Covid 19: Proteja-se enquanto conduz – Motorguia
Ligue-se connosco

Manutenção

Covid 19: Proteja-se enquanto conduz

Published

on

A pandemia do novo Coronavírus tem alterado inúmeras rotinas diárias e a condução não é uma exceção. Portanto há um conjunto de cuidados que convém ter sempre que tiver de conduzir o seu automóvel para reduzir o risco de contaminação e propagação.



Desinfete bem o veículo

Tudo começa com uma correta desinfeção do seu automóvel. Com os produtos adequados limpe bem os vários painéis onde poderá colocar as mãos e tenha especial atenção para o volante, manete da caixa de velocidades, os vários botões e compartimentos da consola central, os puxadores das portas e comandos dos vidros elétricos e naturalmente os próprios bancos sem esquecer os encostos de cabeça.
Não fique apenas pelo habitáculo. No exterior limpe também os vários puxadores e locais onde coloca as mãos para abrir as portas, o tampão do combustível, a tampa da mala ou o capot. Lembre-se que o vírus Covid-19 pode permanecer ativo durante longos períodos de tempo em certas superfícies.

Ventilação correta
Já em andamento não recorra ao sistema de climatização do carro para arejar o ambiente. Abra antes as janelas pois assim o ar que entra não vem do sistema de condutas do veículo, evitando assim uma possível propagação do vírus pelo ar do habitáculo caso o sistema de climatização esteja contaminado.

Cuidado no que toca
Numa deslocação de automóvel é normal tocar em várias coisas fora do próprio carro. Quando abastecemos mexemos na mangueira de combustível da bomba de gasolina, ou nas portagens tocamos no botão para emitir o ticket e posteriormente tocamos em vários pontos para fazer o pagamento, por exemplo. Em qualquer uma destas situações evite o contacto direto das suas mãos com as superfícies. Recorra ao uso de umas luvas e desinfete-as logo de seguida (ou retire-as) pois irá colocar as mãos no volante e noutros comandos do seu automóvel.

Evite conduzir
Utilize o automóvel apenas quando tal for estritamente necessário e quando o fizer vá sozinho ou no máximo com apenas mais uma pessoa. Desta forma minimiza o risco de exposição ao contágio, o mesmo se aplicando a quem viaje consigo.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Manutenção

Sabe o que é o efeito submarino?

Published

on

Quando se entra no automóvel, a colocação do cinto é algo imprescindível e chega mesmo a ser praticamente um ato reflexo para o condutor e passageiros. No entanto se não o colocarmos corretamente em caso de desaceleração brusca ou mesmo de acidente, o corpo pode escorregar por baixo do cinto naquilo a que se apelidou de “efeito submarino”, podendo causar lesões graves.



Esta situação pode ocorrer quando o cinto de segurança não foi bem colocado, ou quando o banco está demasiado reclinado. Como tal é preciso verificar que o cinto está bem ajustado ao corpo, tenso e sem folgas. Que não usa roupa demasiado larga que pode impedir o correto ajuste do cinto ao corpo.

Lembre-se que num cinto corretamente colocado a tira inferior atravessa na horizontal a zona abaixo do abdómen e que a parte diagonal deve ficar entre o ombro e o pescoço. O corpo deve estar com as pernas e as costas o mais na perpendicular possível, fazendo praticamente um ângulo de 90º.

Naturalmente que estas regras se aplicam a todos os ocupantes do veículo, com especial atenção para as crianças. Utilize sempre um sistema de segurança adequado ao peso e altura da criança (as denominadas cadeiras de criança) e lembre-se que deve ser o adulto a verificar a correta colocação do cinto pois a criança não tem ainda consciência nem capacidade para o fazer.

Continuar a ler

Manutenção

Como usar o ar condicionado corretamente

Published

on

Hoje em dia é praticamente inconcebível conduzir um carro sem ar condicionado. Além do conforto que assegura aos ocupantes, este sistema é também um importante elemento de segurança, por isso é determinante saber usá-lo e mantê-lo nas melhores condições.



Conduzir com a temperatura ideal vai garantir mais conforto ao condutor e isso significa que este manterá mais atenção ao ambiente rodoviário que o rodeia. Além disso, no outono ou inverno, o ar condicionado é determinante para eliminar o embaciamento do para-brisas e restantes superfícies vidradas de forma a manter a melhor visibilidade possível.

Assim, aqui ficam alguns conselhos sobre o ar condicionado:

1 – A temperatura ideal

De um modo geral, uma temperatura entre os 20º e os 22º centígrados é a ideal. Uma temperatura demasiado baixa ou demasiado alta podem causar desconforto e também sobrecarregar o sistema podendo originar avarias e ao mesmo tempo aumenta o consumo pois exige mais do ar condicionado.

2 – Veja bem onde estaciona

Especialmente no verão esteja atento ao local onde estaciona o veículo. Se possível tente deixá-lo à sombra e se a paragem for longa “calcule” a posição do sol durante o dia e analise como poderá estacionar com menos exposição solar possível. Este cuidado vai permitir que o carro não atinja temperaturas muito altas que depois exigem muito do ar condicionado para atingir uma temperatura confortável no habitáculo.

3 – Transições suaves

Se estiver muito frio ou muito calor não meta o ar condicionado logo no máximo com a temperatura “oposta”. Vá doseando o fluxo de ar e a temperatura. Assim consegue uma transição mais eficaz sem sobrecarregar todo o sistema.

4 – Cuidado com a manutenção

Sempre que o seu carro vai à revisão opte por mudar o filtro do ar condicionado. De um modo geral não é uma peça cara e assegura que a qualidade do ar é sempre a melhor. Com menos humidade e partículas, o que vai ajudar a manter também as condutas em melhores condições.

5 – Quando carregar o gás do sistema

Quando começar a sentir que o ar que flui do sistema é apenas da ventilação, sem sentir o efeito “frio” do gás, então isso é sinal que está na hora de carregar o gás no sistema. Algo que pode ser ser feito na marca ou numa oficina especializada em ares condicionados.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

Em aceleração