualmente, os camiões Diesel representa mais de 98% dos camiões que circulam pela Europa. As motorizações a gás, fundamentalmente GNL, continuam a ter um papel muito discreto e aos ecologistas esta solução não convence em absoluto.

Estão ainda a ser pensadas alternativas ao facto dos camiões elétricos precisarem de uma imensidão de baterias para rolar durante algum tempo, reduzindo a sua capacidade de carga. Sem ir mais longe, a Scania testou um protótipo de uma camião híbrido que é alimentado através de uma catenária tal como acontece com um elétrico, rolando num troço da estrada delimitado.

Seja como for, os camiões acabarão poe ser movidos por motores elétricos. Isto vai permitir simplificar o seu design, as caixas de velocidades deixarão de ser necessárias e vão facilitar a condução dos profissionais. E, obviamente, reduziram as emissões de forma massiva.

É preciso ter em conta que um camião de longo curso muito eficiente não baixa dos 20l/100 km de média de consumos e o mais comum é gastar 30 l/100 km. Estes valores têm associados valores de CO2 elevados, valores esses que seriam reduzidos com os elétricos.

Todavia, o caminho a percorrer ainda é longo.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Thermo King apresenta o Trailer Assist Premium

Published

on

A Thermo King, líder em soluções de controlo de temperatura no transporte e uma marca da Trane Technologies, apresenta o Trailer Assist Premium, a mais recente funcionalidade da oferta Thermo King Connected Solutions TracKing.



Os clientes irão agora beneficiar de informações completas sobre os dados do reboque refrigerado, incluindo informações relacionadas com o veículo, como EBS, odómetro, carga por eixo e TPMS, tudo facilmente acessível através da plataforma TracKing.

Graças à integração dos dados do reboque e das unidades de refrigeração, o Trailer Assist Premium permitirá aos gestores de frotas ter uma visão abrangente do desempenho da sua frota e otimizar ainda mais o tempo de atividade, a manutenção e a eficiência de combustível dos seus reboques para um transporte mais sustentável.

“Com o Trailer Assist Premium, a Thermo King preenche a lacuna de conetividade entre o equipamento de refrigeração e os reboques, permitindo um desempenho mais inteligente e mais reativo da frota”, afirmou Raluca Radu, líder do portfólio de Soluções Conectadas da Thermo King. “O lançamento do Trailer Assist Premium é uma indicação clara do nosso compromisso de satisfazer as necessidades holísticas dos nossos clientes e de nos tornarmos um fornecedor de soluções completas para aqueles que procuram maximizar a sua eficiência operacional através da digitalização da sua frota de reboques.”
O novo serviço Thermo King Trailer Assist Premium capta uma miríade de dados operacionais e de manutenção, alargando o valor fornecido pela aplicação TracKing. A partir de um único sistema, computador pessoal ou aplicação móvel, os clientes poderão agora aceder a dados de reboques e frigoríficos, incluindo:

  • Dados operacionais, como a pressão e a temperatura dos pneus (dados TPMS), o sistema de travagem eletrónico (EBS), a carga do reboque, o odómetro, as relações de acoplamento/não acoplamento, o VIN do reboque, os alarmes de alimentação de tensão insuficiente, os alertas de pressão dos pneus e do revestimento dos travões e muito mais.
  • Dados de manutenção, como o estado do revestimento dos travões e o desempenho dos pneus por roda, dependendo da disponibilidade do sensor

Continuar a ler

Comerciais

Renault Trucks une-se à Jumbo e à SVZ para testarem veículo de logística urbana

Published

on

A Renault Trucks continua seu trabalho de pesquisa e desenvolvimento com o seu camião de laboratório, Oxygen. Depois de uma fase inicial de testes ainda em curso em Lyon e Paris, o construtor está a entrar numa nova etapa com uma segunda versão deste camião elétrico dedicada à logística urbana.



Assim, uma versão equipada com uma caixa refrigerada, projetada em parceria com a rede de supermercados Jumbo, SVZ, e o apoio da subsidiária holandesa Renault Trucks começará a ser testada em outubro de 2024 em Amesterdão.

A Jumbo, o segundo maior retalhista dos Países Baixos, tem mais de 700 pontos de venda nos Países Baixos e na Bélgica. Uma das prioridades da empresa é oferecer aos seus clientes uma agradável experiência de compra local. O parceiro de transporte SVZ garante o fornecimento de produtos frescos para os pontos de venda da Jumbo na Holanda.

O protótipo de camião foi construído na fábrica da Renault Trucks em Blainville-sur-Orne, a primeira fábrica europeia a fabricar camiões elétricos em série desde 2020.
O “oxigénio” foi desenvolvido pela Renault Trucks e 17 parceiros. É um veículo projetado especificamente para a cidade, aliando segurança, conforto e modernidade.

Para maior visibilidade e segurança, o Oxygen possui uma cabine de entrada baixa e um grande para-brisa que proporcionam ao motorista excelente visibilidade direta na altura dos usuários da estrada. Várias câmaras substituem os retrovisores para uma visão de 360°, com melhorias significativas na visibilidade traseira e permite a deteção de peões e usuários vulneráveis em pontos cegos.

Para melhorar o conforto e a segurança do motorista, uma porta de correr foi instalada no lado do passageiro, evitando os riscos associados à abertura de uma porta tradicional. O motorista pode entrar e sair do veículo pelo lado direito ou esquerdo. Além disso, a entrada e saída da cabine é facilitada devido à baixa altura de acesso.

Para perfeita conservação das mercadorias transportadas, o veículo é equipado com corpo isotérmico com temperatura direcionada, adequado para o transporte de 25 carrinhos de supermercado.
Finalmente, para uma perfeita integração na paisagem urbana e com foco no conforto e valorização do condutor, as linhas exteriores do camião e o interior da cabina foram completamente redesenhados.

Especificações
GVW: 26 toneladas
Chassis: 6×2
Dimensões: 10 m (comp.) x 2,6 m (larg.) x 3,8 m (alt.)
Distância entre eixos: 4600 mm
Carroçaria: Unidade de frio integrada no chassis, adequada para carrinhos de supermercado
Capacidade da bateria: 3 x 94 kWh, totalizando 282 kWh
Autonomia: 150 km, adaptado às entregas diárias da SVZ para o Jumbo em Amesterdão

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

Em aceleração