Febre SUV chega à Aston Martin – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

Febre SUV chega à Aston Martin

Published

on

Nem a exclusiva Aston Martin, com os seus 106 anos de história de requinte e caráter desportivo, escapa à febre dos SUV e acaba de apresentar o seu primeiro modelo desta natureza no Salão Automóvel de Los Angeles, o Aston Martin DBX.

Como seria de esperar a marca britânica promete que o DBX será o modelo mais polivalente que alguma vez comercializou. Esteticamente não deixa dúvidas de que se trata de um Aston Martin, com umas linhas fluídas, modernas, requintadas e com forte presença. O interior não defrauda em nada as expetativas com um domínio dos elementos em pele de elevada qualidade e um desenho altamente requintado.

A versatilidade é assegurada pela tração integral e por uma suspensão pneumática adaptativa que aumenta a altura ao solo em 45 mm ou desce em 50 mm consoante a necessidade. Além disso conta com diferenciais ativos, central e traseiro e barras estabilizadoras também ativas. Segundo a marca as soluções dinâmicas garantem um excelente conforto em estrada, eficácia numa condução mais agressiva e polivalência quando se optar por uma escapadela ao asfalto.

A motorização é uma versão atualizada do motor que já equipa os DB11 e Vantage, um V8 de 4.0 litros biturbo capaz de debitar 550 cv de potência e 700 Nm de binário e que permite ao DBX chegar aos 291 km/h de velocidade máxima e acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 4,5 segundos. A caixa de velocidades é automática com nove relações.

Naturalmente os extras em termos de equipamento são mais que muitos, todos eles da mais elevada linhagem e nem sequer os animais de estimação foram esquecidos com várias soluções para não deixar o melhor amigo de fora deste Aston Martin.

Já estão a ser aceites encomendas para o DBX que deverá chegar aos mercados no segundo trimestre do próximo ano, mas ainda não foi divulgado o preço para o nosso país. podemos no entanto estimar que deverá ultrapassar os 200.000 euros se levarmos em linha de conta que no mercado germânico ele custará qualquer coisa como 193.500 euros.

Por enquanto podemos ir sonhando com o vídeo divulgado pela marca:

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Notícias

Novo Renault 5 elétrico rondará os 25.000€

Published

on

O Renault 5 original foi um dos modelos mais emblemáticos da marca gaulesa. Foi inovador quando surgiu e o seu volume de vendas ao longo do seu tempo de vida fez dele um dos mais importantes na história da Renault com mais de nove milhões de unidades produzidas nas suas duas gerações, entre 1972 e 1996.



Agora o construtor francês aposta num novo Renault 5 totalmente elétrico e quer que ele seja um dos modelos que ajude na “democratização” da eletrificação no mercado automóvel. Para tal o primeiro forte argumento é o preço que deverá rondar os 25.000€.

Desenvolvido com base na plataforma AmpR Small, este Renault 5 E-Tech Electric conta com um motor elétrico que estará disponível em três níveis de potência: 95 cv, 120 cve 150 cv. No campo das baterias ele terá duas opções, uma com 40 kWh e outra com 52 kWh que lhe dão uma autonomia de 300 quilómetros no caso da primeira opção, ou de 400 quilómetros na segunda.

Este novo Renautl 5 E-Tech Electric deverá chegar ao nosso mercado no último trimestre deste ano.

Continuar a ler

Notícias

Fusilier é o primeiro elétrico da Ineos

Published

on

A Ineos Automotive continua o seu percurso no seio dos modelos todo-o-terreno no seu conceito mais “puro” e desta vez vai enveredar também pelo caminho da eletrificação. O seu terceiro modelo denominado Fusilier vai ser a sua primeira proposta 100% elétrica.



Depois de ter lançado o Grenadier e a sua versão pick-up, o Grenadier Quartermaster, a Ineos vai lançar o Fusilier, uma aposta que tem uma versão 100% elétrica. Mais pequeno em termos de dimensões que o Grenadier, este Fusilier utiliza uma nova plataforma e estão planeadas duas versões, uma totalmente elétrica e outra que conta com um pequeno motor a gasolina que funcionará apenas como gerador.

Ainda não foram divulgadas características técnicas precisas, mas sabe-se que a versão 100% elétrica terá uma autonomia a rondar os 400 quilómetros, ao passo que a versão com o extensor de autonomia terá apenas 270 quilómetros devido à utilização de uma bateria de menor capacidade.

O Fusilier deverá ser apresentado pela Ineos no outono deste ano.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por sango
    Por que teve tanta miscigenação nas ex-colônias portuguesas em comparação as colônias britânicas e francesas que não tiveram praticamente nenhuma?
  • por Pipo7
    Boas ​​​​​​Procuro um carro por volta dos 6k e tenho andado a apreciar os Alfas Mito. Têm uma estética bastante desportiva e os...
  • por c200
    Boas! Depois de finalmente conseguir apagar as indicações do quadrante, eis quando se não que: agora não pega. Bateria: já deve ter 4 anos;...
  • por surin
    Boas. Tenho em vista 2 negócios de 2 carrinhas bmw 320d, ambas anteriores a 2007 e sem filtro partículas. - bmw 320d touring 150cv 2001 com...

Em aceleração