Grande prova de Miguel Oliveira em Silverstone – Motorguia
Ligue-se connosco

Sem categoria

Grande prova de Miguel Oliveira em Silverstone

Published

on

Finalmente após vários grandes prémios marcados por azares, Miguel Oliveira assinou uma grande corrida ao terminar em quarto em Silverstone, com o pódio a escapar por muito pouco.



Apesar da qualificação não ter sido bem conseguida, com o piloto de Almada a não ir além da 16ª posição, logo na Sprint Race de sábado ficou no ar que algo de bom estava para acontecer já que Miguel Oliveira levou a sua Aprilia até ao 10º lugar.

A corrida de domingo trouxe de novo um Miguel Oliveira a fazer uma das suas típicas corridas de recuperação de posições, chegando mesmo a rodar em terceiro, treze lugares… é obra! no entanto o seu ex-colega de equipa, Brad Binder viria a “surripiar” o pódio ao piloto nacional.

A corrida foi ganha por Aleix Espargaró que na última volta levou a Aprilia oficial a ultrapassar a Ducati do líder do campeonato Francesco Bagnaia que terminou em segundo. Ainda assim o piloto italiana continua a liderar o campeonato com 214 pontos, mais 41 que o seu perseguidor Jorge Martin.

Miguel Oliveira ocupa a 15ª posição com 40 pontos. Agora o próximo palco é o Red Bull Ring na Áustria com mais uma prova no próximo fim de semana de 19 e 20.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Sem categoria

Elétricos já bateram os Diesel nas vendas

Published

on

O crescimento das vendas de veículos elétricos tem sido uma constante e pela primeira vez bateu as vendas de modelos a gasóleo no mercado europeu,



Os dados são da ACEA, Associação Europeia dos Construtores Automóveis, e dizem que no mês de junho as vendas de ligeiros elétricos chegaram aos 158.252 modelos matriculados, o que corresponde 15,1% do mercado, ao passo que os modelos a gasóleo se ficaram por vendas na casa dos 13,4%.

É certo que os veículos elétricos têm vindo a conquistar mercado paulatinamente, mas a perda gradual de quota que se tem sentido nos carros Diesel também é a grande responsável por estes terem sido “ultrapassados” pelos elétricos.

Os modelos a gasolina continuam na frente das preferências dos europeus com 36,3% do mercado, sendo seguidos pelos híbridos com 24,3%.

Continuar a ler

Comerciais

Repsol abre primeiras estações de serviço com combustível 100% renovável

Published

on

A Repsol iniciou o fornecimento de Diesel 100% renovável a 100% em três estações de serviço, em Madrid, em Barcelona e em Lisboa. Com esta iniciativa, transforma-se na primeira empresa espanhola a expandir o combustível 100% renovável na Península Ibérica.



A empresa multinergética mantém uma aposta forte nos combustíveis renováveis, que são um dos seus pilares principais na estratégia para acelerar a descarbonização do transporte e conseguir o seu objetivo de se transformar numa marca de emissões zero até 2050.

A principal vantagem da sua utilização é o facto de puderem ser abastecidos em veículos atuais sem necessidade de qualquer modificação nos motores, nem mesmo nas infraestruturas de distribuição e abastecimento.

As primeiras estações de serviço a proporem esta combustível de emissões zero são situadas no mercado MercaMadrid (Madrid), Esparraguera (Bercelona) e Alcochete. As três fornecem Diesel renovável, produzido a partir de resíduos orgânicos a clientes profissionais que tenham acordos com a Repsol e muito brevemente estará disponível para todos os clientes.

Plano de expansão em Portugal e Espanha

A empresa traçou um ambicioso plano de expansão para cobrir as principais cidades e corredores de transporte da Península Ibérica. Até final deste ano, deverá ter cerca de 50 estações de serviço a fornecer este tipo de combustível.

Desde julho de 2022, que a empresa espanhola fornece Diesel 100% renovável a clientes profissionais do transporte rodoviário, bem como empresa de transporte coletivo de pessoas e maquirai profissional.

A primeira fábrica da marca para a produção deste tipo de combustível deverá arrancar este no na zona de Murcia, em Cartagena. O objetivo é produzidor 250 mil toneladas deste combustível por ano.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

Em aceleração