Transporte o seu animal de estimação em segurança – Motorguia
Ligue-se connosco

Manutenção

Transporte o seu animal de estimação em segurança

Published

on

Os animais de estimação são os nossos companheiros nas mais variadas situações e muitas vezes andam connosco no nosso automóvel. Por isso devem também eles viajar em segurança e o condutor deve garantir o seu bem estar durante a viagem. Desta forma aqui lhe deixamos alguns conselhos para que possa levar o seu “patudo” consigo para qualquer lado de forma segura.



1 – Cuidado com a alimentação
O primeiro passo a ter em conta quando vai transportar o seu animal de estimação no seu automóvel é não o alimentar antes da viagem. Ele pode sentir-se mal e haver um acidente gástrico em plena viagem, o que vai causar mau estar no animal, distração na condução e uma grande trabalheira para limpar o carro depois.

2 – Não o deixe à solta
O seu animal de estimação não deve ser transportado à solta dentro do veículo. Um animal solto pode interferir no campo de visão do condutor, atrapalhar os seus movimentos na condução e em caso de acidente pode haver consequências muito graves para o animal e para os ocupantes. Além disso não é permitido por lei transportar o animal de estimação solto. Recorra a caixas de transporte, arnés ou uma rede divisória entre o habitáculo e a bagageira (no caso de uma carrinha por exemplo), sendo que os dois primeiros são preferíveis pois ambos podem ser fixos aos sistemas de retenção do veículo, o que reforça a segurança para todos a bordo.

3 – Nunca o deixe fechado no veículo
Em circunstância alguma deve deixar o seu animal de estimação trancado dentro do automóvel com as janelas fechadas enquanto vai tratar de algo no exterior. Especialmente nas épocas mais quentes como no verão um automóvel atinge temperaturas superiores às que se fazem sentir no exterior e os animais sofrem muito com o calor. Nunca deixe o seu animal de estimação fechado, leve-o consigo. Se for um cão aproveite para o passear, por exemplo.

4 – Recompense o seu animal
Não se esqueça de levar aquele biscoito ou snack que o seu cão ou gato adoram para o premiar pelo seu bom comportamento. Assim estará a reforçar o estímulo positivo para um bom comportamento quando ele viaja consigo, minimizando o stress do animal e fazendo da viagem um momento que ele cada vez mais goste de experienciar consigo, sempre em segurança.

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Manutenção

Sabe o que é o efeito submarino?

Published

on

Quando se entra no automóvel, a colocação do cinto é algo imprescindível e chega mesmo a ser praticamente um ato reflexo para o condutor e passageiros. No entanto se não o colocarmos corretamente em caso de desaceleração brusca ou mesmo de acidente, o corpo pode escorregar por baixo do cinto naquilo a que se apelidou de “efeito submarino”, podendo causar lesões graves.



Esta situação pode ocorrer quando o cinto de segurança não foi bem colocado, ou quando o banco está demasiado reclinado. Como tal é preciso verificar que o cinto está bem ajustado ao corpo, tenso e sem folgas. Que não usa roupa demasiado larga que pode impedir o correto ajuste do cinto ao corpo.

Lembre-se que num cinto corretamente colocado a tira inferior atravessa na horizontal a zona abaixo do abdómen e que a parte diagonal deve ficar entre o ombro e o pescoço. O corpo deve estar com as pernas e as costas o mais na perpendicular possível, fazendo praticamente um ângulo de 90º.

Naturalmente que estas regras se aplicam a todos os ocupantes do veículo, com especial atenção para as crianças. Utilize sempre um sistema de segurança adequado ao peso e altura da criança (as denominadas cadeiras de criança) e lembre-se que deve ser o adulto a verificar a correta colocação do cinto pois a criança não tem ainda consciência nem capacidade para o fazer.

Continuar a ler

Manutenção

Como usar o ar condicionado corretamente

Published

on

Hoje em dia é praticamente inconcebível conduzir um carro sem ar condicionado. Além do conforto que assegura aos ocupantes, este sistema é também um importante elemento de segurança, por isso é determinante saber usá-lo e mantê-lo nas melhores condições.



Conduzir com a temperatura ideal vai garantir mais conforto ao condutor e isso significa que este manterá mais atenção ao ambiente rodoviário que o rodeia. Além disso, no outono ou inverno, o ar condicionado é determinante para eliminar o embaciamento do para-brisas e restantes superfícies vidradas de forma a manter a melhor visibilidade possível.

Assim, aqui ficam alguns conselhos sobre o ar condicionado:

1 – A temperatura ideal

De um modo geral, uma temperatura entre os 20º e os 22º centígrados é a ideal. Uma temperatura demasiado baixa ou demasiado alta podem causar desconforto e também sobrecarregar o sistema podendo originar avarias e ao mesmo tempo aumenta o consumo pois exige mais do ar condicionado.

2 – Veja bem onde estaciona

Especialmente no verão esteja atento ao local onde estaciona o veículo. Se possível tente deixá-lo à sombra e se a paragem for longa “calcule” a posição do sol durante o dia e analise como poderá estacionar com menos exposição solar possível. Este cuidado vai permitir que o carro não atinja temperaturas muito altas que depois exigem muito do ar condicionado para atingir uma temperatura confortável no habitáculo.

3 – Transições suaves

Se estiver muito frio ou muito calor não meta o ar condicionado logo no máximo com a temperatura “oposta”. Vá doseando o fluxo de ar e a temperatura. Assim consegue uma transição mais eficaz sem sobrecarregar todo o sistema.

4 – Cuidado com a manutenção

Sempre que o seu carro vai à revisão opte por mudar o filtro do ar condicionado. De um modo geral não é uma peça cara e assegura que a qualidade do ar é sempre a melhor. Com menos humidade e partículas, o que vai ajudar a manter também as condutas em melhores condições.

5 – Quando carregar o gás do sistema

Quando começar a sentir que o ar que flui do sistema é apenas da ventilação, sem sentir o efeito “frio” do gás, então isso é sinal que está na hora de carregar o gás no sistema. Algo que pode ser ser feito na marca ou numa oficina especializada em ares condicionados.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

Em aceleração