Mercedes-Benz EQT antecipa monovolume elétrico e novo Citan – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Mercedes-Benz EQT antecipa monovolume elétrico e novo Citan

Published

on

A Mercedes-Benz Vans desvendou o Concept EQT, um protótipo que não só antecipa a imagem do modelo de produção do futuro Classe T de passageiros, mas também da nova geração do comercial Citan.



Apesar de partilhar a mesma plataforma e componentes mecânicos com a terceira geração do Renault Kangoo, o departamento de design da Mercedes-Benz procurou fazer maior diferenciação com o produto da sua marca.

O Concept EQT possui um sistema de tração elétrico, embora a versão de produção do futuro Classe T também vá ser proposta com motores convencionais de combustão.
Distingue-se pelo equilíbrio das proporções e um design fluído das superfícies. A parte dianteira recebe a grelha do radiador “Black Panel”, já conhecida da família de veículos elétricos EQ da marca alemã. Os grupos óticos em LED com efeito 3D sublinham o visual futurístico do protótipo.

Com um comprimento de quase 4,95 metros, o EQT assume-se como um irmão mais pequeno do EQV, já em comercialização, e oferece uma lotação até sete lugares. O acesso dos passageiros é realizado através de duas portas laterais deslizantes, permitindo aos ocupantes da terceira fila chegarem aos seus lugares sem grandes constrangimentos.

O interior do Concept EQT é, segundo a marca alemã, um “testemunho tão emocional como visual” como o exterior, caraterizando-se por um constraste elegante entre preto e branco. Os bancos possuem revestimento em pele napa branca e possuem aplicações em pele reciclada no meio do assento.

O novo Mercedes-Benz Classe T vai ser lançado no mercado em 2022 e deverá incluir uma versão elétrica denominada EQT, destinando-se a complementar a oferta no segmentos dos comerciais compactos em conjunto com o furgão Citan, que será apresentado ainda este ano e que também terá, mais tarde, uma variante elétrica.

Comerciais

Irizar promete camião 100% elétrico para breve

Published

on

O camião 100% eléctrico da Irizar, que resulta de um acordo entre a Irizar e-mobility e a Jebsen e Jessen Industrial Solutions, será o primeiro a ser lançado na Europa, especificamente na Suíça.



O veículo tem baterias de iões de lítio de 340 kWh e poderá ser carregado em 3,5 horas. Está preparado para transportar carga até 27 toneladas.

É feito com tecnologia Irizar, conta com uma cabina rebaixada, assento do passageiro rebatível, câmaras no lugar dos espelhos retrovisores e ainda várias outras funcionalidades que fazem dele um dos camiões eléctricos mais adaptados ao transporte dentro das cidades.

Continuar a ler

Comerciais

Assim se produz um camião Renault Trucks

Published

on

O construtor francês juntou a atividade industrial das suas fábricas com a criação de um sistema que permite partilhar o processo de produção dos seus camiões a partir de uma visita virtual da fábrica de Bourg-en-Bresse.



Esta visita proporciona aos participantes a possibilidade de descobrir de forma interativa as várias etapas necessárias para a montagem de um camião.

A imersão é total, pois os visitantes podem usufruir de uma visão de 360º da linha de montagem em movimento, onde os operadores intervêem de forma manual utilizando ferramentas e dispositivos ergonómicos. Todo os operários têm conhecimentos técnicos únicos, pois cada camião é produzido à medida e corresponde às necessidades específicas de cada cliente.

Aceda à visita virtual

Nas 13 etapas chave da produção de um camião, os visitante dispõem de um áudio com as explicações correspondentes, e escolher entre a língua francesa e a inglesa. Para o que desejam aprofundar mais a experiência, existe conteúdo adicional como entrevistas a operadores ou técnicos que trabalham na linha de montagem.

 

Continuar a ler

Comerciais

Rally Dakar em 2022 vai ter muitos camiões e muita areia

Published

on

Regressa o rali mais duro do mundo… o Dakar regressa às pistas da Arábia Saudita para seguir na senda que marcaram as suas origens. Dunas, muitas dunas e muita navegação vão marcar a corrida que vai ter início no dia 2 de janeiro de 2022.

Já foi apresentada a 44ª edição do Rally Dakar que volta a ser corrido na Arábia Saudita (já lá vão três anos). Arranca em Ha´il, termina em Jeddah e tem um dia de descanso em Riad, mas ao “inclinar” o percurso mais para sudeste, os organizadores trazem mais areia à prova e ao desafio.

O rali arranca a 2 de janeiro e termina a 14 do mesmo mês. A competição baseia-se na travessia e navegação fora de pista, enquanto os descalabros no cronómetro chegam de furos como aqueles que se sofrem em etapas mais pedregosas.

Como novidade para 2022, com a vontade de levar o Dakar para as emissões de carbono mais reduzidas, foi criada a categoria T1-E, reservada a protótipos experimentais nesse âmbito. O horizonte para colocar um fim aos motores de combustão nos automóveis participantes situa-se em 2030.

Em 2022 será a segunda edição do Dakar Classic, que no passado mês de janeiro despertou muito interesse. Serão introduzidos ajustes ao regulamento. A regularidade já não vai ser o único critério de avaliação. Em alguns troços que representarão em torno de 20% do percurso, serão unicamente percorridos através da navegação.

O sucesso desta nova modalidade reservada para automóveis e camiões dos anos 80 e 90, supõe uma nova forma de fazer a aventura Dakariana. Uma nova forma de desfrutar da pilotagem. Tanto assim é que já se prevê que a lista deste tipo de veículos pode duplicar. Muito serão camiões.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração