SUV Tarantula “Made in China” – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

SUV Tarantula “Made in China”

Published

on

A LDV anunciou o seu mais recente SUV, o Tarantula, estará à venda na China no próximo ano, com aspirações de entrar também no mercado europeu.

A construtora chinesa LDV, formalmente Leyland DAF Vans, anunciou que começará a produção do seu SUV de tamanho médio o Tarantula, em 2019. O SUV oferecerá várias motorizações a gasolina, Diesel, variantes de EV híbridas e puras.

Inicialmente o modelo será limitado ao mercado chinês, mas um porta-voz confirmou que a marca está a considerar lançar o Tarantula na Europa em data a anunciar.

O Tarantula vai posicionar-se abaixo do maior LDV D90, que já está à venda na China, mas apresentará um visual “mais ousado e contemporâneo”. A plataforma na qual o novo SUV será construído também será usada para o G50 – um MPV com o mesmo tamanhodo Renault Grand Scenic.

tarantula-suv_002
tarantula-suv_003
tarantula-suv_004
tarantula-suv_005
tarantula-suv_006
tarantula-suv_001
previous arrow
next arrow
tarantula-suv_002
tarantula-suv_003
tarantula-suv_004
tarantula-suv_005
tarantula-suv_006
tarantula-suv_001
previous arrow
next arrow


Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Notícias

Mazda entrou para o livro do Guiness com o MX-5

Published

on

No passado fim de semana no circuito de Modena, em Itália, a Mazda entrou para o Livro de Recordes do Guiness com a maior concentração de MX-5.



Ao todo foram 707 modelos das várias gerações do roadster MX-5 que se reuniram no circuito transalpino e sob o olhar atento do júri do Guiness todos deram uma volta na pista devidamente alinhados.

Esta iniciativa apelidada de “Il Raduno dei Recorde MX-5″ bateu os números conseguidos naquela que, até agora, tinha sido a maior reunião de MX-5 com 683 modelos que se juntaram na Holanda em 2013.

Continuar a ler

Notícias

Carro funerário da Rainha Isabel II foi desenhado também por ela

Published

on

A última viagem da Rainha Isabel II foi feita num Jaguar especialmente desenhado para o efeito e cuja criação contou também com o contributo da rainha.



Tratou-se de um Jaguar XJ com uma plataforma alongada pintado na cor Royal Claret, um tom específico de vários modelos da frota real.

O desenho final deste modelo foi aprovado pela própria rainha e inclui um ornamento no capot com a imagem de São Jorge a matar um dragão, algo que a rainha também tinha num dos seus Bentley pessoais.

Além disso, a pedido da rainha, foi também incluída uma boa iluminação no interior para que o caixão fosse bem visível em qualquer situação.

Curiosamente, o carro funerário da sua mãe também foi um Jaguar XJ de 2002.

Continuar a ler
Publicidade

Newsletter

Em aceleração