MotoGP regressa a Portugal – Motorguia
Ligue-se connosco

Motos

MotoGP regressa a Portugal

Published

on

As emoções do MotoGP vão regressar ao nosso país. O Autódromo Internacional do Algarve (AIA) vai ser o palco da última prova da temporada deste ano da categoria rainha do motociclismo mundial.



A pista de Portimão já era um dos circuitos de reserva da Federação Internacional de Motociclismo e agora com a conjuntura atual da pandemia do Covid-19 e as alterações no calendário que mantiveram as corridas em solo europeu o AIA foi eleito para receber a derradeira prova deste ano que terá lugar entre os dias 20 e 22 de novembro e que terá público a assistir.

Em comunicado oficial a Federação Internacional de Motociclismo (FIM), a Associação Internacional de Equipas de Motociclismo (IRTA) e a Dorna Sports fizeram o anúncio do “aumento para um 15.º Grande Prémio no calendário do Mundial de MotoGP em 2020, que terá lugar entre 20 e 22 de novembro e será o final da competição. Podemos agora revelar que será realizado no incrível Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, Portugal. Circuito reserva para o MotoGP desde 2017, vai agora fazer a sua estreia no calendário. O Autódromo Internacional do Algarve é único, com as suas mudanças de elevação características e layout ondulado, dando-lhe a reputação de montanha-russa da alta velocidade – uma experiência emocionante para fãs e pilotos. Será um regresso de Portugal que não tinha uma corrida desde 2012 e o evento terá também o piloto português Miguel Oliveira (Red Bull KTM Tech3) a correr em casa na principal categoria pela primeira vez”

Depois da Liga dos Campeões e da Fórmula 1 Portugal irá receber mais um importante evento desportivo mundial que muito prestigia o nosso país e que há muito os fãs das duas rodas ansiavam poder presenciar.

Motos

Motos regressam a Góis num formato diferente

Published

on

A bem conhecida Concentração de Góis é uma das mais emblemáticas do panorama motociclístico nacional, e não só, mas devido à pandemia do vírus Covid-19 foram canceladas as edições de 2020 e também a deste ano de 2021.



Contudo, a equipa do Góis Moto Clube não vai deixar passar mais um ano sem que nada aconteça e está a preparar um evento diferente da tradicional concentração, mas que, dentro das regras de saúde que se impõe no momento que atravessamos, vai permitir aos fãs das duas rodas matar um pouco as saudades do ambiente que rodeia as motos.

Apesar de não haver ainda muitos detalhes sobre este novo evento, sabe-se que ele se irá focar na cultura motociclísta e na tradição de Góis, privilegiando as visitas a alguns locais emblemáticos da vila, algumas exposições e outros pontos de interesse.

Como seria de esperar não haverá os habituais concertos, ou acampamentos tradicionais das concentrações. Mais informações sobre a data e atividades deverão ser reveladas na página do Góis Moto Clube e nas redes sociais do mesmo.

Continuar a ler

Motos

Portimão vai voltar a receber o MotoGP em novembro

Published

on

A pandemia do vírus Covid-19 e as limitações e restrições que continua a impor nas viagens levaram a novas alterações no calendário deste ano de MotoGP com Portugal a “ganhar” uma segunda prova nesta temporada.



Com o cancelamento da corrida no circuito de Philip Island, na Austrália, o calendário foi reajustado com nova data para o Grande Prémio da Malásia que passa para o fim de semana de 22, 23 e 24 de outubro e com a substituição da prova australiana por mais uma corrida no Autódromo Internacional do Algarve que decorrerá no fim de semana de 5, 6 e 7 de novembro.

Portimão irá assim receber duas corridas no mesmo ano.Depois da prova realizada a 18 de abril que não correu de feição a Miguel Oliveira, pode ser que o piloto português da KTM volte a brilhar como o fez no ano passado em que venceu o Grande Prémio de Portugal.

Continuar a ler

Motos

Miguel Oliveira termina no top 5 em Assen

Published

on

Após três pódios consecutivos nas anteriores corridas, Miguel Oliveira terminou em quinto lugar na corrida de Assen deste fim de semana.



Com uma boa qualificação que lhe valeu a sexta posição na grelha de partida o piloto português da KTM não fez um arranque brilhante mas foi recuperando posições até se manter no quinto lugar até final, assegurando assim o top 5.

Não sendo uma prestação que lhe tenha valido um pódio, foi ainda assim a melhor classificação de sempre da marca austríaca na corrida dos Países Baixos o que também diz muito do trabalho que o Miguel Oliveira tem estado a desenvolver na sua equipa.

A corrida foi ganha pelo líder do campeonato, Fábio Quartararo que logo de início assumiu o lugar da frente com a sua Yamaha para não mais o deixar escapar. O seu companheiro de equipa, Maverick Viñales, terminou em segundo e Joan Mir da Suzuki fechou o pódio.

Com esta classificação o piloto francês reforçou a liderança do campeonato e Miguel Oliveira está em sétimo lugar com 85 pontos, a 10 do sexto, o espanhol Maverick Viñales.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração