Hyundai aposta na Fuel Cell com a HTWO – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

Hyundai aposta na Fuel Cell com a HTWO

Published

on

Já há mais de vinte anos que a Hyundai se dedica ao desenvolvimento da tecnologia da Fuel Cell, ou célula de combustível, e agora essa aposta é ainda maior com a criação no seio do grupo da divisão HTWO, especialmente dedicada ao desenvolvimento de soluções e sistemas Fuel Cell.



Denominada HTWO, nome inspirado em H2, a molécula do hidrogénio, esta nova divisão representa um novo empenho da Hyundai Motor Group “no desenvolvimento de uma nova geração de sistemas a hidrogénio que poderão ser aplicados a várias formas de mobilidade como automóveis, camiões, navios ou comboios”, afirmam os responsáveis coreanos.

“Esta nova geração de sistemas irá trazer melhores prestações e durabilidade a um preço acessível, numa arquitetura mais leve e compacta com uma maior densidade de energia”.

O hidrogénio como solução aos combustíveis fósseis é algo equacionado por diversas marcas como a Mercedes ou a Volvo, mas por enquanto ainda mais focadas em veículos de maiores dimensões como camiões ou autocarros, mas com o desenvolvimento da tecnologia é bem possível que a “democratização”
do hidrogénio chegue também aos automóveis.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Notícias

BMW mostra os detalhes do XM

Published

on

No ano em que celebra o 50º aniversário da divisão “M” a BMW lançou o XM, um SUV elétrico que é o segundo modelo unicamente “M” depois do M1 lançado em 1978.



Este XM é uma máquina com mais de 2,7 toneladas de peso, uma potência de 631 cv e um binário de 800 Nm e é agora detalhadamente explicado neste vídeo onde o próprio CEO da BMW M, Franciscus van Meel e o director do departamento de design da BMW, Domagoj Dukec nos fazem uma “visita guiada” ao pormenor deste novo modelo “M”:

Continuar a ler

Notícias

Aston Martin de 007 arrecada 3,4 milhões de euros para caridade

Published

on

O Aston Martin DB5 utilizado no filme No Time to Die da saga de James Bond foi leiloado e licitado por 2.922.00 libras, qualquer coisa como 3,4 milhões de euros, valor que foi doado na totalidade à instituição de caridade “The Prince’s Trust”.



Neste leilão organizado pela leiloeira Christie’s foram ainda vendidos mais dois Aston Martin, um V8 de 1981 que rendeu cerca de 730 mil euros e um DBS Superleggera de 2021 que foi arrematado por 467 mil euros sensivelmente. Estes valores também foram doados para caridade.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

Em aceleração