Uber à beira da falência? – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

Uber à beira da falência?

Published

on

Prejuízos de 2.7 mil milhões de euros em 2018 tornam o futuro da Uber muito cinzento. Em maio deve sair da bolsa e depois o futuro ficará dependente de alguns projetos em curso.

Semanas depois da saída de bolsa do seu maior concorrente (Lyft), a Uber prepara-se para anunciar igualmente a saída do mercado em maio. O Financial Times apontou fontes próximas da companhia americana que dão como data provável da saída a 10 de maio. Na opinião dos especialistas em economia, a forte aposta da Uber em “destruir” os seus concorrentes levou a investimentos elevados que não tiveram o retorno esperado. Os investidores estão apreensivos em relação as estes valores apresentados no exercício de 2018.

Apesar de exibir um currículo invejável onde se encontram números tão interessantes como estar presente em 700 cidades de todo o mundo, ter uma base de dados de 91 milhões de utilizadores e deter uma quota de mercado de 65% na América, Europa, Austrália e Nova Zelândia, a Uber está apostada em desenvolver os veículos autónomos.

Para cumprir estes objetivos a Uber investiu no ano passado 400 milhões de euros em investigação e desenvolvimento de veículos autónomos (sem condutor), veículos voadores e outros programas de tecnologia.

A aposta da Uber incide sobre os veículos autónomos que constituirão a longo prazo a força da sua oferta. No entanto, isto não quer dizer que os condutores atuais fiquem sem trabalho. O processo irá ter uma fase híbrida bastante prolongada que dará aos condutores humanos uma larga margem para o grosso das operações, tendo em conta que os veículos autónomos só vão funcionar em rotas muito específicas e longe do tráfego intenso.

O folheto da Uber indica acordos de colaboração com fabricantes de automóveis como a Toyota e Volvo que poderão integrar a tecnologia de condução autónoma da Uber.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

SSC Tuatara é o carro mais rápido do mundo

Published

on

O SSC Tuatara estabeleceu um novo recorde de velocidade tornando-se no carro de produção mais rápido do mundo ao conseguir atingir os 532,7 km/h.



Olive Webb foi o piloto que ao volante do Tuatara conseguiu este feito, fazendo duas passagens num troço da Nevada State Route 160. Na primeira fez 484,53 km/h e na segunda atingiu os 532,7 km/h o que deu uma média de 508 km/h para homologar o recorde de velocidade máxima.

Desenvolvido pela Shelby SuperCars (SSC) o Tuatara possui um coeficiente de resistência aerodinâmica muito baixo, de 0,279 e conta com um motor V8 com 5,9 litros de cilindrada, capaz de debitar uma potência máxima de 1775 cv quando alimentado com combustível E85.

O piloto britânico Olive Webb referiu que se as condições meteorológicas fossem melhores, com menos ventos laterais a velocidade máxima poderia ter sido ainda maior. Portanto é bem possível que a história do SSC Tuatara e do recorde mundial de velocidade não fique ainda por aqui.

Continuar a ler

Notícias

Félix da Costa acelerou nas ruas de Lisboa

Published

on

No passado sábado as ruas de Lisboa tiveram direito a um espetáculo bem diferente do habitual. O Campeão do Mundo de Fórmula E, António Félix da Costa, passeou e acelerou pelas ruas e avenidas da cidade, comemorando a conquista do título.



Foi ao volante do seu DS E-Tense F20 que Félix da Costa percorreu as artérias da capital num trajeto de aproximadamente 20 quilómetros feito junto ao Tejo e que passou por pontos emblemáticos da cidade como a Praça do Comércio, o Rossio ou o Marquês de Pombal.

Esta celebração da equipa DS Techeetah fez as delícias dos transeuntes que puderam ver ao vivo e a cores e a poucos metros de distância o Campeão do Mundo e as acelerações do seu monolugar elétrico que o levou à conquista do título.

Continuar a ler

Notícias

Tesla Model Y de 7 lugares vai começar a ser produzido

Published

on

Foi o próprio Elon Musk que num tweet confirmou que o Tesla Model Y na sua versão com lotação para sete ocupantes começará a ser produzido já no próximo mês de novembro.



A marca ainda não revelou imagens deste modelo, mas o mais provável é que os dois lugares “extra” neste crossover sejam colocados junto à zona da bagageira e virados para trás, como já acontece com outras propostas da Tesla, como o SUV Model X.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração