ESCÂNDALO – VW vendeu ilegalmente milhares de veículos pré-série em vez de os destruir – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

ESCÂNDALO – VW vendeu ilegalmente milhares de veículos pré-série em vez de os destruir

Published

on

Os carros da marca alemã apresentavam diversos defeitos e nunca foram certificados para serem utilizados no dia-a-dia. Tratava-se de carros de testes que deveriam ter sido destruídos.

O jornal alemão Der Spiegel avançou hoje com a notícia sobre um novo escândalo na Volkswagen colocou no mercado os carros utilizados durante os testes de pré-produção. A VW vendeu 6700 carros de teste que não estavam certificados para uso na estrada. Os carros foram vendidos na última década na Europa e nos Estados Unidos a clientes que atualmente não fazem ideia que possuem um carro destes.

Depois do escândalo com o Dieselgate, a marca germânica volta a enfrentar problemas na sua gestão. Esta prática antecede até o Dieselgate. Segundo o Der Spiegel, a prática de despachar os “muletos” (gíria para os carros que servem exclusivamente para testes, seja de estrada ou de desporto) começou em 2006. Apenas a VW está abrangida, as outras marcas do grupo não adotaram esta prática. A VW preferiu enviar os carros, devidamente revistos, para outros países e para concessionários que nunca suspeitaram de nada.

Não existe qualquer documentação sobre os carros enviados para o mercado, nem sobre os eventuais defeitos encontrados durante os testes e como foram retificados.

O jornal alemão Handelsblatt confrontou o CEO da VW, Herbert Diess, que afirmou estar em curso neste momento um “Recall” de todos estes veículos para serem recomprados pela VW e reparados os danos aos clientes afetados por esta prática ilegal. Caso tenham sucedido acidentes graves que envolvam algumas destas unidades a Volkswagen enfrenta um problema de grandes dimensões. As investigações estão em curso…

 

Publicidade
Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Notícias

Ferrari Roma cai num elevador

Published

on

Um Ferrari Roma caiu no poço do elevador do concessionário da marca italiana em Palm Beach, nos Estados Unidos.



O insólito acidente aconteceu quando, ao que parece, uma falha técnica no elevador que leva os automóveis para um estacionamento no terraço do edifício do concessionário, fez com que o Ferrari caísse com a traseira no poço do elevador.

A queda danificou o circuito de combustível e houve uma perigosa fuga que no entanto não teve consequências maiores graças à pronta intervenção dos bombeiros que após garantirem a segurança tiveram a complexa tarefa de remover o mal tratado Ferrari Roma do poço do elevador.

Continuar a ler

Notícias

BMW XM vai “atacar” Pikes Peak

Published

on

De acordo com a lista de inscritos para a próxima edição da mítica Pikes Peak a BMW vai participar com o XM e talvez tentar bater o recorde conseguido por outro SUV, o Lamborghini Urus que se sagrou no SUV de produção mais rápido nesta prova.



Aquele que é o primeiro modelo da BMW a ser comercializado apenas com a marca M irá participar na sua versão mais potente, XM Red Label que conta com um motor V8 de 4.4 litros biturbo associado a um motor elétrico que em conjunto lhe dá uma potência combinada de 748 cv.

Não será apenas o XM a estrear-se em Pikes Peak, já que o piloto escolhido também irá participar pela primeira vez nesta prova norte-americana. Trata-se do chefe dos instrutores na BMW Performance Driving School, Matt Mullins.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

Em aceleração