Nova Mercedes eSprinter promete 475 km de autonomia – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Nova Mercedes eSprinter promete 475 km de autonomia

Published

on

A Mercedes-Benz vai lançar já em fevereiro a segunda geração da eSprinter que terá como ponto favorável uma autonomia perto dos 500 km. A primeira geração anunciava 156 km, mas a nova, e tendo em conta que o médio curso é importante para estes veículos, a marca alemã decidiu melhorar substancialmente toda a cadeia cinemática e baterias.



Os testes finais em condições reais de utilização estão a ser realizados com veículos de pré-produção e um deles chegou a efetuar um percurso de ida e volta entre o Museu Mercedes-Benz em Estugarda e o aeroporto de Munique. Isto correspondeu a uma distância de 475 quilómetros com um consumo de energia de 21,9 kWh por cada cem quilómetros. No regresso a Estugarda, o painel de instrumentos indicava uma autonomia para mais 20 quilómetros.
Convém referir que aquela rota era exigente em termos de consumo de energia, pois contava com vários troços de autoestrada e a subida do Swabian Jura.

Quando for lançada a nova geração, a eSprinter vai ser disponibilizada com três opções de bateria e segundo a marca alemã otimizadas em função da eficiência. A gama será proposta em várias versões e um dos seus argumentos será a combinação de uma elevada capacidade de carga com uma grande autonomia.

Com a nova eSprinter, a Mercedes-Benz Vans continua a implementar a sua estratégia de eletrificação e a sublinhar a sua ambição de liderança na mobilidade elétrica. As caraterísticas dos veículos foram definidas em conjunto com os clientes. Além da Europa também será comercializada nos Estados Unidos e no Canadá. A autonomia mais que duplicará relativamente à eSprinter atual.
A marca alemã anunciou que a partir de 2025 todos os furgões de dimensões médias e grandes, baseados na nova plataforma, serão puramente elétricos.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

PETRONAS e IVECO juntas no desenvolvimento de fluidos sustentáveis

Published

on

A PETRONAS Lubricants International (PLI) está a reforçar a sua parceria histórica com a IVECO através do codesenvolvimento de fluidos para as novas eDAILY de zero emissões, concebidas para maximizar o desempenho e melhorar as soluções sustentáveis para a indústria automóvel comercial.



A colaboração de longa data entre as duas líderes da indústria, assente na inovação e resiliência automóvel desde 1975, já resultou em milhares de horas de co-engenharia para produzir lubrificantes com os mais elevados padrões de qualidade, a fim de satisfazer as necessidades dos condutores de veículos IVECO. Os novos fluidos materializam o objetivo comum da PLI e da IVECO de alcançar um futuro sustentável.
Considerados os “gémeos elétricos” dos icónicos veículos Daily da IVECO, os eDAILY cobrem todas as possíveis aplicações de veículos comerciais – incluindo missões e conversões de veículos pesados. Os novos VE contribuem significativamente para a descarbonização dos veículos de transporte para uso comercial, suportados por fluidos que melhoram o seu desempenho e lhes permitem durar mais tempo.
Os fluidos PETRONAS Iona Integra Plus foram desenvolvidos para a caixa de transferência elétrica dos eDAILYs, sendo especificamente pensados para reduzir as perdas por churning, assegurando ao mesmo tempo a durabilidade do sistema. Isto é comparável às viscosidades mais elevadas nos fluidos normais e garante excelentes propriedades de oxidação, mesmo sob temperaturas elevadas. A gama PETRONAS Iona oferece desempenho e durabilidade irrepreensíveis e otimizados para veículos elétricos modernos e de alto nível.

Os veículos eDAILY também utilizarão o PETRONAS Tutela Axle 900 HD, um óleo para eixo SAE 75W-85 desenvolvido para toda a gama de eixos IVECO, incluindo veículos ligeiros e pesados, com vista a maximizar a eficiência e cumprir as mais recentes exigências regulamentares.
Os lubrificantes de marca conjunta são apenas o resultado mais recente de uma colaboração de trinta anos entre a PLI e a IVECO, que beneficiam os condutores de veículos IVECO e lhes garantem a durabilidade dos seus veículos, com um desempenho que cumpre os mais elevados padrões da indústria.

Continuar a ler

Comerciais

DAF cria fábrica de montagem para camiões elétricos

Published

on

A DAF está a expandir as suas instalações de produção com uma nova fábrica de montagem de camiões elétricos em Eindhoven, onde a produção das novas gerações DAF XD e XF Electric irá começar esta primavera.



Estes veículos totalmente elétricos proporcionam um alcance de até 500 quilómetros ”sem emissões”, o que representa um passo importante da DAF em busca de um transporte rodoviário ainda menos poluente.
A nova linha de montagem de camiões elétricos situa-se nas instalações da DAF Trucks em Eindhoven. A construção desta fábrica para camiões elétricos foi concluída em dezoito meses.
Os primeiros camiões DAF XD e XF Electric irão sair da linha de montagem esta primavera. A DAF espera que a produção suba para vários milhares de veículos por ano nos próximos anos, de acordo com a crescente procura por camiões totalmente elétricos.
A base de cada camião DAF elétrico da nova geração é o chamado planador, um chassis sem sistema de transmissão, mas com cabina. O planador é fabricado na principal linha de produção de camiões da DAF. Os tratores e rígidos 4×2 e 6×2 são então concluídos para camiões XD e XF Electric num processo de oito passos na linha de produção da montagem de camiões elétricos.
A nova fábrica inclui atualmente duas linhas de montagem. As baterias são montadas na linha de submontagem, enquanto todos os componentes de alta tensão, incluindo as baterias e o sistema de transmissão, são montados no chassis na linha de montagem principal. De seguida, são efetuadas verificações minuciosas nas estações finais para garantir que o camião está em perfeitas condições de funcionamento.
À semelhança de todos os veículos DAF, os XD e XF Electric são personalizados para se adequarem na perfeição às necessidades de cada cliente. É por isso que os sistemas de transmissão elétricos PACCAR são modulares. Para além da disponibilidade de dois motores PACCAR EX (com seis classificações de desempenho diferentes), as baterias também podem ser montadas em diferentes posições no chassis, dependendo dos requisitos do cliente. Isto garante máxima flexibilidade para os construtores de carroçarias.
Os DAF XD e XF Electric foram lançados na feira IAA em Hanover em setembro de 2022. Os sistemas de transmissão PACCAR totalmente elétricos fornecem potências entre 170 e 350 kW (210 a 480 CV). A DAF também proporciona uma seleção de baterias através de uma abordagem modular. A mais reduzida contém dois “módulos” que, em conjunto, possuem uma capacidade de 210 kWh e proporcionam uma autonomia de até 200 quilómetros. A maior possui 5 “modulos” com uma capacidade de 525 kWh e pode alcançar uma autonomia superior a 500 quilómetros. Os camiões elétricos estão totalmente preparados para um carregamento rápido e até as baterias de maior dimensão podem ser carregadas de 0% a 80% em pouco mais de 45 minutos.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por Bunker1978
    Olá amigos Tenho a carrinha a tremer muito e o mecanico diz q é a bimassa. Quero mandar vir da internet daqueles sites de peças, podem dar...
  • por pedrolima678
    Bom, estou a pensar em comprar outro elétrico, já tenho um BMW i3 94Ah, com o qual estou muito satisfeito, irá ficar para a minha milher. A...
  • por pedro18teixeira
    Na sequência de alguns problemas recentes com o atual carro (resolvidos mas que causam sempre mossa no amor por ele) e, dado que, para a minha...
  • por pmct
    Preâmbulo cada um gasta o dinheiro onde quer mas.. faz-me uma confusão enorme a quantidade de gente que gasta dezenas de euros nas raspadinhas,...

Em aceleração