Ford mostra nova Transit Custom elétrica com 380 km de autonomia – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Ford mostra nova Transit Custom elétrica com 380 km de autonomia

Published

on

A nova Ford E-Transit Custom é o veículo elétrico que sucede ao furgão mais vendido na Europa, oferecendo aptidões sem compromissos, novas experiências para o cliente e o apoio total da Ford Pro.


O conjunto de baterias utilizáveis da E-Transit Custom, de 400 volts e 74 kWh, assenta em avançadas bolsas de células de 82 Ah, partilhadas com o modelo Ford F-150 Lightning, que fornecem 12 por cento mais densidade energética do que as da E-Transit. A bateria permite um objetivo de autonomia até aos 380 km.

A bateria, com montagem direta na carroçaria, melhora a durabilidade e reduz o peso, visando uma autonomia otimizada. Os clientes podem optar por duas potências de motor – 100 kW ou 160 kW (135 CV ou 217 CV), para se adaptarem às suas necessidades, sendo que ambos os níveis de potência oferecem um binário de 415 Nm.

O motor de tração está montado diretamente no piso traseiro do veículo, eliminando a necessidade de uma subestrutura específica, e foi rodado 90 graus para maximizar o espaço de carga e reduzir o peso e a complexidade. O potente grupo propulsor elétrico proporciona uma capacidade de reboque máxima de 2.000 kg, 4 líder na classe, o que significa que a E-Transit Custom pode substituir veículos com motor Diesel em funções que nenhum outro furgão 100% elétrico consegue igualar. Para maior conveniência, pode ser instalada uma barra de reboque retrátil opcional.

A conceção de base da E-Transit Custom inclui soluções digitais de apoio ao serviço multi-entregas, acesso ao habitáculo e ao compartimento de carga, bem como um espaço de trabalho do tipo “Mobile Office”.
A joint venture Ford Otosan vai produzir a E-Transit Custom em Kocaeli, na Turquia, no seguimento de um investimento de 2 mil milhões de dólares nestas instalações, com início da produção no outono de 2023.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Scania fornece motor híbrido para carros de bombeiros de aeroportos

Published

on

A solução híbrida da Scania desenvolvida para fins industriais e marítimos é perfeita para carros de bombeiros de aeroportos (ARFF).



Em conjunto com o fabricante de chassis Titan Spezialfahrzeugbau GmbH, a Albert Ziegler GmbH pode agora fornecer soluções que permitem uma condução sem emissões nos aeroportos e respetivas imediações. A associação de energia diesel-elétrica reduz o tempo de resposta a acidentes no local, excedendo os requisitos rigorosos da indústria aeronáutica e reduzindo as emissões.

Os requisitos dos corpos de bombeiros e dos aeroportos de todo o mundo têm não só de ter uma resposta rápida e acelerada em caso de emergência, como também estão a mudar em conformidade com os princípios de sustentabilidade. Isto inclui a descarbonização e a redução de emissões de veículos e outros equipamentos de apoio no terreno e tem suscitado alternativas ambientalmente conscientes. Isto constitui um apelo para o fabricante de chassis Titan, com sede na Alemanha, o primeiro cliente da Scania para esta configuração híbrida de carros de bombeiros de aeroportos. A Titan vai utilizá-la na sua nova série de chassis T-39 6×6-H ARFF.

A solução híbrida
A solução da Scania permite que o veículo funcione praticamente em todos os tipos de operações diárias sem emissões de eletricidade. Isto não só diminui as emissões, como também melhora a vida das pessoas que trabalham na área. O próprio motor de combustão é aprovado para o HVO (óleo vegetal hidrotratado), algo que reduz as emissões ao mínimo.
A solução híbrida da Scania vai também melhorar diversas características do produto do veículo. Numa situação de emergência, trata-se de chegar ao incidente o mais rápido e com a maior segurança possível. Esta solução resultou que o tempo de aceleração atingisse um novo nível para este tipo de veículo. O camião híbrido tem 770 CV de um motor de combustão V8 de 16 litros Scania em associação a um motor elétrico de 380 CV. Isto confere ao híbrido um total máximo de 1.150 CV.

Continuar a ler

Comerciais

IVECO volta a ser o Fornecedor Oficial de Camiões para o MotoGP

Published

on

A IVECO anunciou a renovação da sua parceria com o MotoGP, o mais importante campeonato de motociclismo do mundo, ao abrigo de um acordo de quatro anos com a Dorna Sports, detentora de direitos comerciais e organizadora do FIM Grand Prix World Championship (MotoGP) desde 1991.



 

Confirmando, mais uma vez, os seus fortes laços com o mundo dos desportos motorizados, passados quase dez anos após o seu anterior patrocínio, a IVECO terá o estatuto de “MotoGP Truck Supplier”, fornecendo 14 veículos IVECO para assegurar o transporte dos materiais de hospitalidade da Dorna Sports, para eventos os de MotoGP, no período de 2023 a 2026.
A temporada de 2023 teve início, domingo, 26 de março, no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão (Portugal) e irá terminar em novembro, no Circuito Ricardo Tormo, em Valência (Espanha), contemplando um total de 21 Grandes Prémios, a realizarem-se em 18 países diferentes.
A IVECO irá dar apoio durante toda a presente temporada de MotoGP com 13 camiões IVECO S-WAY – o modelo de referência na gama de veículos pesados da marca – e com uma unidade Daily, o seu icónico veículo comercial ligeiro. Fiáveis, seguros e robustos, os camiões IVECO serão responsáveis pelo transporte dos materiais e equipamentos utilizados em cada evento, nas rotas que ligam os circuitos, contribuindo para as estruturas destinadas a acolher convidados e adeptos.
Os veículos encontram-se personalizados com os logótipos do MotoGP e da IVECO, contando com uma pintura especial em branco, concebida para refletir um forte estilo desportivo, típico dos desportos motorizados.
Em complemento, a IVECO é, também, Patrocinadora Oficial do Repsol Honda Team e Fornecedor Oficial do Mooney VR46 Racing Team Tractor Unit, apoiando, com os seus camiões IVECO S-WAY, a logística destas equipas no transporte dos equipamentos dos pilotos, para as corridas de MotoGP realizadas na Europa.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por Alvaro20005498
    Olá, tenho uma peugeot 407 sw e os sensores de estacionamento traseiros deixaram de dar sinal (bipp). Mas quando estou a fazer marcha atrás reparo...
  • por PeLeve
    ... umas vezes o PS, outras o PSD? Nem seria preciso, mas estive a consultar os resultados eleitorais desde 1974 até ao resultados mais actuais...
  • por PeLeve
    Mal amada, "devalorizada", "estigmatizada" como "zona de comunistas", a margem sul do Tejo tem sitemática e historicamente sido relegada para as...
  • por Prk1996
    Bom dia Depois da meter um turbo recondicionado o carro ficou a fazer-me consumos a volta de 12l / 100 km Carro trabalha bem e não treme....

Em aceleração