Edição DAF XG+ exclusiva assinala 75 anos de produção de camiões – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Edição DAF XG+ exclusiva assinala 75 anos de produção de camiões

Published

on

A DAF foi fundada em 1928 como fábrica de máquinas de Hub van Doorne. Alguns anos mais tarde, a empresa produziu os seus primeiros e revolucionários semirreboques ligeiros.



A partir daí, foi um passo lógico até ao desenvolvimento do primeiro camião da DAF, que viu a luz do dia em 1949. O veículo não era muito mais do que um chassis com um motor, uma grelha, travões e um mecanismo de direção. Nos primeiros anos, os clientes tinham de adquirir a cabina a empresas especializadas na construção de camionetas.

Atualmente, o cenário não podia ser mais diferente. Além de os mais recentes camiões da nova geração DAF serem os camiões mais eficientes e seguros do mercado, as suas cabinas destacam-se pelo conforto e espaço. O XG+ é, sem dúvida, o modelo emblemático da DAF, com um volume de cabina de nada menos do que 12,5 m3.

O DAF XG+ constitui a base do modelo de special edition, que celebra os “75 anos de produção de camiões DAF”. O camião dispõe de um potente motor PACCAR MX-13 (480 CV/355 kW) que pode ser opcionalmente equipado com o MX Engine Brake, reconhecido como o travão do motor mais potente da indústria de camiões.

Para uma eficiência ideal, cada veículo está equipado com um kit aerodinâmico completo, que inclui defletores, guarda-lamas e abas laterais. Juntamente com o sistema de visão digital DAF e as câmaras digitais Corner Eye (instaladas de série), a melhor aerodinâmica e a maior eficiência de combustível estão garantidas.

Para maior conforto, o modelo de Special Edition está equipado com luxuosos bancos giratórios aquecidos com forro em pele. O sistema de áudio topo de gama com 8 altifalantes inclui um subwoofer para uma experiência auditiva inigualável. Além disso, a fantástica cama de relaxamento com 80 centímetros de largura é também disponibilizada de série neste XG+ exclusivo.
Cada camião desta série é fornecido com um “pacote do condutor” apelativo, que inclui, entre outros, o DAF Night Lock, um micro-ondas, um conjunto completo de tapetes do chão sofisticados e um saco de brindes bem recheado.

A special edition para celebrar os “75 anos de produção de camiões DAF” é pintada numa elegante cor prateada metálica, com riscas pretas e amarelas exclusivas que assinalam o marco de produção da DAF. As jantes Alcoa Dura-Bright conferem o toque final.
Esta edição especial exclusiva pode ser encomendada a partir de agora e estará disponível para entrega após o verão.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Italianos da Lannutti encomendam 1500 camiões Volvo FH Aero

Published

on

O Grupo Lannutti, empresa italiana de transporte e logística, está a renovar a sua frota de camiões de longo curso e proporcionou à Volvo Trucks um dos seus maiores negócios de sempre através de um único contrato, ao encomendar 1500 camiões FH Aero. O presidente da Volvo Trucks, Roger Alm, e Valter Lannutti, CEO do grupo homónimo, selaram o negócio com um aperto de mão.



O Grupo Lannutti, com sede na Itália, opera uma frota de mais de 2.500 camiões 24 horas por dia, 7 dias por semana, em oito países europeus. Como parte de um programa de renovação de frota, a Lannutti assinou um pedido de 1500 camiões Volvo FH Aero. Todos estão equipados com o novo sistema de monitorização de câmara da Volvo – um novo recurso que substitui os espelhos regulares, melhorando a aerodinâmica e a segurança.

“Para o Grupo Lannutti, o princípio da renovação da frota consiste em priorizar veículos de baixa emissão, oferecendo um alto nível de conforto e segurança aos nossos motoristas, protegendo-os e a todos os outros usuários da estrada. Além da tecnologia I-Save de economia de combustível, já adotada a 100% na frota, agora procuramos aproveitar os benefícios do sistema de monitorização de câmara e design aerodinâmico aprimorado. Esta parceria com a Volvo permitir-nos-á continuar a nossa jornada rumo a emissões zero”, declarou Valter Lannutti.

A maioria dos camiões encomendados pela Lannutti será movida a HVO (Óleo Vegetal Hidrotratado), combustível que pode ser produzido a partir de resíduos, reduzindo as emissões de CO2 em até 90%.
“Este acordo deixa-me muito orgulhoso, pois mostra a confiança e o compromisso que a Lannutti tem com a Volvo Trucks como um parceiro de negócios duradouro”, diz Roger Alm. “Esta é realmente a prova de que fizemos a coisa certa com o novo Volvo FH Aero. Ele não só apoia os nossos clientes na redução de custos de combustível e CO2, mas também é um dos modelos mais seguros para os motoristas operarem”, disse o líder da Volvo Trucks.

Continuar a ler

Comerciais

FUCHS lança novo óleo de transmissão para camiões Scania

Published

on

A FUCHS anunciou o lançamento do seu mais recente óleo de transmissão Ultra High Performance, o TITAN SUPERGEAR PRO S1 SAE 80W-140, desenvolvido especificamente para os camiões SCANIA.



O TITAN SUPERGEAR PRO S1 SAE 80W-140 é um óleo de transmissão aprovado de acordo com a especificação SCANIA STO 1:0, ideal para eixos e transmissões manuais numa vasta gama de veículos Scania, incluindo modelos até ao ano de 2017. Este lançamento reforça a ligação da FUCHS com a marca Scania, alargando o portfólio existente com um produto de proteção contra o desgaste de alto nível em conformidade com a norma API GL-5.

Desenvolvido para diversas aplicações, o TITAN SUPERGEAR PRO S1 SAE 80W-140 garante um desempenho excecional em transmissões manuais sem sistema de travagem do veio secundário, ao utilizar óleos-base de alta qualidade e aditivos que proporcionam uma proteção superior contra a oxidação e a corrosão.

A conformidade com a norma API GL-5 garante uma elevada proteção das engrenagens e dos rolamentos de rolos, mesmo com cargas mais pesadas, permitindo intervalos de mudança de óleo até 240.000 km, resultando numa maior eficiência, menor impacto ambiental e redução dos custos de manutenção.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por ClaudioBastos
    Amigos, tenho um VW JETTA 2.0 de 2006 com 380000km e sucedeu que acendeu a luz amarela do motor e no painel indicava escape-oficina. Fui a um...
  • por Walkmen
    Ora boas! Tenho aqui uma questão que me anda a intrigar e achei que aqui haveria resposta. Então desde há uns meses para cá que recebo...
  • por MonsterFocus
    Bom dia a todos, O que acham do polo 1.2 gasolina, com 69cv, de 2011? Não encontro muitos comentários, mas o que vi é meio contraditório, há...
  • por kekomit
    Boas pessoal! Preciso de ajuda com o banco do condutor do meu Smart. Puxei o banco para trás e agora não consigo mais o mover para a frente....

Em aceleração