MAN constrói fábrica de baterias em Nuremberga – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

MAN constrói fábrica de baterias em Nuremberga

Published

on

A partir do início de 2025, a MAN Truck & Bus produzirá, nas suas instalações de Nuremberga, baterias de alta tensão para camiões elétricos e autocarros em grande escala.



Para este fim, a empresa investirá cerca de 100 milhões de euros nos próximos cinco anos no local de produção rico em tradições para motores de combustão. A capacidade de produção será aumentada para mais de 100.000 baterias por ano. Os investimentos no desenvolvimento da produção de baterias assegurarão 350 postos de trabalho com um futuro promissor. Esta importante decisão de investimento foi tomada em estreita cooperação entre a empresa e os representantes dos trabalhadores e com o apoio ativo dos políticos bávaros.

Esta decisão dá à localização tradicional de Nuremberga uma perspetiva clara para o futuro. Inicialmente, as baterias, que juntamente com os motores formam o coração dos veículos comerciais, serão fabricados manualmente na fábrica da MAN em Nuremberga numa pequena produção em série durante cerca de dois anos e meio.

A construção da produção em grande escala está programada para começar em meados de 2023 e a concluir até ao final de 2024. A MAN está assim a lançar as bases para a industrialização em grande escala de sistemas de transmissão elétricos para camiões e autocarros.

As baterias são o resultado de uma montagem complexa: São feitas de células de bateria, que por sua vez são agrupadas em módulos e combinadas em camadas individuais para formar uma caixa de bateria (pack). Isto requer um elevado nível de especialização e rigorosas normas de segurança. Dependendo da gama, um camião pesado eléctrico necessita até seis desses conjuntos de baterias. Isto confere aos camiões elétricos da MAN um alcance de 600 a 800 quilómetros. Na próxima geração de tecnologia de baterias, espera-se um alcance de até 1.000 quilómetros a partir de cerca de 2026. Isto irá finalmente tornar o camião eléctrico adequado para o transporte de longo curso.

Por volta de meados da década atual, o custo total de propriedade de um camião eléctrico e de um a gasóleo estará ao mesmo nível. Portanto, a MAN espera que a procura de veículos elétricos por parte dos clientes aumente significativamente, assumindo que a infra-estrutura de carregamento apropriada esteja em funcionamento.

A produção de camiões elétricos pesados terá início na MAN, em Munique, no início de 2024. O fabricante já introduziu uma pequena série na estrada em 2019.

 

 

 

 

 

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Mercedes-Benz Vans inicia comercialização da nova eSprinter em Portugal

Published

on

O novo Mercedes-Benz eSprinter já pode ser encomendado. O valor para os clientes é evidente, na sua versatilidade e flexibilidade: duas variantes e dois comprimentos de carroçaria, três tamanhos da bateria e uma elevada capacidade de carga útil, fazem do novo eSprinter o veículo ideal para uma vasta gama de utilizações profissionais.



Desta forma, o novo eSprinter está disponível em duas variantes e dois comprimentos de carroçaria, bem como com um motor elétrico eficiente, com 2 níveis de potência de pico possíveis: 100 kW (136 CV) e 150 kW (204 CV). O novo motor síncrono, de íman permanente e de gestão térmica otimizada, é caracterizado por uma eficiência particularmente alta.
Os clientes podem optar entre três capacidades de bateria diferentes, dependendo das suas necessidades em termos de autonomia e de carga útil: 113 kWh, 81 kWh ou 56 kWh de capacidade útil (a variante de 81 kWh será disponibilizada posteriormente, ainda neste ano). A autonomia elétrica combinada é de até 443 quilómetros1,2, podendo chegar até 537 km de autonomia em cidade.

Além da versão Furgão, o novo eSprinter estará disponível, pela primeira vez, na versão Chassis Cabina Simples, tornando-o muito atraente para novos setores de atividades, bem como para fabricantes de superestruturas e de equipamentos.
O novo modelo está equipado com o mais recente sistema multimédia MBUX, assim como com vários sofisticados sistemas de segurança e de assistência, num conjunto de equipamentos de série atualizados. Em opção, também pela primeira vez, o eSprinter está disponível com acoplamento de reboque.
Os novos Sprinter e eSprinter já podem ser encomendados, com chegada das primeiras unidades a Portugal prevista para abril de 2024. Aqui ficam os preços indicativos sem IVA.

  • Sprinter Furgão BASE a partir de 37 967 € (preço indicativo em Portugal, sem IVA)
  • Sprinter Chassis Cabina Simples BASE a partir de 31 877 € (preço indicativo em Portugal, sem IVA)
  • Sprinter Chassis Cabina Dupla BASE a partir de 34 996 € (preço indicativo em Portugal, sem IVA)
  • Sprinter Tourer BASE a partir de 74 445 € (preço indicativo em Portugal, IVA incluído)
  • eSprinter Furgão BASE a partir de 57 107 € (preço indicativo em Portugal, sem IVA

Continuar a ler

Comerciais

Ford Transit MS-RT promete trabalhar com estilo

Published

on

Ao mesmo tempo que revelou a sua nova Ranger MS-RT, a Ford apresentou, também, uma versão radical da icónica Transit.



Desenvolvida com base na Transit Custom, a nova versão MS-RT destaca-se pelo seu estilo exterior inspirado na competição, uma especificação interior exclusiva e uma vasta gama de motores disponíveis, incluindo Diesel, híbrido plug-in e 100% elétrico.
Por fora, a Transit Custom MS-RT apresenta um para-choques dianteiro totalmente novo e com spoiler integrado, saias laterais desportivas e uma traseira mais “racing” igualmente nova, incluindo um para-choques com difusor integrado. O spoiler traseiro de inspiração no mundo das corridas foi otimizado através de simulações em computador para permitir um fluxo de ar ideal. A versão elétrica a bateria possui uma faixa de luz LED adicional a toda a largura entre os faróis traseiros.

As jantes de liga leve são de 19 polegadas e contam com acabamento antracite. Contribuem para o aumento da largura das vias, bem como para a redução do peso não amortecido em cerca de 1 kg por cada “canto”. Os pneus Goodyear Eagle Sport 235/45, bem como uma plataforma totalmente nova – com suspensão traseira independente – melhoram ainda mais o conforto e o comportamento dinâmico da mais recente geração da Transit Custom.
A versão E-Transit Custom MS-RT, elétrica a bateria, apresenta a potência mais elevada de qualquer Transit Custom até à data, com um motor elétrico de 210 kW (285 CV) a propulsionar as rodas traseiras. Os modos de condução selecionáveis também permitem regular a potência para 160 kW no modo Normal (82 CV) e para 100 kW (136 CV) no modo Eco.
O motor Diesel EcoBlue de 2,0 litros está disponível com 170 CV – associado a uma caixa automática de oito velocidades e com tração integral inteligente opcional – bem como numa versão com transmissão manual de seis velocidades com 150 CV e tração dianteira. A variante híbrida plug-in de 239 CV inclui um motor a gasolina de 2,5 litros e uma bateria de 11,8 kWh.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por Claudio94
    Bom dia pessoal. depois do problema que tive com o imobilizador que ja esta resolvido, ao meter o codigo de anti roubo no radio e gravar sei que nao...
  • por Icterio
    Bien Hoa, Vietname, 1965 (Episódio 1) Para qualquer entusiasta da aviação, a guerra no Vietname imediatamente invoca imagens dos versáteis...
  • por sam78
    Boas a todos. A luz do "service" está a ligar de veZ em quando no meu Renault clio. Que devo fazer? O que significa e que devo fazer? É algo...
  • por insyspower
    Boa tarde, Tenho um Vidro automático dianteiro esquerdo que não funciona, está sempre fechado, estou a tentar aceder aos interruptores, mas não...

Em aceleração