Ligue-se connosco

Notícias

Opel Corsa é o mais aerodinâmico do segmento

Published

on

A sexta geração do Opel Corsa, que chega a Portugal este verão, é a primeira a nascer sob a batuta do Grupo PSA, depois de este ter adquirido a marca alemã.

Como o processo de compra foi efetivado há pouco tempo, a Opel já tinha desenvolvido o seu próprio Corsa, num projeto que acabou completamente abandonado, passando o Corsa a ser desenvolvido sob a plataforma do grupo francês, a mesma que dá origem ao novo Peugeot 208, com o qual o utilitário da marca alemã partilha diversos componentes.

Fruto do esforços dos engenheiros alemães e da eficácia da plataforma gaulesa, o novo Corsa apresenta-se como o automóvel mais aerodinâmica do segmento, registando um coeficiente aerodinâmico de apenas 0,29 e uma superfície frontal de 2,13 metros quadrados, o que significa uma redução evidente face ao seu antecessor. Significa isto que o novo Corsa será, em teoria, capaz de apresentar excelentes valores de consumo e emissões.

Adicionalmente, o utilitário alemão apresenta-se com o fundo da carroçaria totalmente carenado para melhorar a circulação do ar sob o veículo. O spoiler traseiro, por outro lado, tem a responsabilidade de reduzir o arrasto e aumentar a força descendente.

Tal como já vimos noutros segmento, o Corsa surge também com grelhas ativas, que se fecha quando a entrada de ar não é necessária e, consequentemente, melhoram a aerodinâmica.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

BMW quer ter extras em modo de subscrição

Published

on

Nos dias que correm, estamos todos habituados a ter serviços de entretenimento por subscrição, que se vieram juntar à televisão por cabo. Falamos, por exemplo, da Netflix, HBO, Spotify, Apple Music, etc.

Seja para precaver receitas futuras ou para se tornar mais competitiva no presente, a BMW pretende que os seus clientes comecem também a subscrever serviços, tal como fazem com aqueles que referimos anteriormente.
Atualmente, a marca bávara é a única no setor que obriga a uma subscrição do Apple CarPlay, pois todas as outras oferecem a conetividade com os produtos Apple de forma vitalícia, seja oferecendo na lista de equipamento de série ou exigindo o pagamento como equipamento opcional, mas para sempre.

Agora, a BMW, através da sua ConnectedDrive store, vai oferecer a publicidade aos seus clientes de incluirem nos seus automóveis subscrições de equipamentos com o assistente de máximos, o cruise control adaptativo, entre outros.

Como o vídeo abaixo demonstra, quando quiser utilizar uma função que não está disponível no seu automóvel, o veículo irá apresentar-lhe a possibilidade de a adquirir na loja.

Continuar a ler

Notícias

Um furgão que custa mais do que um Porsche 911

Published

on

Mesmo todos aqueles que já viram furgões a apresentar níveis de luxo e requinte ao nível de um apartamento de gama alta poderão ficar boquiabertos com a mais recente criação da Brabus, que consegui elevar um furgão a um preço de quase 300.000 euros… na Alemanha.

Trata-se mesmo de um furgão. No caso, um Mercedes-Benz Classe V 250d, que é o mesmo que dizer que está equipado com o motor de 2,1 litros Diesel e que, aqui, tem alterações que o elevam os 204 cv de origem até 235 cv. No entanto, continua a ser um furgão Diesel.

Claro que basta olhar para o exterior para se perceber que se trata de um criação especial, já que estão presentes as habituais alterações de gosto duvidoso do preparador alemão. No caso, destaque-se o generoso logótipo na grelha dianteira, ou as quatro saídas de escape.

Mas é o interior a tentar justificar o preço pedido. Além dos diversos revestimentos em pele e Alcantara, temos porta-copos aquecidos e refrigerados, sendo que essas funcionalidades se alargam aos bancos, que contam também com massagens. Temos também uma ecrã com 21″, que pode ser utilizado para visualizar uma Apple Tv ou uma Playstation, ambas instaladas a bordo.

Continuar a ler

Notícias

Tesla Model 3 não vai ter suspensão pneumática

Published

on

Elon Musk, CEO da Tesla, acaba de confirmar que a marca americana de automóveis elétricos não planeia incluir a opção de suspensão pneumática no seu Model 3.

No entanto, se recuarmos dois anos, Elon Musk tinha afirmado precisamente o contrário. Na altura, disse que o Model 3 iria contar com suspensão pneumática na sua versão Dual Motor, estando a sua chegada ao mercado prevista para o início de 2019. Ora, estando nós no terceiro trimestre de 2019, esta opção continua sem existir, o que levou um fã a colocar a questão diretamente a Elon Musk, através do twitter, tendo a reposta deste sido no sentido negativo. Ou seja, não vai haver suspensão pneumática no Tesla Model 3.

O mais curioso nisto é que chegou a existir um protótipo com o referido elemento. Não se sabe se foi por ser demasiado complexo ou por poder a vir ter pouca procura, mas a verdade é que vai continuar a ser apenas um protótipo.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Para ler

Newsletter

Em aceleração