Novo Mercedes-Benz EQT vai ter versão autocaravana – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Novo Mercedes-Benz EQT vai ter versão autocaravana

Published

on

A Mercedes-Benz apresentou o novo EQT, a versão elétrica do Classe T que também vai dar origem a uma autocaravana desenvolvida sob a chancela da Marco Polo.



Primeiro, o Mercedes-Benz EQT será proposto na versão curta de cinco lugares, equipada com um módulo que compreende um motor elétrico de 90 kW (122 CV) e uma bateria de iões de lítio com 45 kWh, a qual oferece uma autonomia de até 280 quilómetros em ciclo WLTP.
A potência é transmitida às rodas dianteiras por uma caixa com uma velocidade, estando disponíveis dois programas de condução, Comfort e Eco, e três níveis de regeneração de energia, D-, D e D+.

O EQT distingue-se visualmente do Classe T de combustão interna pelo design específico da secção frontal, que inclui um novo pára-choques e um acabamento em preto na grelha.
Para complementar a oferta do EQT, a Mercedes-Benz também desenvolveu o protótipo de mini-autocaravana baseada neste modelo, denominada Concept EQT Marco Polo.

Foi desenvolvido a partir da versão longa com uma distância entre-eixos de 2,90 metros,, que ainda não se encontra em comercialização, dirige-se aos adeptos do campismo e inclui um tecto extensível, assim como outros elementos para este tipo de atividade. 
O aumento das dimensões externas permitiu a inclusão de vários equipamentos típicos das autocaravanas. O tecto extensível permite acomodar uma cama com um comprimento de 1,97 metros e uma largura de 87 centímetros, enquanto a traseira foi projetada para receber bancos que podem ser transformados numa segunda cama, com comprimento de dois metros e uma largura de 1,15 metros.

Publicidade
Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

DB Schenker utiliza primeiros MAN eTrucks já em 2024

Published

on

A empresa internacional de logística DB Schenker e o fabricante comercial de veículos pesados MAN Truck & Bus assinaram um acordo para integrar, pela primeira vez, o novo MAN eTruck. A DB Schenker está assim a impulsionar a eletrificação da sua frota e o transporte rodoviário de mercadorias. A empresa planeia acrescentar 100 novos MAN eTrucks à sua frota até 2026.



Na primeira metade de 2024, os primeiros MAN eTrucks serão produzidos numa pequena série na linha de produção na sede da empresa em Munique. Com a assinatura do acordo, a DB Schenker é o primeiro cliente piloto para estes eTrucks. A empresa quer ganhar experiência prática com o produto o mais cedo possível. Isto inclui também a criação da sua própria infra-estrutura de carregamento, planeamento inteligente de rotas e outros serviços digitais da MAN Digital Solutions, tais como eManager, ServiceCare e MAN Driver App. A DB Schenker é, portanto, apoiada pela consultoria 360° da MAN Transport Solutions, incluindo análise de rotas, estratégia de carregamento, planeamento de infra-estruturas de carregamento e otimização da procura de energia.

Os primeiros MAN eTrucks para a DB Schenker serão tractores para semirreboque. A baixa altura do semirreboque de cerca de 950 mm permite o transporte de reboques com uma altura interna de 3 metros. Dez MAN eTrucks que a DB Schenker receberá em 2024 serão unidades de ultra-tractor. Os outros camiões eléctricos a serem entregues em 2025 e 2026 estão planeados serem ultra-tractores e camiões de caixa móvel.
Os componentes essenciais do eTrucks serão produzidos em Nuremberga no futuro. A MAN fabrica as baterias de alta tensão neste local – actualmente ainda em produção em pequenas séries, mas a partir do início de 2025 os pacotes de baterias serão produzidos em grandes séries. Para este fim, a empresa irá investir cerca de 100 milhões de euros durante os próximos cinco anos no local de produção tradicional para motores de combustão interna. O fabricante de veículos comerciais está também a receber apoio do governo do estado da Baviera, que se comprometeu a contribuir com cerca de 30 milhões de euros para a pesquisa de energia e financiamento tecnológico para o período de 2023 a 2027.

Continuar a ler

Comerciais

Farizon Auto quer comercializar 150.000 veículos em 2023

Published

on

A Farizon Auto anunciou que ultrapassou as dez mil unidades vendidas por mês em dezembro de 2022, o que constitui um novo recorde para este fabricante de veículos comerciais detido pelo grupo Geely.



A marca adianta ainda que foi líder de vendas no segmento de veículos comerciais eletrificados, tendo mesmo consolidado a sua posição. O fabricante refere que estabeleceu um ambicioso objetivo de vendas de 150 mil unidades em 2023.
No ano passado, os camiões ligeiros eletrificados da Farizon Auto foram os mais vendidos no segmento na China, com uma taxa de penetração de 23,4%.
A Farizon Auto aumentou o seu capital de 135,5 milhões de euros para 475 milhões de euros em outubro. A empresa espera concluir o seu financiamento em 2023 e anunciou que nos próximos três anos se compromete a acelerar o desenvolvimento de produtos e mercados de capitais e atingir uma meta de capitalização em Bolsa de 27,59 mil milhões de euros.


Tem ambição de ser o maior exportador chinês de veículos comerciais eletrificados até 2027. Atualmente já está presente na Tailândia e em Singapura, mas também pretende entrar na Europa, noutros países da Ásia-Pacífico e noutros mercados regionais.
Assim, no âmbito da sua estratégia de internacionalização estabeleceu recentemente um acordo com a Admiral Mobility para o fornecimento de mil furgões elétricos SuperVan que se destinam aos Emiratos Árabes Unidos

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por Ribatejano
    Olá a todos. Um amigo meu está a pensar comprar um Kia Cerato de 2005, motor 1.5 crdi com 190 mil kms e livro de revisões. O que pensam deste...
  • por Sofiacar
    Boa noite {"data-align":"none","data-size":"full","src":"https:\/\/www.espiritohonda.com\/forum3\/images\/smilies\/smiling0.gif"} Tenho um Honda...
  • por marciolm
    Olá a todos, Gostava de pedir a vossa opinião sobre um carro para a minha namorada. Ela atualmente tem um Peugeot 207 de 2009 a gasolina com 90...
  • por OpelCorsaB
    Boa tarde. Tenho uma viatura clássica e uma mota a 2 tempos e estão guardados dentro da minha garagem box. Fui abordado por um vizinho a dizer que...

Em aceleração