Conduzir um camião com chuva – redobre os cuidados – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Conduzir um camião com chuva – redobre os cuidados

Published

on

Conduzir um veículo pesado em dias de chuva é um desafio para quem passa dia e noite na estrada. O piso molhado, a falta de visibilidade, o risco de aquaplaning e as condições de algumas estrada fazem com que os camionistas tenham de fazer o seu trabalho em momentos de adversidades climatéricas.



 

 

Já deve ter enfrentado situações críticas em dias de mau tempo. São momentos delicados que pedem atenção redobrada, por isso, preparamos este artigo com algumas dicas para que enfrente a chuva com maior tranquilidade e chegar em segurança ao seu destino.

Reduza a velocidade

Quanto maior for a velocidade, maior é o risco de acidente. Esta máxima tanto serve para uma estrada seca como para uma molhada, mas é quando chove que abusar do acelerador se torna ainda mais crítico.

Não subestime as primeiras gotas de chuva. Embora não sejam “capazes” de formar a perigosa camada de água que causa o aquaplaning, ao contactarem com a sujidade do asfalto, tornam o piso demasiado escorregadio. Assim, quanto maior for a velocidade, menor será o seu tempo de reação.

À medida que a precipitação vai aumentado de tom, o perigo também sobe. O aquaplaning é uma das situações de maior risco. Este fenómeno acontece quando, ao passar a uma velocidade elevada por uma zona do asfalto com mais água, os pneus perdem o contacto com o asfalto e o veículo acaba por escorregar. Quanto maior for a velocidade, maiores são os riscos de ter um acidente por aquaplaning.

Depois, atenção à visibilidade. A velocidades mais elevadas, a água bate com mais força no pára-brisas o que diminui a eficiência dos limpa pára-brisas, que não conseguem desobstruir a visão e dar vazão à quantidade de água que bate no vidro.
Convém não esquecer que nenhuma destas dicas será efetiva se não diminuir a sua velocidade de circulação.

Não utilize os máximos

Sob chuva torrencial, as condições de visibilidade pioram muito. Seja pelo excesso de água no pára-brisas ou pela formação de névoa, situação comum com estas condições. Há quem tenha de imediato a tendência de ligar os máximos, mas em vez de resolver só piora a situação.
A utilização de médios é obrigatória em alguns países da Europa, mesmo que não esteja a chover, mas os máximos, para além de ofuscarem os outros condutores, piora a visibiidade em condições de chuva ou de névoa. Isto acontece porque a névoa ou neblina que se forma na frente do camião é muito densa e reflete a luz que incide diretamente sobre ela, formando uma parede branca à frente do camião. Assim, acaba por não ver o que se passa à sua frente, mesmo que os obstáculos estejam a poucos metros.

Não faça movimentos bruscos

Conduzir com chuva exige mais atenção, velocidade reduzida e cuidados nos movimentos com o volante. Travagens bruscas ou desvios repentinos podem resultar em perdas de aderência fatais.
Se se encontrar numa situação de controlo reduzido, o ideal será segurar o volante com firmeza e pisar o travão com suavidade e pouco a pouco, de forma a que as rodas continuem a girar e possam retomar o contacto com o asfalto. Ao fazer curvas, vire o volante de forma progressiva de forma a manter o veículo sob controlo.

Ligue o ar condicionado

O ar condicionado refresca o ambiente e torna as viagens mais agradáveis, especialmente no verão. A verdade é que o ar condicionado não é apenas um aparelho de conforto. O sistema de ar condicionado pode ser muito útil sob chuva forte para manter os vidros com 100% de visibilidade.
A humidade e as baixas temperaturas levam os vidros a embaciarem rapidamente quando a cabina está totalmente fechada, tal como acontece em dias de chuva. Por ser mais seco, o ar condicionado desembacia os vidros de forma instantânea e não é preciso utilizar panos ou até as mãos para resolver o “problema”.

Evite fazer ultrapassagens

A ultrapassagem é uma das manobras mais arriscada de uma viagem de camião. É necessária, pois existem veículos ainda mais lentos, todavia há locais adequados para que a ultrapassagem seja feita em segurança.
Sob chuva é preciso redobrar a cautela. Com um decréscimo da visibilidade, aumenta o risco de não ver toda a estrada à sua frente. Aumentar a velocidade pode correr o risco de entrar em aquaplaning, criando a situação perfeita para um acidente.
Assim sendo, quando começar a chover avalie muito bem se é mesmo preciso ultrapassar. Se a chuva for intensa, esqueça a ultrapassagem.

Mantenha a distância de segurança para os outros veículos

Combinar o asfalto molhado com pouca visibilidade causada pela chuva, faz com que o tempo de reação para evitar o acidente tenha de ser diferente. Portanto, quanto maior for a distância para os veículos que seguen à nossa frente, maior será a possibilidade de evitar acidente.

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comerciais

Nissan apresenta protótipo elétrico e-NV200 Winter Camper

Published

on

Inspirado no sentimento de emoção que acompanha uma exploração de inverno, a Nissan apresenta a sua visão de aventuras sustentáveis para os dias frios, com o seu inovador protótipo de furgão totalmente elétrico e-NV200 Winter Camper.



