SUV elétrico chinês com 510 Km de autonomia e 326 cv – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

SUV elétrico chinês com 510 Km de autonomia e 326 cv

Published

on

Ir de Lisboa ao Porto e voltar quase sem recarregar as baterias. O fabricante chinês Nio desafia a Tesla e Porsche com um SUV de 6 lugares que promete revolucionar o mercado dos veículos elétricos.

Vai custar cerca de 46.000 euros e foi apresentado no Salão de Xangai o novo Nio ES6, um SUB 100% elétrico que chegará ao primeiros clientes – no mercado da China – em meados de 2019.

Existem duas opções de motores e de autonomia. O modelo Standard com 160 kW (218 cv) capaz de acelerar dos 0-100 km/h em 5,6 segundos e uma autonomia de 410 km ou uma bateria de maior capacidade que atinge os 480 km. A versão ES6 Performance usa o motor de 160 kW e outro de 210 kW (326 cv) e que faz dos 0-100 km/h em 4,6 segundos, terá baterias com autonomia para 430 e 510 km.

Os fabricantes chineses têm prometido evoluções nas baterias para automóveis e a prova está neste novo Nio ES6 que vai dar que fazer aos seus concorrentes. A “guerra” da maior autonomia está ao rubro e os clientes agradecem.

 

 

 

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Ken Block prepara-se para Pikes Peak

Published

on

Dá pelo nome de Hoonipigasus e é a máquina com que Ken Block vai participar na edição deste ano da mítica prova de Pikes Peak, nos Estados Unidos.



O piloto norte-americano já anda a testar o carro e neste vídeo já podemos ter uma ideia do som e do aspeto do mesmo:

Continuar a ler

Notícias

Bugatti Veyron de Ronaldo sofre um acidente

Published

on

A passar férias em Maiorca, Cristiano Ronaldo teve uma má notícia pois um dos seus Bugatti, o Veyron Grand Sport Vitesse sofreu um acidente.



Tudo aconteceu quando um dos seus guarda-costas conduzia o dito Bugatti numa caravana de veículos com o staff do jogador, enquanto se deslocavam na ilha espanhola.

Ao que tudo indica, uma curva feita com um pouco mais de “alma” por parte do funcionário do Melhor Jogador do Mundo terminou com um embate num muro lateral.

Os maiores danos no super-desportivo são no lado do passageiro, mas a frente também não ficou muito bem tratada. Segundo relatos, o guarda costas assumiu de imediato todas as responsabilidades do acidente.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração