O hidrogénio para os camiões está à porta. O mais recente projeto chama-se H2Accelerate – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

O hidrogénio para os camiões está à porta. O mais recente projeto chama-se H2Accelerate

Published

on

Vários fabricantes de veículos pesados e de empresas ligadas ao setor da energia anunciaram o lançamento do projeto H2Accelerate para apoiar a introdução em massa de camiões alimentados a hidrogénio na Europa.


A Iveco, a Daimler Trucks, Grupo Volvo, a OMV e a Shell anunciaram o lançamento deste projeto, que se destina a ajudar a criar as condições para a implementação em massa da circulação de camiões alimentados a hidrogénio na Europa.
O acordo entre estas cinco entidades foi revelado alguns dias depois de ter sido anunciado o compromisso das marcas das principais marcas de camiões e comerciais de deixarem de comercializar veículos Diesel a partir de 2040.

Uma das alternativas apontadas para a descarbonização completa do transporte de longo curso é o hidrogénio, sendo expectável um forte aumento da produção de camiões movidos a este tipo de combustível.
O novo desafio vai obrigar à criação de um ecossistema distinto, que inclui a implementação de instalações para a produção de hidrogénio de carbono zero, sistemas de distribuição do mesmo em larga escala, uma rede de postos de abastecimento de líquido e gasoso, assim como a produção de camiões alimentados a hidrogénio.

Os participantes do projeto defendem que os investimentos alinhados em todo o setor, ao longo desta década, permitirão criar as condições para a introdução em grande escala de transportes pesados a hidrogénio e, assim, serem cumpridas os objetivos de descarbonização até 2050.
Os membros do projeto H2Accelerate acreditam que o escalonamento da produção ao longo de uma década irá contribuir para atrair grupos de clientes que estejam dispostos a assumir um forte empenho no transporte a hidrogénio, logo desde o início.

Apoios públicos na fase inicial

Numa primeira fase, essas frotas devem operar em grupos regionais e ao longo dos corredores europeus de alta capacidade, com boa cobertura de postos de abastecimento.
Os membros do projeto consideram que será necessário um apoio do setor público na fase de lançamento da rede de abastecimento de hidrogénio, designadamente ao nível de financiamentos para projectos pré-comerciais antecipados.
Paralelamente, os participantes irão trabalhar no sentido de obter o envolvimento de responsáveis políticos e entidades reguladoras, de forma a incentivar um ambiente político que ajudará a apoiar, no período subsequente, a produção em grande volume de camiões a hidrogénio e a implementação, em toda a Europa, de uma rede de abastecimento de hidrogénio de carbono zero.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Irizar mostrou na Solutrans evolução do camião ie Truck

Published

on

Os espanhóis da Irizar surpreenderam os visitantes da feira Solutrans, em Lyon, com a apresentação de uma evolução do seu camião zero emissões ie Truck.



Desenhado em exclusivo para satisfazer as necessidades das cidades e dos ambientes urbanos, esta nova geração destaca-se pela sua versatilidade e sustentabilidade.
A Irizar exibiu a versão de chassis de três eixos, caraterizado por um design totalmente renovado, leve e tecnicamente atualizado para cumprir com as mais recentes normativas, incluindo ADAS e GSR2. A unidade de dois eixos com uma caixa frigorífica para distribuição, foi desenvolvida em colaboração com a Chereau, líder no mercado europeu e pretende demonstrar a adaptabilidade do Irizar ie Truck a diversas aplicações.

A experiência adquirida com a primeira geração impulsionou esta renovação, com reduções de peso significativas, até 2000 kg na versão 6×2 e aproximadamente 1400 kg na 4×2. Estas melhorias não só são visíveis nos consumos e emissões, mas também contribuem para uma notável melhoria do TCO para operadores e clientes finais.
Este novo ie Truck garante uma maior versatilidade, favorecendo aplicações urbanas diversas. O seu particular degrau de acesso de 370 mm, coloca-o como o veículo com a menor altura de acesso do mercado.

A tecnologia é própria do Grupo Irizar, proveniente de anos de experiência em autocarros elétricos, e é aplicada de forma destaca a este veículo industrial de vanguarda. Está equipado com baterias de terceira geração de maior densidade energética e pode armazenar até 512 kWh, proporcionando uma autonomia de até 400 km dependendo da aplicação.

Continuar a ler

Comerciais

Marca Mobilize da Renault apresenta solução Bento

Published

on

Com lançamento previsto para o primeiro semestre de 2024, o Bento foi concebido para os clientes profissionais que procuram um veículo compacto, prático e fiável para a entrega de bens e serviços (reparações, manutenção, serviços pessoais, entregas a pedido…) nas zonas urbanas e arredores.



Concebido com 50% de materiais reciclados (quando a média é de 15%), o Bento é um monovolume totalmente elétrico, de um só lugar, com uma autonomia de até 140 quilómetros e uma velocidade máxima de 80 km/h.


O cabo de carregamento ligado ao veículo pode ser equipado com um conetor standard (para utilização doméstica) ou com um conetor de tipo 2 (compatível com pontos de carregamento públicos, em empresas ou em parques de estacionamento).

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por blind3
    Boas a todos, Estou à procura de um Toyota para compra, sendo ele para 90% uso citadino. Procuro um que seja de pequenas dimensões sendo que...
  • por AppleBudget
    Que tipo de carros gostas? Desportivos (Coupés) Quais os segmentos ou tipo de carro em consideração (A - Citadino, B - Utilitário, C - Pequeno...
  • por kekomit
    Boa Noite pessoal, Estou com uma dúvida que preciso de um esclarecimento. Tenho um Opel Corsa B Van 1.7D de 1996, fiz uma revisão completa,...
  • por Espantalho
    Bom dia a todos. Necessito da vossa ajuda porque preciso com urgência de comprar dois carros numa altura em que eles estão caríssimos...

Em aceleração