Toyota Auris volta a ser Corolla – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

Toyota Auris volta a ser Corolla

A partir do próximo ano, a Toyota volta a estar representada no segmento C apenas com o nome Corolla.

Published

on

previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

O nome Corolla surgiu na Toyota em 1966 e, até aos dias hoje, representa mais de 45 milhões de unidades vendidas. Por isso mesmo, a Toyota chegou à conclusão de que é o nome que faz realmente sentido para representar o seu modelo no segmento C, o dos pequenos familiares, de onde está parcialmente arredado desde 2007, quando passou a ostentar a designação Auris para as carroçarias de cinco portas e carrinha. Recorde-se que a versão de três volumes manteve sempre a designação Corolla.

Assim, podemos dizer que o novo Corolla chega no próximo ano. O Auris faz parte do passado.


Notícias

Novos BMW M3 e M4 já estão aí

Published

on

A BMW apresentou oficialmente o novos BMW M3 sedan e M4 coupé e eles aí estão com comercialização prevista para Março de 2021 e exibindo a nova grelha frontal que tão discutida tem sido pelos fãs da marca bávara.



Independentemente das opções estéticas, o M3 e M4 não perderam pitada da agressividade e presença que caracterizam os modelos com a assinatura “M”. O M3, um sedan desportivo com uma lotação de cinco lugares e o M4, um coupé com uma lotação para quatro lugares, seguem as novas linhas da BMW, mas com aquele caráter desportivo de um “M”.

Equipados com um motor de seis cilindros M Twin Power Turbo com 3.0 litros de cilindrada e 480 cv de potência estes M contam com uma caixa manual de seis velocidade, mas podem ficar ainda mais apimentados se o cliente optar pela versão Competition em que a potência então ascende aos 510 cv e o condutor passa a contar com uma caixa automática de oito velocidades.

Em termos de prestações estes dois modelos aceleram dos 0 aos 100 km/h em 4,2 segundos ao passo que na versão Competition esse tempo desce para os 3,7 segundos.

A eficácia dinâmica e o prazer de condução são assegurados por um sistema de travagem M, uma suspensão M adaptativa com amortecedores geridos de forma eletrónica e uma direção assistida M Servotronic variável.

O interior de linhas desportivas foi desenhado para envolver quem vai ao volante e usufruir de todas as potencialidades que estes M têm, não faltando o botão de comando M onde podem ser personalizados vários parâmetros da condução. Para que o condutor não tire os olhos da estrada um Head-Up Display facilita a leitura da informação.

De momento ainda não estão disponíveis preços desta nova geração do M3 e M4.

Continuar a ler

Notícias

Covid-19 leva ao cancelamento do Caramulo Motorfestival

Published

on

Agendado para os próximos dias 2, 3 e 4 de Outubro, o Caramulo Motorfestival 2020 foi cancelado devido ao aumento dos casos ativos de Covid-19 que se têm verificado na região nos últimos tempos.



A pandemia do Coronavírus continua a fazer das suas e a organização deste evento, que está a cargo do Museu do Caramulo e do Automóvel Clube de Portugal, viu-se obrigada a cancelar a edição deste ano.

Contudo, para celebrar os 15 anos do Caramulo Motorfestival algumas iniciativas serão levadas a cabo tais como visitas guiadas às coleções patentes no Museu do Caramulo.

A organização também já agendou a 16ª edição do Caramulo Motorfestival que terá lugar entre os dias 3 e 5 de setembro de 2021 e que espera venha a ser a melhor de sempre.

Continuar a ler

Notícias

McLaren recorda Le Mans com o Senna GTR LM

Published

on

Passados 25 anos da vitória da McLaren nas 24 Horas de Le Mans com os seus Mclaren F1 GTR, a marca britânica recorda e celebra essa data com uma edição limitada especial de apenas cinco McLaren Senna GTR LM.



Estas cinco unidades, cada uma com uma pintura específica feita à mão, têm várias diferenças para o Senna GTR “de série”, nomeadamente as jantes OZ Racing de cinco braços, as pinças de travão pintadas a dourado e as ponteiras de escape diferentes.

No interior cada um destes cinco Senna GTR LM tem uma placa com o número de chassis e uma dedicatória escrita pelo piloto do McLaren semelhante que há 25 anos atrás correu em Le Mans.

O motor V8 4.0 biturbo está 65% mais ligeiro graças à utilização de vários componentes que utilizam materiais mais leves. Esta motorização debita 845 cv de potência, mais 20 cv do que unidade que equipa o Senna GTR de produção, apresenta um binário disponível num regime mais baixo e um redline que passou das 8500 rotações para as 9000.

Estes McLaren Senna GTR LM apenas podem circular em pista, não estando homologados para andar nas estradas públicas. O preço de cada um não foi revelado, mas certamente estará num patamar bem acima dos 2,5 milhões de euros que custa o McLaren Senna GTR “normal”.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração