Ligue-se connosco

Notícias

Taycan, o primeiro Porsche totalmente elétrico

Published

on

A Porsche acaba de revelar o seu primeiro modelo totalmente elétrico, o Taycan.

Apresentado em três locais distintos em simultâneo, Alemanha, Canadá e China, o Taycan é um modelo de quatro portas com origem estética no muito apreciado concept Mission E e é o primeiro modelo a entrar em produção que recorre à nova tecnologia de 800 Volts. Face à actual solução de 400 Volts utilizada na indústria, a de 800 Volts permite que em apenas 5 minutos de carga num ponto de alta potência este Taycan ganhe 100 quilómetros de autonomia. Além disso, leva 22,4 minutos para carregar entre 5 a 80% da bateria com um pico de carregamento de 270 kW em circunstâncias ideais e também pode carregar a sua bateria Performance Plus de 93,4 kW de capacidade comodamente em casa até 11 kW em corrente alterna.

O Taycan surge já em duas versões de tracção integral, o Turbo e o Turbo S com 680 cv (500 kW) e 761 cv (560 kW) de potência respectivamente, o que lhes dá uma capacidade de aceleração dos 0 aos 100 km/h de 2,8 segundos no caso do Turbo S e 3,2 segundos no Turbo. Segundo a marca de Estugarda a velocidade máxima de ambos é de 260 km/h.

Já em termos de autonomia estamos perante um modelo que propõe 450 quilómetros de autonomia na versão Turbo e um pouco menos, 412, na versão Turbo S.

A Porsche já está a aceitar encomendas para o Taycan e também já há preços definidos para o mercado nacional com o Taycan Turbo a ter um preço inicial de 158.221 euros ao passo que a versão mais potente, o Taycan Turbo S, tem preços a começar nos 192.661 euros.

A marca alemã também planeia no futuro o lançamento de versões menos potentes e mais tarde a versão Cross Turismo.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Parlamento aprova igualdade para o IUC dos automóveis importados

Published

on

Há muito tempo que os proprietários de veículos importados de países da UE a partir do dia 1 de julho de 2007 e com matrícula anterior a essa data se sentiam injustiçados, pois sempre foram obrigados a pagar o Imposto Único Automóvel como se a primeira matrícula do seu automóvel fosse posterior a 30 de junho de 2007. Ou seja, uma descriminação face aos veículos que foram originalmente matriculados em Portugal. Mas isso vai acabar em breve.

Bruxelas contestou as regras aplicadas em Portugal e o Governo prometeu revê-las. Assim, a votação foi ao Parlamento, que aprovou uma alteração fiscal que vai baixar o valor do IUC.

A alteração só vai surtir efeito partir de 2020. Na verdade, apenas é reposta a justiça, pois o Estado Português estava a fazer uma interpretação muito das regras europeias, distorcendo-as.

Continuar a ler

Notícias

Ford v Ferrari no cinema

Published

on

Hollywood vai pegar numa das mais épicas batalhas da história automóvel e trazê-la para o grande ecrã. Trata-se da guerra entre a Ford e a Ferrari para vencer as 24 Horas de Le Mans nos anos sessenta.

Depois da Ford ter tentado comprar a Ferrari num negócio que caiu por terra na derradeira reunião, Henry Ford II, responsável do construtor americano enfurecido com a recusa de Enzo Ferrari em vender a marca (especialmente em perder o controlo da parte da competição) decidiu bater a marca italiana nas pistas dando origem a uma das histórias mais apaixonantes do desporto automóvel.

É essa história que o filme “Ford v Ferrari” nos conta e, possivelmente descontando algum habitual patriotismo americano, estamos perante mais um bom filme para os aficionados do mundo automóvel.

O elenco conta com Matt Damon no papel de Carrol Shelby, que foi quem desenvolveu a arma da Ford para bater a Ferrari, o GT40, e Christian Bale no papel do piloto Ken Miles. A estreia no nosso país está agendada para Novembro. Para já vamos aguçando o apetite com os dois trailers que a 20th Century Fox já revelou.

Continuar a ler

Notícias

Trancado por carros das compras

Published

on

Na Argentina um condutor estacionou o seu automóvel de forma abusiva num supermercado e os empregados do mesmo encarregaram-se de lhe dar uma lição em forma de partida.

Tudo aconteceu na localidade de Temperley, no distrito de Buenos Aires, em que num supermercado um condutor estacionou o seu Peugeot na zona destinada ao carros das compras. Perante isto, os funcionários do estabelecimemto decidiram fazer “justiça” e trancaram o automóvel completamente, rodeando-o de carros das compras o que naturalmente iria dar muito trabalho ao condutor para retirar o seu carro dali.

Toda esta situação foi presenciado por um cliente, Arnold Angelini, que nas redes sociais se encarregou de congratular a partida dos funcionários e partilhar as fotos do “bloqueio”, como noticiou o canal Fox News.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Para ler

Newsletter

Em aceleração