Ligue-se connosco

Curiosidades

Como evitar enjoar no carro

Published

on

Ler, usar o telemóvel, ver mapas ou simplesmente sentar-se no banco de trás é o suficiente para sentir náuseas quando anda de carro. Damos 10 dicas para minimizar este mal-estar, mesmo se viajar com crianças.

Viajar no banco traseiro do carro é considerado o local mais indutor de náuseas e mais ainda se estiver a ler enquanto o carro está em movimento. Estima-se que cerca de 20% dos utilizadores dos automóveis, sejam condutores ou passageiros, sofrem destes sintomas com frequência.

O uso do telemóvel ou do tablet veio aumentar o número de “queixosos” que aproveitam para consultar o smartphone enquanto segue nos lugares de passageiros.

Outro dos motivos apontados são as estradas sinuosas que aumentam os balanços e por consequência provocam náuseas. As crianças são as mais afetadas pelos traçados sinuosos, em parte porque não conseguem acompanhar a estrada por se encontrarem no banco traseiro e com visibilidade reduzida. Ficam expostas ao balanço contínuo e imprevisível das curvas e ás acelerações e travagens mais fortes que o veículo lhes provoca e acabam muitas vezes por não conseguir conter o vómito.

Segundo os médicos, o enjoo é uma perturbação muito frequente do ouvido interno causada por movimentos repetidos. A sensibilidade ao movimento varia de pessoa para pessoa e nas crianças é mais frequente porque o corpo está em processo de aprendizagem e interpretação de novos movimentos. As viagens no mar ou mesmo de avião em turbulência são igualmente semelhantes à viagem em automóvel.

Os sintomas mais frequentes são a náusea, vómito, tontura e sensação de indisposição que pode provocar suores.

O que pode fazer para minimizar este desconforto em viagem:

– Evite comidas de difícil digestão, muito condimentados e com gorduras antes de viajar.

– Não consuma bebidas alcoólicas antes e durante a viagem.

– Escolha um lugar onde consiga antecipar os movimentos e tenha melhor perceção da estrada.

– Não leia nem use o telemóvel.

– Abra um pouco o vidro para entrar ar fresco ou use o ar condicionado para se refrescar.

– Tome medicamentos de venda livre para o enjoo entre 30 a 60 minutos antes de iniciar a viagem. Não aconselhável se for o condutor porque a maioria destes medicamentos provocam sonolência.

Viajar com crianças

As crianças são as mais propensas ao enjoo e ao vómito durante as viagens. Tente não se esquecer delas e proporcione-lhe uma viagem tranquila bastando para tal fazer duas coisas essenciais:

1 – Paragens frequentes a cada 90 minutos no máximo. Retire a criança do carro e coloque-a no chão para que ande um pouco e respire o ar da rua. Desta forma, a criança readquire o seu equilíbrio natural e o contacto com o solo e estar em pé é importante para ela. Lembre-se que a criança viaja normalmente suspensa no banco, com os pés pendurados. Está exposta a todo o tipo de balanços e presa apenas pelo cinto da cadeira.

2 – Escolha itinerários com poucas curvas e pouco sinuosos, de preferência sempre por autoestrada. Conduza de forma suave, antecipe as travagens e arranque suavemente, evitando balanços desnecessários.

Outros aspetos importantes:

– Se viaja com crianças evite usar perfumes, colónias ou desodorizantes com odores fortes. São o detonador do vómito em viagem.

– Tente abrir ligeiramente as janelas do carro para renovar o ar a bordo, se o tempo o permitir.

– Hidrate as crianças durante a viagem. Se circula com o ar condicionado ligado as crianças vão ficar com sede rapidamente. Deve dar-lhes água durante a viagem, em especial nas paragens que fizer, mas não em excesso.

– Se a criança se queixar deve parar de imediato, observando todas as regras de segurança do local onde circula, e retirar a criança para fora do carro, aplicando a regra 1 que indicámos em cima. Pode dar-lhe água em pequena quantidade e evite dar-lhe qualquer tipo de comida.

 

 

 

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Curiosidades

Tetris Challenge em força também em Portugal

Published

on

O Tetris Challenge é um desafio que se tornou viral nas redes sociais e que no fundo se destina a promover as equipas, viaturas e equipamentos das forças de segurança e Portugal também tem revelado uma forte adesão.

Volta e meia lá surgem umas iniciativas virais nas redes sociais com uma sucesso maior do que o habitual, afinal quem não se lembra do “Ice Bucket Challenge” há uns anos atrás. Desta feita o desafio é colocado às forças de segurança, polícias, bombeiros, militares, no fundo a todos os agentes envolvidos na proteção civil, para que estes se coloquem com as viaturas e os equipamentos perfeitamente dispostos como se fossem um jogo de Tetris e tirem uma fotografia vista de cima.

Com este desafio várias entidades mostram com que materiais e elementos humanos desempenham as suas tarefas, o que ajuda à divulgação das suas importantes funções de uma forma ligeira e divertida. Garantidamente este é um daqueles desafios virais que se saúdam.

 

 

Continuar a ler

Curiosidades

Assim nasce o Volkswagen ID3

Published

on

O Volkswagen ID3 é a grande aposta elétrica da marca alemã para o mercado e a forma como este está a mudar. É de salientar que, com um preço para o nosso país a rondar os 30 mil euros, as primeiras unidades em pré-encomenda já estão esgotadas.

Com o rótulo de futuro modelo tão importante para o construtor como o Golf, o ID3 é a grande aposta elétrica da marca alemã e a sua produção já começou na fábrica de Zwickau na Alemanha. O processo de montagem é em tudo semelhante aos demais modelos com os robots a assumirem grande parte do trabalho. A sua construção gira muito em torno da parte mais importante que é o soalho que alberga as baterias, sendo que o restante processo é em tudo semelhante ao dos modelos com motores de combustão.

Aqui lhe deixamos um vídeo onde se podem ver vários momentos ainda da fase de desenvolvimento e a forma como o Volkswagen ID3 vai nascendo na linha de montagem.

Continuar a ler

Curiosidades

Caixa de cerveja servia como banco de criança

Published

on

Um condutor canadiano foi apanhado pela polícia com uma criança de 8 anos sentada numa caixa de cerveja e, como se não fosse suficiente, a criança estava sentada no banco dianteiro.

Segundo a CBS, a polícia de Ontário, no Canadá, apanhou um condutor de 22 anos de idade em flagrante delito ao transitar no seu veículo com uma criança de oito anos de idade sentado em cima de uma caixa de 30 cervejas. Como o assento não era obviamente apropriado, e tal como em Portugal, uma criança de oito anos não pode viajar no banco dianteiro.

O condutor desculpou-se que tinha esquecido o banco da criança em casa e que esta foi a forma que encontrou para transportar o menor.

Depois de lhe passarem a respetiva multa, os polícias tiveram a amabilidade de lhe emprestar uma cadeira de criança adequada à idade para conseguir chegar a casa em segurança com o menor.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Para ler

Newsletter

Em aceleração