Automóveis elétricos em 2020: vantagens e desvantagens – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

Automóveis elétricos em 2020: vantagens e desvantagens

Published

on

Rejeitados por uns e endeusados por muitos outros, os automóveis elétricos deixaram há muito de ser um assunto discutido de forma espaçada para se tornar um tema fraturante do nosso tempo. A pertinência destes veículos não é alheia à crescente popularidade da Tesla – ou de Elon Musk – e da discussão mais acesa em torno das questões ambientais, que cada vez mais ocupam a agenda política e social.

Não se percebe muito bem se estes serão os carros do futuro, se já são os carros do presente ou se todo este fenómeno não passa de uma tendência, que antecederá o aparecimento de uma tecnologia ainda mais inovadora. Certo é que a procura por carros elétricos tem aumentado bastante nas mais diversas geografias e existe ainda muita desinformação em redor do tema. Com efeito, é importante clarificar quais são as vantagens e desvantagens dos carros elétricos.

Fonte: Pixabay

Vantagens
Amigos do ambiente: os automóveis elétricos são causadores de zero emissões de gases para a atmosfera e este é um tema cada vez mais valorizado nos países mais evoluídos, ao ponto de algumas cidades terem já restrições relativas à circulação de carros a combustão. Para além disso, os automóveis elétricos promovem também um status social interessante, já que é ainda um bem raro.

Incentivos: os carros elétricos não pagam parquímetro. Para além disso, existem incentivos fiscais agregados à aquisição de um carro elétrico e isenção do pagamento do Imposto Sobre o Veículo e do Imposto Único de Circulação. Estes incentivos funcionam na mesma base da também emergente indústria de jogos, em que a CasinotopsOnline descobriu que os sites oferecem incentivos para novos utilizadores, ou dos setores de entrega de comida e de livrarias online, cujas plataformas oferecem promoções constantes para gerar conversões.

Manutenção: os detentores de um carro elétrico sabem que os problemas com os travões, óleo do carro, filtros ou correias são bastante mais raros, já que este tipo de carro desgasta menos as peças. Tudo somado, isto significa menos surpresas indesejáveis na estrada e manutenção menos frequente, que se reflete em menos custos.

Diesel, Gasolina ou Elétrico

Desvantagens
Carregar as baterias: apesar do desenvolvimento tecnológico galopante conseguido pela Tesla, o mercado de carros elétricos ainda está numa fase inicial de maturação e o processo de carregamento do carro não é o mais eficiente. Apesar do aparecimento do carregamento ultra-rápido, não existem postos de carregamento em locais periféricos e o processo é bastante demorado.

Preço: a introdução dos carros elétricos no circuito comercial é ainda recente e isso reflete-se no preço. Os veículos têm um preço de venda alto e não estão ao alcance de qualquer carteira. Esse investimento dilui-se no longo prazo, mas as baterias destes carros têm uma autonomia relativamente curta e apresentam também preços proibitivos para o cidadão comum, constituindo uma barreira à massificação dos carros elétricos.

Mercado escasso: os carros elétricos são ainda pouco comuns, por isso não é fácil encontrar uma oficina que consiga resolver um hipotético problema com o carro. Para além disso, o processo de revenda do veículo é uma incógnita. Se a indústria de aquisição de carros novos está ainda num estágio tão embrionário, nem se pode falar de venda de carros usados.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Notícias

Futuro Dacia Sandero terá versão elétrica

Published

on

A próxima geração do Dacia Sandero que está prevista para ser comercializada em 2027 ou 2028 irá contar com uma versão totalmente elétrica.



A Dacia já tem no Spring uma proposta totalmente elétrica, mas parece que irá alargar a sua gama de modelos 100% elétricos também ao Sandero. De acordo com a Automotive News, o CEO da marca romena, Denis Le Vot, afirmou que o futuro Dacia Sandero irá também ele ter uma versão totalmente elétrica.

Sendo o Sandero o modelo mais vendido da Dacia, faz todo o sentido que avance também com uma proposta elétrica e que poderá vir a ter um impacto significativo no mercado se a marca mantiver a sua política de preços competitivos e acessíveis.

Continuar a ler

Notícias

Novo Renault 5 elétrico rondará os 25.000€

Published

on

O Renault 5 original foi um dos modelos mais emblemáticos da marca gaulesa. Foi inovador quando surgiu e o seu volume de vendas ao longo do seu tempo de vida fez dele um dos mais importantes na história da Renault com mais de nove milhões de unidades produzidas nas suas duas gerações, entre 1972 e 1996.



Agora o construtor francês aposta num novo Renault 5 totalmente elétrico e quer que ele seja um dos modelos que ajude na “democratização” da eletrificação no mercado automóvel. Para tal o primeiro forte argumento é o preço que deverá rondar os 25.000€.

Desenvolvido com base na plataforma AmpR Small, este Renault 5 E-Tech Electric conta com um motor elétrico que estará disponível em três níveis de potência: 95 cv, 120 cve 150 cv. No campo das baterias ele terá duas opções, uma com 40 kWh e outra com 52 kWh que lhe dão uma autonomia de 300 quilómetros no caso da primeira opção, ou de 400 quilómetros na segunda.

Este novo Renautl 5 E-Tech Electric deverá chegar ao nosso mercado no último trimestre deste ano.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por sango
    Por que teve tanta miscigenação nas ex-colônias portuguesas em comparação as colônias britânicas e francesas que não tiveram praticamente nenhuma?
  • por Pipo7
    Boas ​​​​​​Procuro um carro por volta dos 6k e tenho andado a apreciar os Alfas Mito. Têm uma estética bastante desportiva e os...
  • por c200
    Boas! Depois de finalmente conseguir apagar as indicações do quadrante, eis quando se não que: agora não pega. Bateria: já deve ter 4 anos;...
  • por surin
    Boas. Tenho em vista 2 negócios de 2 carrinhas bmw 320d, ambas anteriores a 2007 e sem filtro partículas. - bmw 320d touring 150cv 2001 com...

Em aceleração