Numa altura do ano em que as caminhadas estimulantes e o lazer ao ar fresco oferecem uma escapada plena de paz, a e-NV200 Winter Camper anseia pela conexão com as maravilhas da natureza e a exploração ao ar livre. Desenhada com a emoção e o impacto ambiental em mente, a e-NV200 Winter Camper combina o entusiasmo da condução elétrica com o espírito do mundo selvagem.

Equipado com funcionalidades de estilo de vida e condução personalizadas, o protótipo de caravana aventureira está preparado para enfrentar terrenos difíceis.

O “Kit de Luxo Tecnológico”personalizado da Nissan Winter Camper é o primeiro ponto de partida para um aventureiro com consciência ambiental. Disponível para clientes do furgão e-NV200 de série e do furgão de passageiros e-NV200 Evalia mediante especificação, este conjunto de equipamento inclui um leque abrangente de acessórios, maximizando o conforto e a versatilidade para uma vida autossuficiente no mundo selvagem.

A bateria portátil a bordo com 220V pode ser recarregada com painéis solares instalados no tejadilho, enquanto a cozinha a gás, frigorífico, camas rebatíveis e vidros isolados tornam a vida na estrada mais flexível em qualquer ambiente.

Otimizada de ponta a ponta para condições desafiantes fora de estrada, a e-NV200 Winter Camper recebeu uma série de atualizações para lidar com as superfícies de estrada mais difíceis. Pneus de todo-o-terreno topo de gama e uma maior altura de condução oferecem a tração e a distância ao solo ideais na lama ou na neve, enquanto os dois faróis de 5.400 lúmens instalados numa barra de aço reforçado na dianteira do furgão, oferecem o máximo de visibilidade quando os condutores mais necessitam.

Parte da gama de acessórios originais Nissan disponível, os guarda-lamas dianteiros e traseiros, frisos de proteção da porta, barras laterais e tapetes de borracha completam o arsenal de todo-o-terreno, oferecendo proteção e conveniência qualquer que seja a tarefa que espere a e-NV200 Winter Camper.

Baseada na e-NV200 Evalia, a e-NV200 Winter Camper beneficia da tecnologia inteligente e eficiente do grupo motopropulsor elétrico da Nissan. A unidade de alimentação com provas dadas oferece uma combinação de potência e autonomia, fornecendo binário e aceleração instantâneos e um conjunto de tecnologias economizadoras de energia, incluindo o modo B e o modo Eco para, respetivamente, uma travagem regenerativa superior e um consumo energético mais eficiente.

 

Continuar a ler

Comerciais

Iveco entrega 1048 Trakker 8×8 às Forças Armadas alemãs

Published

on

A Iveco Veículos de Defesa e as Forças Armadas alemãs assinaram um acordo de compra e venda de 1.048 camiões GTF (blindados) feitos com base no Iveco Trakker 8×8 e que serão entregues até 2028.


O primeiro lote de 224 unidades será entregue ainda este ano com cinco configurações diferentes para o transporte de contentores com guindaste e guincho para carregamento.

Todos os veículos surgem equipados com motores Euro 6 e vão ser entregues com cabina protetora que oferece os melhores níveis de balística do segmento, proteção de minas, NBQ (proteção nuclear, biológica e química) e IED (proteção improvisada de explosivos. Estas cabinas oferecem ainda um nível de conforto elevado e foram desenhadas para acomodar váríos sistemas militares de comunicação e ainda de comando.

Os veículos vão ser produzidos na unidade fabril de Ulm, onde é a sede da Magirus. Todavia, a Iveco já havia feito negócio com as Forças Armadas alemãs para 2000 Trakker em versões 8×8 e 6×6 nas configurações TEP 90 (estação móvel de desintoxicação), STW 8×8 (camião cisterna), 8×8 basculantes, porta-contentores 8×8 ISO e algumas unidades em Trator 6×6.

Continuar a ler

Comerciais

GM mostra novo furgão elétrico e lança marca BrightDrop

Published

on

O CES (Consumer Eletronic Show) que este ano aconteceu de forma virtual, serviu de palco para a apresentação de um novo carro elétrico da General Motors e de uma nova marca apelidade de Bright Drop.



Todos os carros elétrico produzidos pelo gigante americano vão receber esta designação e vão começar a ser produzidos este ano. O primeiro veículo é este furgão elétrico EV600.
Desenvolvido sob uma nova plataforma desenvolvida pela GM, conta com bateria Ultium, produzidas em parceria com a LG. Ainda se conhecem poucos detalhes técnicos, mas há quem diga que a cadeia cinemática será idêntica à da pick-up elétrica do Hummer.

Este é um furgão de entregas totalmente elétrico com tração às quatro rodas e um compartimento de carga de 17 m3. A GM promete uma autonomia elétrica de 402 km com uma única carga de bateria. A capacidade desta não foi revelada, conhece-se apenas o número de módulos da bateria Ultium: 20.

Quanto a capacidade de carregamento, o EV600 está pronto a aceitar corrente CC relativamente modesta de 120 kW. Numa hora ligado à tomada, fica com um carregamento para 274 km de autonomia.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração