Taycan, o primeiro Porsche totalmente elétrico – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

Taycan, o primeiro Porsche totalmente elétrico

Published

on

A Porsche acaba de revelar o seu primeiro modelo totalmente elétrico, o Taycan.

Apresentado em três locais distintos em simultâneo, Alemanha, Canadá e China, o Taycan é um modelo de quatro portas com origem estética no muito apreciado concept Mission E e é o primeiro modelo a entrar em produção que recorre à nova tecnologia de 800 Volts. Face à actual solução de 400 Volts utilizada na indústria, a de 800 Volts permite que em apenas 5 minutos de carga num ponto de alta potência este Taycan ganhe 100 quilómetros de autonomia. Além disso, leva 22,4 minutos para carregar entre 5 a 80% da bateria com um pico de carregamento de 270 kW em circunstâncias ideais e também pode carregar a sua bateria Performance Plus de 93,4 kW de capacidade comodamente em casa até 11 kW em corrente alterna.

O Taycan surge já em duas versões de tracção integral, o Turbo e o Turbo S com 680 cv (500 kW) e 761 cv (560 kW) de potência respectivamente, o que lhes dá uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h de 2,8 segundos no caso do Turbo S e 3,2 segundos no Turbo. Segundo a marca de Estugarda a velocidade máxima de ambos é de 260 km/h.

Já em termos de autonomia estamos perante um modelo que propõe 450 quilómetros de autonomia na versão Turbo e um pouco menos, 412, na versão Turbo S.

A Porsche já está a aceitar encomendas para o Taycan e também já há preços definidos para o mercado nacional com o Taycan Turbo a ter um preço inicial de 158.221 euros ao passo que a versão mais potente, o Taycan Turbo S, tem preços a começar nos 192.661 euros.

A marca alemã também planeia no futuro o lançamento de versões menos potentes e mais tarde a versão Cross Turismo.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Notícias

Toyota Hilux a hidrogénio já anda em testes

Published

on

A Toyota já está em fase de testes com a pick-up Hilux FCEV, versão equipada com tecnologia de célula de combustível de hidrogénio e que promete uma autonomia de cerca de 600 quilómetros.



O construtor nipónico já produziu dez unidades desta Hilux na sua fábrica de Burnaston, no Reino Unido, sendo que cinco delas já andam a fazer testes. Esta versão da Hilux conta com uma solução que tem por base o sistema já utilizado no Toyota Mirai que neste caso é alimentado por três depósitos de alta pressão situados no centro do chassis desta pick-up com uma capacidade conjunta de combustível de 7,8 quilos. Sobre o eixo dianteiro está a pilha com as células de combustível de eletrólito de polímero e no eixo traseiro está o motor elétrico capaz de debitar 182 cv de potência e um binário de 300 Nm.

Continuar a ler

Notícias

Novo SUV da Ford poderá chamar-se… Capri

Published

on

Há muito que o nome Capri tem vindo a ser falado como um novo modelo da Ford que poderia recuperar o legado de um coupé com história na marca, contudo poderá não ser um coupé, mas sim um SUV elétrico.



A Ford prepara-se para lançar no próximo dia 10 de julho o seu terceiro modelo totalmente elétrico que, ao que parece, será um SUV-coupé com um caráter desportivo. Esta nova proposta utiliza a mesma plataforma do Ford Explorer elétrico e deverá ficar posicionado na gama marca norte-americana abaixo do Mustang Mach-E.

Ainda não havendo certezas, suspeita-se que o nome deste que é o segundo modelo elétrico da Ford fabricado em solo europeu irá ser Capri.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

Em aceleração