Ligue-se connosco

Curiosidades

Como evitar enjoar no carro

Published

on

Ler, usar o telemóvel, ver mapas ou simplesmente sentar-se no banco de trás é o suficiente para sentir náuseas quando anda de carro. Damos 10 dicas para minimizar este mal-estar, mesmo se viajar com crianças.

Viajar no banco traseiro do carro é considerado o local mais indutor de náuseas e mais ainda se estiver a ler enquanto o carro está em movimento. Estima-se que cerca de 20% dos utilizadores dos automóveis, sejam condutores ou passageiros, sofrem destes sintomas com frequência.

O uso do telemóvel ou do tablet veio aumentar o número de “queixosos” que aproveitam para consultar o smartphone enquanto segue nos lugares de passageiros.

Outro dos motivos apontados são as estradas sinuosas que aumentam os balanços e por consequência provocam náuseas. As crianças são as mais afetadas pelos traçados sinuosos, em parte porque não conseguem acompanhar a estrada por se encontrarem no banco traseiro e com visibilidade reduzida. Ficam expostas ao balanço contínuo e imprevisível das curvas e ás acelerações e travagens mais fortes que o veículo lhes provoca e acabam muitas vezes por não conseguir conter o vómito.

Segundo os médicos, o enjoo é uma perturbação muito frequente do ouvido interno causada por movimentos repetidos. A sensibilidade ao movimento varia de pessoa para pessoa e nas crianças é mais frequente porque o corpo está em processo de aprendizagem e interpretação de novos movimentos. As viagens no mar ou mesmo de avião em turbulência são igualmente semelhantes à viagem em automóvel.

Os sintomas mais frequentes são a náusea, vómito, tontura e sensação de indisposição que pode provocar suores.

O que pode fazer para minimizar este desconforto em viagem:

– Evite comidas de difícil digestão, muito condimentados e com gorduras antes de viajar.

– Não consuma bebidas alcoólicas antes e durante a viagem.

– Escolha um lugar onde consiga antecipar os movimentos e tenha melhor perceção da estrada.

– Não leia nem use o telemóvel.

– Abra um pouco o vidro para entrar ar fresco ou use o ar condicionado para se refrescar.

– Tome medicamentos de venda livre para o enjoo entre 30 a 60 minutos antes de iniciar a viagem. Não aconselhável se for o condutor porque a maioria destes medicamentos provocam sonolência.

Viajar com crianças

As crianças são as mais propensas ao enjoo e ao vómito durante as viagens. Tente não se esquecer delas e proporcione-lhe uma viagem tranquila bastando para tal fazer duas coisas essenciais:

1 – Paragens frequentes a cada 90 minutos no máximo. Retire a criança do carro e coloque-a no chão para que ande um pouco e respire o ar da rua. Desta forma, a criança readquire o seu equilíbrio natural e o contacto com o solo e estar em pé é importante para ela. Lembre-se que a criança viaja normalmente suspensa no banco, com os pés pendurados. Está exposta a todo o tipo de balanços e presa apenas pelo cinto da cadeira.

2 – Escolha itinerários com poucas curvas e pouco sinuosos, de preferência sempre por autoestrada. Conduza de forma suave, antecipe as travagens e arranque suavemente, evitando balanços desnecessários.

Outros aspetos importantes:

– Se viaja com crianças evite usar perfumes, colónias ou desodorizantes com odores fortes. São o detonador do vómito em viagem.

– Tente abrir ligeiramente as janelas do carro para renovar o ar a bordo, se o tempo o permitir.

– Hidrate as crianças durante a viagem. Se circula com o ar condicionado ligado as crianças vão ficar com sede rapidamente. Deve dar-lhes água durante a viagem, em especial nas paragens que fizer, mas não em excesso.

– Se a criança se queixar deve parar de imediato, observando todas as regras de segurança do local onde circula, e retirar a criança para fora do carro, aplicando a regra 1 que indicámos em cima. Pode dar-lhe água em pequena quantidade e evite dar-lhe qualquer tipo de comida.

 

 

 

 

Continuar a ler
Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Curiosidades

Partem-lhe o coração e ele parte um concessionário Porsche

Published

on

Quando o amor ataca, ataca mesmo em força. Para o bem e para o mal.

No Canadá, mais precisamente em Toronto, Rakhmatullo Sotvoldiyev perdeu completamente a cabeça depois da sua namorada se ter separado dele. Com o coração partido em pedaços, este jovem de 20 anos, ao invés de utilizar o Tinder para substituir a amada perdida, decidiu descarregar a sua frustração contra um concessionário da Porsche. Pegou no seu Toyota Yaris e irrompeu por dentro da montra do concessionário, sendo apenas travado por um Panamera que lá se encontra exposto.

Não satisfeito, saiu do seu Yaris, pegou num marcador e escreveu umas quantas palavras em outro Porsche expostos.

Agora, além de solteiro, é capaz de ficar sem dinheiro, tais as multas que terá de pagar. Não valeu a pena!

Continuar a ler

Curiosidades

Tesla em autopilot atropela um robot

Published

on

Parece que os sistemas de condução autónoma dos automóveis da Tesla ainda não estão preparados para tudo.

Que o diga este robot da empresa Promobot, que decidiu ir para o meio da estrada, não respeitando a sua própria programação, o que resultou num atropelamento por parte de um Tesla Model S que por ali passava em modo de condução autónoma. Ficou tudo gravado em vídeo.

Apesar de parecer apenas um toque, a verdade é que o robot ficou irrecuperável e sem capacidade de participar no CES 2019, a decorrer em Las Vegas.

Continuar a ler

Curiosidades

Dinheiro a voar em autoestrada americana – Natal chega mais cedo

Published

on

Um carro blindado de transporte de valores fez a felicidade dos condutores numa autoestrada de New Jersey, nos Estados Unidos.

Foi um “ver se te avias” de meter dinheiro ao bolso na autoestrada 3 de East Rutherford de New Jersey depois de um carro de transporte da Brinks ter espalhado milhares de notas pela via. Segundo a NBC, os condutores pararam os carros e começaram a recolher a notas para os seus bolsos. Pouco passava das 8:30 horas e o trânsito intenso provocou o caos na autoestrada com a polícia a demorar a chegar tal era a confusão instalada.

A porta traseira do camião abriu-se e os sacos de notas libertaram o dinheiro para gáudio dos utilizadores da via que começaram de imediato a apanhar as notas. Alguns ainda devolveram os pecúlio arrecadado, mas outros fizeram-se desentendidos e meteram-se nos carro com um “extra” para as compras de Natal.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração