Nova Ducati Monster 821 já está a ser desenvolvida – Motorguia
Ligue-se connosco

Motos

Nova Ducati Monster 821 já está a ser desenvolvida

Published

on

A Ducati já está a trabalhar na próxima geração da Monster, aquela que ao longo dos anos granjeou a imagem de uma das mais carismáticas naked do mercado, poderá agora trazer uma novidade de peso, ou melhor dizendo, de menos peso.



Um dos elementos que sempre se destacou na Monster foi o seu quadro de aço em treliça, mas, segundo o site Motorcycle News, esta nova geração poderá deixar cair essa solução.

 

Rumores sugerem que o quadro será em liga leve, o que trará vantagens em termos de peso e também torna a sua estética mais agressiva. Com fortes concorrentes como a KTM Duke, a Yamaha MT-09 ou a Triumph Strett Triple, esta nova Monster 821 terá de trazer novos e convincentes argumentos para fazer frente às rivias e os engenheiros e técnicos da marca italiana já começaram a trabalhar nisso.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Motos

Miguel Oliveira com boa estreia na Aprilia

Published

on

Logo após o GP de valência do passado fim de semana, as equipas iniciaram na terça feira uma sessão de testes já a preparar a próxima época. Foi a primeira vez que Miguel Oliveira esteve aos comandos da Aprilia RS-GP e a estreia foi auspiciosa.



No total o piloto de Almada fez 75 voltas ao circuito Ricardo Tormo e no final da sessão terminou com o quarto melhor tempo de todos os pilotos em pista, sendo o mais rápido daqueles que mudaram para uma nova equipa.

Agora como piloto da equipa RNF Aprilia, Miguel Oliveira contou com a presença de vários elementos da equipa oficial da marca italiana que seguiram atentamente a prestação do piloto português, conscientes das suas qualidades como um elemento que ajuda bastante no desenvolvimento da moto com que corre.

Continuar a ler

Motos

Miguel Oliveira diz adeus à KTM com uma grande corrida

Published

on

Na última corrida do campeonato de MotoGP em Valência decidiu-se o título que foi ganho pelo italiano Francesco Bagnaia na sua Ducati, naquela que foi a última prova de Miguel Oliveira com a KTM antes de rumar para a Aprilia.



Um nono lugar bastou para Bagnaia levar para casa o título de Campeão do Mundo de MotoGP, uma vez que o seu direto rival Fabio Quartararo necessitava de vencer a prova para garantir o bicampeonato, mas não foi além do quarto posto numa corrida que o espanhol Alex Rins venceu para a Suzuki, numa despedida em grande do construtor japonês que na próxima temporada já não correrá em MotoGP.

O português Miguel Oliveira arrancou de 14º lugar na grelha e mais uma vez assinou uma grande corrida, conquistado posição atrás de posição até terminar em quinto, o que lhe assegurou o décimo lugar na classificação geral. Foi uma despedida da marca austríaca com uma grande prestação por parte do piloto de Almada que agora continuará a sua carreira na Aprilia.

Brad Binder foi o segundo classificado no circuito Ricardo Tormo e Jorge Martin fechou o último pódio desta temporada. A próxima já tem arranque marcado precisamente para Portimão entre os dias 24 e 26 de março.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por Bunker1978
    Olá amigos. Sabem como funcionam as empresas subcontratadas de transporte expresso? Em termos de rentabilidade e requisitos conseguem informar?...
  • por rcs
    Boas, surgiu uma oportunidade para um meu familiar ficar com um Golf 1.2 TSI de 2016, por um preço simpático. O carro tem perto de 60 mil Km....
  • por ramess
    Minha mãe supostamente acabou de herdar pelo falecimento de uma tia metade de uma casa. Minha mãe foi quem tomou conta dela últimos 10 anos. A...
  • por Zedobone
    Caros membros, Tenho instalado em minha casa um sistema de painéis com microinversores e comunicador da Enphase, sistema da Galp solar. Acontece...

Em aceleração