O maior abate de motores de combustão da história – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

O maior abate de motores de combustão da história

Published

on

O governo indiano prepara-se para combater os elevados índices de emissões de CO2 no seu país através da eletrificação dos triciclos e das scooters que inundam o panorama rodoviário deste país asiático.

No território da índia circulam cerca de 21 milhões destes veículos equipados com motores de combustão e a meta é que estes sejam substituídos por modelos elétricos o que resultará naquilo que podemos considerar como o maior redução de motores a combustão na história da mobilidade humana. Assim, a proposta define que a partir de 2023 só sejam vendidos triciclos com motorizações elétricas e que em 2025 o mesmo aconteça com as scooters.

Outras propostas passam pela atribuição de apoios a quem tenha triciclos elétricos e também promover a transição de autocarros com motores a combustão para elétricos.

Estas soluções estão no entanto ainda dependentes dos resultados das eleições que decorrem na Índia, mas já existem programas concretos a decorrer de apoio à eletrificação que não deverão ser alterados. É o caso do FAME1, integrado no projeto nacional eMobility, que apesar de ter sofrido atrasos no início da sua implementação acabou por ter impacto na população, esperando-se que a segunda fase, o FAME2 com os seus 1,64 biliões de euros de orçamento continue a mudar o panorama das estradas indianas.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Filipe Albuquerque vence Le Mans e é Campeão do Mundo

Published

on

Este fim de semana viveu-se mais um momento histórico para o desporto motorizado português com Filipe Albuquerque a vencer as míticas 24 Horas de Le Mans na categoria LMP2 e com esse resultado a sagrar-se Campeão do Mundo de resistência.



Contando com Phil Hanson e Paul di Resta como companheiros na equipa United Autosports o piloto português conseguiu a vitória ao volante do Oreca 07 – Gibson número 22, numa luta até ao final com a equipa onde correu outro português, António Félix da Costa, que com Anthony Davidson e Roberto González levaram a equipa Jota ao segundo lugar em Le Mans.

Em termos pontuais Filipe Albuquerque já garantiu o título, mas para o conquistar efetivamente ainda tem de alinhar na próxima prova do Campeonato Mundial de Resistência que decorrerá no Bahrein.

Sébastien Buémi, Brendon Hartley e kazuki Nakajima foram os grandes vencedores das 24 Horas de Le Mans ao terminarem em primeiro lugar da classificação geral com o seu Toyota TS050 Hybrid.

Continuar a ler

Notícias

Continental GT Mulliner, a nova arma da Bentley

Published

on

No próximo dia 22 de Setembro no Salon Privé Concours d’Elégance que decorrerá em Oxfordshire, no Reino Unido, a Bentley apresentará ao público o Continental GT Mulliner.



Aquele que a marca define como o expoente máximo do luxo na forma de um coupé estará disponível com duas motorizações, um W12 com 6.0 litros de cilindrada e 635 cv de potência ou um V8 com 4.0 litros e 549 cv e conta com várias novidades face ao Continental GT “normal”.

A grelha e as entradas de ar frontais contam com um padrão em forma de diamante que a Bentley apelida de “Double Diamond” e as imponentes jantes de 22 polegadas incluem a referência a esta versão Mulliner no centro em torno do logótipo da Bentley.

No habitáculo o condutor e passageiro são brindados com um nível de luxo excecional. Os bancos são em pele com um padrão de costuras também em diamante e o próprio revestimento da consola central segue a mesma linha estética também com padrão diamante e onde se destaca o relógio Breitling no topo da consola.

Este Bentley Continental GT Mulliner tem a sua comercialização prevista para o próximo ano de 2021, mas pode começar a ser encomendado já a partir do mês de Outubro.

Continuar a ler

Curiosidades

SkyDrive testa carro voador com piloto a bordo

Published

on

O sonho do carro voador é tão antigo quanto o nascimento do carro e do avião e ao longo da história várias têm sido as tentativas de desenvolver uma máquina deste género, umas mais racionais, outras mais loucas.



Desta feita a ideia vem do Japão por iniciativa da SkyDrive num projeto denominado Cartivator que agora realizou um vôo com um piloto a bordo que pairou a uma altura entre um a dois metros durante quatro minutos num recinto protegido por uma rede.

O projeto Cartivator começou em 2012 e contou com fundos de grandes nomes da indústria nipónica como a Toyota ou a Panasonic. O seu mentor, Tomohiro Fukuzawa, refere que “dos cerca de 100 projetos de carro voador no mundo, apenas uma meia-dúzia tiveram sucesso num vôo com uma pessoa a bordo e neste momento o maior desafio é mesmo a segurança de um aparelho deste género”.

De momento o Cartivator, que parece mais uma moto voadora que um carro, é totalmente elétrico e só tem uma autonomia de dez minutos. Naturalmente um veículo deste tipo apresenta enormes desafios não apenas máquina que é onde o peso das baterias é um obstáculo como pelo tipo de veículo que é que implica mexer com regras de tráfego aéreo e também com outras infraestruturas necessárias à sua comercialização e “democratização”.

Ainda não é desta que as cidades do mundo se tornam urbes voadoras como nos desenhos animados dos Jetsons, mas o vídeo do vôo do Cartivator não deixa de ser uma espécie de antevisão do que poderá um dia vir a ser uma realidade:

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração