Ligue-se connosco

Notícias

Rotundas para totós avançam

Published

on

Chamam-se Turbo Rotundas e permitem distribuir o trânsito rapidamente com um número reduzido de acidentes.

Foram apresentadas em 2015 na Holanda e desde então vão ganhando cada vez mais adesões em municípios e cidades europeias. A Polónia e a República Checa já aderiram a este tipo de rotundas que tem nos ciclistas os seus principais opositores.

O primeiro projeto de turbo rotunda surgiu em 2001, mas a sua evolução mais recente remonta a 2013 cujo desenho poderá visualizar no vídeo. A Comissão Europeia aprovou em 2015 vários projetos com este desenho de funcionamento para rotundas de grande intensidade de tráfego e que não necessitem de mais de duas filas centrais.

Para os muitos condutores que ainda não entenderam como se deve circular numa rotunda, este sistema não deixa dúvidas e é muito mais seguro, evitando engarrafamentos e acidentes nas rotundas, um cenário que se verifica todos os dias em Portugal.

Na Europa pode-se encontrar este tipo de rotundas na Áustria, Alemanha, França, Macedónia, Holanda, Eslovénia, República Checa, e Croácia.

Veja o vídeo e tire as suas conclusões.

 

5 Comentarios

5 Comments

  1. PeterJust

    21/02/2019 at 15:50

    Isto era dispensável se as pessoas conduzissem segundo as regras, principalmente os taxistas, carrinhas transportasdoras, etc (os profissionais portanto), e que os policias fossem mais intervinientes (não é preciso multar, muitas vezes um aviso é mais didático). Próxima invenção, piscas automáticos, 80% dos condutores não sabe usar ou para que servem.

  2. eu

    21/02/2019 at 16:43

    podem fazer as rotudnas novas que quiserem, com turbo, naturalmente aspiradas, o que quiserem, mas o princípio da rotunda, tal como todo o código da estrada, baseia-se no presuposto de que as pessoas cumprem as regras de circulação, o que em Portugal não acontece e nunca vai acontecer porque o português é um condutor ignorante, burro e que não respeita os outros na estrada, e por essa razão isto nunca vai funcionar cá.
    nos outros países funciona porque as pessoas não são tão imbecis como nºos somos na estrada.

  3. Alexandre

    07/03/2019 at 15:51

    Pergunta para os senhores que projectaram esta rotunda, se eu pretender contornar a rotunda e sair no mesmo local onde entrei (tendo em consideração que perante a demonstração, existe uma entrada a esquerda no mesmo local), como o poderei fazer? ou é proibido tal movimento?

    • Joaquim

      12/04/2019 at 16:46

      Olá,
      Entras para o meio da rotunda e entras na nova faixa da esquerda que abre a meio da rotunda.

  4. João Gonçalves

    17/03/2019 at 18:06

    este esquema é caPAZ DE funcionar cá em Portugal desde que em vez de traços continuos ponham separadores de betão….! estamos num país que o pessoal ainda não se entendeu com os piscas nas rotundas, uns simplesmente não fazem , fazem para a direita quando vão sair da rotunda, outros fazem para a esquerda quando estão na rutunda e para a direita quando saem , e outros fazem para a esquerda quando estão na rotunda e deixam de fazer pisca quando saem. O Problema não é só dos Portugueses , os responsaveis por estas coisas são os politicos europeus que em vez de resolvem os problemas da europa , queimam o tempo pago a peso de ouro , a fazer alterações ao codigo da estrada, quando o unico pisca que se tinha que fazer nas rotundas era para a direita quer fosse para passar de faixa ou para sair da rotunda , havia muito mais gente a fazer pisca correctamente. Com as rotundas turbo se as vizeram em Portugal vai ser o mesmo , vai haver mais infrações o transito não vai melhorar nada , façam com separadores de betão ou esqueçam!

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Ford vai despedir 7.000 trabalhadores

Published

on

A sangria vai começar já esta semana, com a saída de 2.300 funcionários nos Estados Unidos da América.

A Ford está a avançar com o seu processo de reestruturação para reduzir custos e adaptar-se aos novos tempos na indústria automóvel. Numa missiva enviada aos seus funcionários, o CEO da Ford, Jim Hackett, anunciou que o próximo passo começa hoje mesmo, dia 21 de maio, num processo que terminará com o despedimento de cerca de 7.000 funcionários em todo o mundo, excluindo os operários das fábricas. Isto quer dizer que a redução será na ordem dos 10% de todos os funcionários.

O ano de 2018 não foi espetacular para Ford, mas também não foi um terror. As vendas nos Estados Unidos caíram cerca de 3,5 por cento, tendo havido também uma quebra nas receitas. Ainda assim, a marca da oval azul conseguiu registar lucros de 3,7 mil milhões de dólares e, por isso, dividir bónus pelos seus quadros mais altos. O CEO da Ford, que agora quer despedir 7.000 funcionários, levou para casa um prémio de 17,8 milhões de dólares.

Continuar a ler

Notícias

O livro da Bentley que custa mais de 200.000 euros

Published

on

Não, não é um título com “clickbait”. A Bentley apresentou mesmo um livro que custa cerca de 230.000 euros, que é o mesmo que dizer que tem o preço de um bom apartamento em várias zonas de Portugal. Não fosse a especulação imobiliária, poderíamos incluir Lisboa nesta comparação.

São apenas sete cópias, na medida do número de continentes do nosso planeta. Claro que não é só por isso que tem este preço astronómico, mas também pelo facto de estar decorado com diamantes e poder ter o logótipo da marca de Coventry em ouro branco ou platina. Coisa de luxo, portanto.

Mas se acha que mais de 200.000 euros é demasiado dinheiro para a edição 100 Carat, tem sempre a hipótese de optar pela Edição Mulliner, que custa uns muito mais “simpáticos” 14.000 euros. E nem precisa de se preocupar tanto com a raridade da peça, pois há 500 exemplares disponíveis. Ainda assim, é melhor não se atrasar.
Se é menos abonado, pode limitar-se a ter edição Centenário, que custa “só” 3.400 euros.

Em qualquer dos livros de 30 kg de peso é certo que vai encontrar a história da marca, desde a sua fundação, incluindo as inúmeras vitórias no desporto automóvel. Vai poder ler também tudo o que fez da marca o que é hoje, assim como ficar a conhecer alguns dos seus clientes mais famosos. Se for cliente, pode ainda solicitar a inclusão de fotografias do seu automóvel.

Continuar a ler

Notícias

Volkswagen antecipa interior do novo Golf

Published

on

Esperado para setembro, o novo Golf promete uma revolução no habitáculo, a julgar pelas imagem agora divulgada pela Volkswagen.

Se compararmos com o atual Golf, na sua sétima geração, a configuração do habitáculo é completamente diferente, com o ecrã central do sistema multimédia a unir-se com o ecrã do painel de instrumentos, tal como podemos ver, por exemplo, no seu concorrente, o Mercedes-Benz Classe A. Há também bastante menos botões físicos e as saídas do sistema de climatização são agora bem mais pequenas e mais estilizadas.

Ao que se sabe, a oitava geração do Golf vai continuar a recorrer a motores de combustão interna, tanto a gasóleo como a gasolina. No entanto, já fará uso da tecnologia mild-hybrid através da utilização de um sistema de 48 volts.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Para ler

Newsletter

Em aceleração