Ligue-se connosco

Notícias

Volkswagen quer cortar custos nos elétricos

Published

on

O Grupo Volkswagen tem em marcha um plano de desenvolvimento de veículos elétricos citadinos, mas com muitos desafios pela frente.

A liderar a ofensiva está a SEAT, que é a marca responsável pelo projeto dos citadinos elétricos do Grupo Volkswagen, desenvolvidos sob uma versão mais curta da plataforma Modular Electric Drive Toolkit (MEB), que dará origem a diversos modelos e derivações.

Neste caso, o objetivo é substituir os três citadinos do grupo: o VW Up, o Skoda Citigo e o Seat Mii. O problema é que os veículos elétricos não permitem manter o preço de comercialização que estamos habituados a ver nos veículos do segmento A movidos com motores de combustão. Para tentar colocar no mercado um citadino elétrico abaixo dos 20.000 euros, o Grupo VW planeia utilizar algumas soluções para cortar nos custos, nomeadamente através da utilização de uma menor quantidade de aço, plástico e tecido. Outras das soluções passa por dispor as baterias longitudinalmente sob o peso do veículo, garantido mais espaço para as baterias em caso de colisão.

Notícias

Um furgão que custa mais do que um Porsche 911

Published

on

Mesmo todos aqueles que já viram furgões a apresentar níveis de luxo e requinte ao nível de um apartamento de gama alta poderão ficar boquiabertos com a mais recente criação da Brabus, que consegui elevar um furgão a um preço de quase 300.000 euros… na Alemanha.

Trata-se mesmo de um furgão. No caso, um Mercedes-Benz Classe V 250d, que é o mesmo que dizer que está equipado com o motor de 2,1 litros Diesel e que, aqui, tem alterações que o elevam os 204 cv de origem até 235 cv. No entanto, continua a ser um furgão Diesel.

Claro que basta olhar para o exterior para se perceber que se trata de um criação especial, já que estão presentes as habituais alterações de gosto duvidoso do preparador alemão. No caso, destaque-se o generoso logótipo na grelha dianteira, ou as quatro saídas de escape.

Mas é o interior a tentar justificar o preço pedido. Além dos diversos revestimentos em pele e Alcantara, temos porta-copos aquecidos e refrigerados, sendo que essas funcionalidades se alargam aos bancos, que contam também com massagens. Temos também uma ecrã com 21″, que pode ser utilizado para visualizar uma Apple Tv ou uma Playstation, ambas instaladas a bordo.

Continuar a ler

Notícias

Tesla Model 3 não vai ter suspensão pneumática

Published

on

Elon Musk, CEO da Tesla, acaba de confirmar que a marca americana de automóveis elétricos não planeia incluir a opção de suspensão pneumática no seu Model 3.

No entanto, se recuarmos dois anos, Elon Musk tinha afirmado precisamente o contrário. Na altura, disse que o Model 3 iria contar com suspensão pneumática na sua versão Dual Motor, estando a sua chegada ao mercado prevista para o início de 2019. Ora, estando nós no terceiro trimestre de 2019, esta opção continua sem existir, o que levou um fã a colocar a questão diretamente a Elon Musk, através do twitter, tendo a reposta deste sido no sentido negativo. Ou seja, não vai haver suspensão pneumática no Tesla Model 3.

O mais curioso nisto é que chegou a existir um protótipo com o referido elemento. Não se sabe se foi por ser demasiado complexo ou por poder a vir ter pouca procura, mas a verdade é que vai continuar a ser apenas um protótipo.

Continuar a ler

Notícias

Saiba onde abastecer

Published

on

Os motoristas de transporte de matérias perigosas ameaçam, mais uma vez, parar o país, numa greve que tem início marcado para a próxima segunda-feira, dia 12 de agosto.

Sendo uma época em que muitas famílias utilizam o automóvel para gozar um período de férias, esta ação reivindicativa pode causar transtornos a várias pessoas, sendo que a inevitável corridas aos postos de abastecimento já começou. Por isso, poderá ser crucial sabe onde abastecer o seu automóvel.

Para o ajudar a Waze e a rede VOST Portugal (Voluntários Digitais Em Situações de Emergência) juntaram para criar o site https://janaodaparaabastecer.vost.pt/, onde é possível consultar o locais onde ainda há combustível. Os consumidores podem colaborar na partilha de informação, através de um questionário onde informam quais os postos que encerraram por falta de combustível.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Para ler

Newsletter

Em aceleração