BMW apresenta a sua primeira moto “M” – Motorguia
Ligue-se connosco

Motos

BMW apresenta a sua primeira moto “M”

Published

on

A sigla “M” é sinónimo do expoente máximo do caráter desportivo na BMW e chegou agora também às motos na forma da M1000RR, apresentada em conjunto com os seus irmãos de quatro rodas M3 Sedan e M4 Coupé.



Tendo como base a S1000RR a BMW levou ainda mais longe as potencialidades desta desportiva e criou a M1000RR, uma moto que já se aguardava, especialmente depois da BMW Motorrad ter lançado um Pack M para a S1000RR, que já deixava algumas indicações do que o futuro poderia trazer: uma moto “M”.

Com algumas alterações no motor de 999 cc de cilindrada da S1000RR e uma nova linha de escape, esta M1000RR oferece 212 cv de potência às 14.500 rpm, mais 5 cv que a moto que lhe serve de base e um binário de 113 Nm às 11.000 rpm. A diferença de potência não é muita, mas a forma como esta está disponível no regime do motor, especialmente acima das 6.000 rpm, é mais pujante.

Para poder explorar ao máximo estas novas possibilidades do motor a M1000RR conta com um pacote aerodinâmico que resulta da experiência da marca em competição e dos resultados obtidos no túnel de vento. Esse pacote conta com umas asas dianteiras em fibra de carbono e um ecrã um pouco maior que o da S1000RR.

A capacidade de travagem também foi melhorada através de um sistema desenvolvido pela divisão M com base nos seus conhecimentos adquiridos em competição e mostra-se mais eficaz e resistente à fadiga.

Com jantes em fibra de carbono, uma suspensão com mais opções de afinação, um motor com cinco modos de condução e um peso que não ultrapassa os 192 kg (em cheio) esta M1000RR promete muitas emoções em pista e também na estrada já que não é um modelo criado apenas para circuito (como acontecia com a HP4), esta desportiva está devidamente homologada para circular na via pública.

Para já, os preços desta M1000RR ainda não foram divulgados.

Motos

Marc Marquez regressa em Portimão

Published

on

O espanhol Marc Marquez, está de volta já na próxima prova de MotoGP que decorrerá no Autódromo Internacional do Algarve em Portimão para lutar pelo título de Campeão do Mundo, galardão que já conquistou por oito vezes na sua carreira.



Depois de ter estado ausente na temporada do ano passado devido a uma grave lesão, o “93” está agora de regresso ao grande palco do motociclismo mundial e será já este fim de semana na pista algarvia que o piloto da Repsol Honda voltará à competição depois de três operações cirúrgicas ao seu braço direito para debelar a lesão que sofreu.

O principal piloto da marca nipónica, crónico candidato ao título de Campeão, inicia esta temporada só nesta terceira corrida e logo num dos mais exigentes circuitos como é o de Portimão. Veremos como está a sua forma física, como estará o seu ritmo competitivo e como irá Marc Marquez lutar pelo título deste ano. Uma coisa é certa, está de volta um dos melhores pilotos da história desta competição.

Continuar a ler

Motos

Suzuki revela teaser da sua nova naked

Published

on

No próximo dia 26 de abril a Suzuki irá revelar ao mundo a sua nova naked GSX-S 1000, mas para já vai aguçando o apetite dos interessados com um vídeo teaser que publicou esta semana.



Naturalmente ainda não há nenhuma informação técnica específica, pelo que os detalhes são escassos, mas pelo que revela o teaser na imagem final, conseguem-se perceber as asas nas laterais que refletem o trabalho aerodinâmico que os engenheiros e desenhadores da casa de Hamamatsu fizeram nesta powernaked que é baseada na desportiva GSX-R 1000.

Continuar a ler

Motos

Brilhante arranque de Miguel Oliveira no Qatar

Published

on

No circuito de Losail, tradicionalmente difícil para a KTM, Miguel Oliveira conseguiu uma melhor qualificação nesta segunda corrida do Qatar do que na primeira, ao assegurar o 12º lugar na grelha.



Poucos esperariam que ontem o português conseguisse um arranque tão bom e impressionante como conseguiu, passando por todos vindo da 12ª posição até chegar à primeira curva em terceiro lugar.

Contudo a relação da KTM RC16 com o pneu dianteiro continuou a dar problemas e gradualmente o piloto de Almada foi perdendo lugares até terminar a corrida na 15ª posição, logo à frente de Valentino Rossi.

Fábio Quartararo numa Yamaha foi o vencedor e Johan Zarco assegurou o segundo lugar, o que o coloca, para já, no primeiro lugar do campeonato de MotoGP. O último lugar do pódio foi para o seu colega de equipa na Ducati Pramac Racing, o espanhol Jorge Martín.

A próxima prova será no Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão e terá lugar a 18 de abril, uma corrida que esperamos volte a colocar o nosso Miguel Oliveira num lugar de destaque já que “joga em casa”.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração