Renault Trucks revela ambições na eletromobilidade – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Renault Trucks revela ambições na eletromobilidade

Published

on

Desde há vários anos que a Renautl Trucks tem vindo a oferecer uma gama de camiões elétricos e o volume das vendas reflete este progresso rápido progresso: em 2021, foram entregues 249 camiões elétricos e foram 613 foram encomendados.



A marca francesa está a dar um novo passo na sua estratégia, aumentando as suas ambições. O fabricante está a planear que 50% das suas vendas em 2030 já sejam elétricas, sendo que em 2040 100% dos veículos vendidos já sejam 100% elétricos.

Deste modo, está a entrar numa nova era, apresentando uma oferta desenhada para providenciar apoio extensivo para os empresários na sua transição para a neutralidade carbónica. Esta nova oferta elétrica, que se chama E-Tech, foca-se a 360º no apoio aos clientes, e deverá substituir a atual oferta dos camiões elétricos Z.E.

Este apoio é estruturado em duas partes: a primeira ajuda os clientes da Renault Trucks a desenhar os seus próprios planos de descarbonização, analisando e definindo as suas necessidades. O fabricante providencia a sua especialização nas soluções disponíveis no mercado e na compreensão das restrições do negócio dos clientes.

De seguida, surge a fase do diagnóstico, baseado no conhecimento preciso da atividade do cliente, incluindo a análise da frota e percursos, bem como uma análise das instalações elétricas de que dispõe. Isto envolve o uso de ferramentas de simulação para ajudar os clientes a tomar decisões e monitorizar a sua atividade, assim como um simulador da redução das emissões de carbono e um simulador da autonomia.

Depois do diagnóstico, a Renault Trucks dá ao cliente recomendação detalhada, o que inclui horários de saída e provisões da redução das emissões de CO2 para os próximos anos. A marca torna-se a arquiteta do projeto de descarbonização e constrói, em conjunto com o cliente, um novo ecossistema de mobilidade elétrica.

A solução inclui financiamento, tendo em conta os apoios locais ou governamentais, a definição e configuração do camião completo com o seu equipamento e carroçaria, instalações carregamento, contratos de manutenção, etc. É durante esta fase que a Renault Trucks entrega ao cliente um camião elético, para que possa ser testado em condições reais de trabalho.

Na fase final, a Renault Trucks age como gestor do projeto para a solução de descarbonização do cliente: instalação dos equipamentos de carregamento, formação de condutores e gestores de frota, etc. Por fim, a Renault Trucks e a sua rede apoiam os clientes na monitorização operacional da sua frota, graças à conetividade entre veículos.

Comerciais

Ineos Grenadier à venda em Portugal desde ontem

Published

on

O Ineos Grenadier pode ser encomendado em Portugal desde o dia 19 de maio com preços a partir dos 61.990 euros, estando previstas três configurações de carroçaria e duas motorizações originárias da BMW. Todas as versões do Grenadier contam com sistema 4X4 com aptidões de condução em estrada melhoradas e um interior funcional e moderno.



O Grenadier está disponível como um modelo ‘Utility Wagon’ de dois ou cinco lugares e um modelo Station Wagon de cinco lugares. A versão do Grenadier Utility Wagon está homologada como veículo comercial, assumindo-se como uma ‘folha em branco’ pronta a ser configurada segundo as necessidades do cliente, construído para quem precisa um veículo de trabalho despojado e prático, mas com conforto e bem equipado, consoante os desejos do condutor.
A versão de dois lugares apresenta um piso plano em toda a extensão, capaz de receber uma Euro Palete padrão (1200 mm x 800 mm), enquanto a versão de cinco lugares pauta-se pelo equilíbrio entre carga útil e capacidade de transporte de passageiros. O cliente pode optar por uma janela lateral traseira em vez do painel opaco de série, sem qualquer encargo adicional.

Já o Grenadier Station Wagon é um veículo de passageiros de cinco lugares, disponível no lançamento da gama numa das duas edições Belstaff. A ênfase é ligeiramente maior no conforto dos passageiros do que na capacidade de espaço de carga, com mais espaço para as pernas para os passageiros da segunda fila quando comparado com o Utility Wagon de cinco lugares.
Além das especificações de série, a marca também oferece duas edições do veículo pré-configuradas que refletem a filosofia partilhada da Belstaff e da INEOS quanto à produção de produtos para durarem. A criar vestuário exterior premium desde 1924, a Belstaff é conhecida pelos seus blusões emblemáticos em algodão encerado e o seu espírito percursor e inovador.
As edições Grenadier Trialmaster e Grenadier Fieldmaster foram ambas cuidadosamente concebidas a pensar em finalidades específicas e construídas para enfrentarem atividades ao ar livre.

Desde o chassis de longarinas e travessas de secção retangular à carroçaria galvanizada e resistente à corrosão, todos os componentes no Grenadier foram desenvolvidos para serem resistentes e construídos para durarem. A INEOS recorreu àquilo que considera serem o melhor motor e a melhor caixa de velocidades possíveis, a que se junta a combinação avançada de eixo e caixa de transferências para o Grenadier, afinados especificamente para este modelo.

Em termos de imagem, também se pensou na simplificação: os faróis dianteiros e traseiros redondos indicam a resistência de um tubo maciço que une a frente à traseira, sendo os faróis unidades idênticas de ambos os lados do veículo, o que facilita a manutenção e a disponibilidade de peças de substituição. Do mesmo modo, as luzes traseiras formam uma unidade comum. As Luzes de Máximos Auxiliares LED centrais (incluídas de série) estão integradas na grelha frontal e oferecem 1080 lúmens adicionais em todo-o-terreno.
O Grenadier é alimentado por uma seleção de dois motores BMW de 3.0 litros e seis cilindros em linha, um a gasolina de 286 CV e 450 Nm e outro turbodiesel de 249 CV e 550 Nm, ambos melhorados pela equipa de desenvolvimento da INEOS Automotive para se adequarem aos desafios da estrada e dos percursos fora dela. Os dois motores contam com sistema start/stop incorporado e estão associados a caixa automática de oito velocidades proveniente da ZF (de especificação ZF8HP). Para os condutores que pretendem assumir o comando, é possível selecionar o modo manual.

A caixa de transferência manual de duas velocidades é resistente e tem um diferencial central incorporado bloqueável tanto na gama alta como na gama baixa. Fabricada pela Tremec, mas concebida pela Ineos Automotive, foi ensaiada nos ambientes mais inóspitos e a sua relação de gama baixa de 2,5:1 oferece maior precisão, controlo e binário mais elevado. Equipada com um sistema externo de arrefecimento de óleo, foi otimizada para garantir um funcionamento suave e fiabilidade em quaisquer condições.
O configurador online em ineosgrenadier.com permite que os clientes acompanhem passo a passo a montagem do respetivo Grenadier para os clientes na maioria dos principais mercados de lançamento (nos quais se inclui Portugal), sendo o preço do veículo é atualizado em tempo real. Um calculador de financiamento online também faz parte do processo.

Assim que tenha decidido a configuração, o cliente poderá escolher o local de levantamento do veículo – um mapa interativo, que mostra os concessionários mais próximos, estará disponível no website. Um depósito de 2500€ – reembolsável até à assinatura do contrato de encomenda do veículo – assegura o agendamento da montagem do veículo.

Assim que tenham recebido o respetivo Grenadier, os clientes terão a segurança de um apoio pós-venda abrangente. Os concessionários serão a espinha dorsal da rede de serviço, prestando serviço de manutenção, de reparação e de peças. Cobertura geográfica adicional será prestada por oficinas Bosch Car Service independentes, especializadas em 4X4, criteriosamente selecionadas e certificadas pela INEOS. O objetivo é que a maioria dos clientes esteja sempre num raio de 50 quilómetros de um ponto de assistência autorizado.
A Ineos Automotive recomenda um intervalo regular de manutenção de 12 meses para o Grenadier ou manutenção a cada seis meses no caso de utilização contínua em ambientes severos.

Continuar a ler

Comerciais

Nova Ranger Raptor começa nos 81 825 euros e já pode ser encomendada

Published

on

As encomendas para a nova geração Ranger Raptor estão abertas a partir de agora, com a Ford a anunciar hoje que permite aos seus clientes configurar e encomendar a mais pick-up de performance por excelência.



Os preços para a segunda geração da Ranger Raptor, modelo desvendado no início do presente ano, começam nos 81.825,27 euros. O início da produção está previsto para julho.

Construída para verdadeiros entusiastas e desenvolvida pela Ford Performance, a mais recente e irreverente proposta de elevada performance e pick-up mais vendida da Europa integra um motor EcoBoost V6 de 3,0 litros, amortecedores FOX Live Valve e sete modos de condução selecionáveis, de modo a proporcionar um desempenho otimizado numa vasta variedade de terrenos. Um sistema de escape ativo, exclusivo na classe, proporciona uma sonoridade do motor ajustável, fruto dos quatro modos de escape, adequando a diferentes cenários de condução.

 

Os ocupantes também irão beneficiar das mais recentes tecnologias, controladas através do cluster totalmente digital de 12,4 polegadas e do ecrã tátil central de 12 polegadas, destacando-se o sistema de conectividade e entretenimento SYNC 4A, 2 de nova geração, da Ford.

Também a partir de hoje, os clientes podem configurar e descobrir o preço da sua Ranger Raptor de sonho através do configurador online da marca, podendo optar por diversas cores de carroçaria, incluindo os tons Arctic White, Blue Lightning e Code Orange, e funcionalidades como o pack Raptor Exterior Dress-Up, um pack de decorações Splash Decal, barras de carga funcionais e coberturas da caixa de carga, do tipo rolo.

Continuar a ler

Comerciais

MAN e ABB E-mobility avançam para os camiões elétricos de longo curso

Published

on

Nas instalações do antigo Aeroporto de Berlim Tempelhof, na presença do Ministro Federal Alemão para o Digital e Transportes Dr. Volker Wissing, a MAN Truck & Bus tinha um protótipo do seu próximo camião elétrico, conduzido hoje pela primeira vez.



Uma das principais características técnicas do pioneiro veículo comercial elétrico, que será lançado no mercado em 2024, é a sua capacidade de carregamento futuro em megawatts. ABB E-mobility, um fornecedor líder global em soluções de carregamento em eletricidade, pretende trazer a tecnologia de carregamento de megawatts para o mercado nos próximos três anos.

A MAN e a ABB E-mobility aceleram assim, para a próxima fase da mobilidade elétrica: capacidade operacional para camiões pesados de longa distância com intervalos diários entre 600 e 800 quilómetros. Além disso, com os seus compromissos com a mobilidade elétrica, as duas empresas assinalam uma nova fase, mostrando que a indústria está pronta para prosseguir, e que os legisladores devem estabelecer uma estrutura política para emissões zero no transporte rodoviário.

Para permitir percursos diários de longa distância entre 600 e 800 quilómetros, o camião elétrico MAN, que deverá estar disponível em 2024, já está equipado com os requisitos técnicos para futuros sistemas de carregamento em megawatts. A ABB E-mobility, como fornecedor líder mundial de soluções de carregamento, pretende trazer tais sistemas para comercializar rapidamente.

Uma norma vinculativa e uniforme é também crucial para a introdução de tecnologia de carregamento em megawatts. A Alemanha poderia estabelecer aqui parâmetros de referência: mais de 20 parceiros da indústria e da ciência, incluindo a MAN e a ABB, trabalham no projeto de carregamento de alto desempenho (conhecido como “HoLa” em alemão), que é financiado pelo governo alemão e é o primeiro projeto de carregamento em megawatts.

Dois pontos de carregamento de alto desempenho com megawatts (MCS) estão a ser construídos em quatro locais ao longo da Auto-estrada A2. O projeto destina-se a servir de base para expansão a nível nacional.

 

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração