Volvo Trucks recebe encomenda recorde de camiões elétricos – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Volvo Trucks recebe encomenda recorde de camiões elétricos

Published

on

A tendência da eletrificação no mercado de veículos pesados está a acelerar, e o construtor sueco Volvo Trucks acaba de fechar o “o maior pedido comercial alguma vez feito de camiões elétricos da marca e um dos maiores de camiões sem emissões em todo o mundo”.



A marca sueca recebeu um pedido de 100 camiões elétricos do modelo FM para a DFDS, a maior empresa de transporte e logística do norte da Europa. As primeiras entregas vão começar no quarto trimestre de 2022 e continuarão durante o ano de 2023. Os camiões serão utilizados para o transporte em rotas de menor ou maior distância no sistema logístico da DFDS na Europa.

O FM Eletric pode transportar um peso de 44 toneladas e tem uma autonomia de até 300 km. Com um período de carga durante a hora de almoço, por exemplo, a distância pode perfeitamente aumentar. Os veículos podem-se carregar durante a noite (cada camião traz um carregador CA) ou com uma carga de alta potência em rota (carregamento CC). A DFDS elegeu uma solução de financiamento oferecida pela Volvo Financial Solutions

A Volvo Trucks começou a produzir em séries camiões elétricos em 2019, e foi uma das primeiras marcas de camiões a fazê-lo. A gama de produtos inclui agora seis modelos de camiões elétricos: Volvo FH, Volvo FM, Volvo FMX, Volvo FE, Volvo FL e Volvo VNR (para a Anérica do Norte). “O nosso objetivo para 2030 é que metade da nossas encomensas globais sejam de camiões elétricos”, referiu Roger Alm, Presidente da Volvo Trucks.

 

Comerciais

SPI Energy lança nova pick-up elétrica EF1-T

Published

on

Não é um das marcas mais conhecidas no universo dos elétricos, mas a verdade é que a EF1-T anunciou planos para lançar uma nova pick-up elétrica.



Com a indústria automóvel a correr para um futuro elétrico, são muitos os construtores e startups que pretendem construir pick-up elétrica a partir de pick-up com motores a combustão e com as desvantagens que isso pode trazer. Assim, a SPI Energy anunciou planos para dar vida através das marcas Edison Future e Phoenix Motor ao modelo EF1-T.

A Edison Future diz que esta EF1-T foi criada em colaboração com a Icona Design Group e outros parceiros líderes em tecnologia de carros elétricos e será proposta em três níveis de níveis: Standar, Premium e Super. Terá um só motor elétrico capaz de acelerar dos 0 aos 100 km/h em apenas 6,5 segundos, enquanto a versão Premium terá dois motores e os 0 aos 100 km/n serão cumpridos em 4,5 segundos.

A Super vai propor três motores e uma aceleração dos 0 aos 100 km/h em 3,9 segundos. A partir daqui não foram revelados mais dados técnicos sobre a pick-up e cada uma das suas versões. Algumas variantes terão painéis solares no tejadilho e um painel solar integrado que pode ser recolhido para tapar toda a zona da caixa de carga.

Do ponto de vista visual, a EF1-T conta com faróis gigantes, pousa-pés retráteis e utiliza câmaras no lugar dos retrovisores. As dimensões também não foram reveladas.
No interior, surge um ecrã de 17,5″ para o sistema de infoentertenimento, head-up display e caixas de ferramentas integradas nas portas.

Continuar a ler

Comerciais

Em Inglaterra está à venda um Dacia Duster Van com apenas dois lugares

Published

on

O mercado mudou muito e se antigamente, qualquer modelo era também comercializado em versão van de dois lugares, agora contam-se pelos dedos das mãos os veículos que o são.



Atualmente, existem poucos deste género… a Fiat tem um Tipo Van no catálogo, a Toyota comercializa um Yaris Business a gasolina… nesta nova geração ainda não se vende, mas existe… a Suzuki comercializa um Jimny de dois lugares, mas pouco mais existe.

Em Inglaterra vende-se mais um exemplo curioso de um van com argumentos. Trata-se do Dacia Duster de dois lugares que podia muito bem vender-se em Portugal. Os bancos traseiros foram eliminados para maximizar a sua capacidade de carga e assim passa a dispor de uma bagageira com nada mais nada menos do que 1623 litros.

O Dacia de cinco lugares tem uma bagageira com 445 litros que já é grande. Não obstante e apesar do seu propósito, o SUV romenos surge bem equipado, onde se destaca o cruise control, Bluetooth e USB… há ainda volante com comandos. POde ter ecrã tátil de 8″, travagem automática de energência, ESP e assistente de máximo. Do lado de fora, a única coisa que distingue este Duster Commercial dos restantes são os vidros traseiros escurecidos de uma forma ainda mais opaca.

Está disponível com quatro motorizações, o TCe de 90 CV, um TCe de 130 CV, um de 150 CV e um Diesel 1,5 litros com 115 CV. A tração integral é opcional… Será que fazia sucesso em Portugal?

Continuar a ler

Comerciais

Novo Mercedes-Benz Citan já tem preços para Portugal

Published

on

Apresentada há cerca de dois meses, na feira de Düsseldorf, na Alemanha, o novo furgão Mercedes-Benz Citan só chega ao mercado português no final de novembro, mas já está disponível para encomenda e já tem preços para o nosso país.



Com um design mais moderno e com mais tecnologia, o Citan de segunda geração, tal como a primeira, é construída sobre a mesma base do novo Renault Kangoo.

Tal como na primeira geração, o Citan, vai chegar ao mercado português com uma versão comercial (Furgão) e outra de passageiros (Tourer), sendo que esta última conta com portas laterais deslizantes de série.

O novo Mercedes-Benz Citan vai chegar ao nosso país com dois níveis de equipamento: BASE e PRO. No nível de entrada destaca-se o ar condicionado, rádio, porta lateral deslizante e piso de carga revestido; Já na gama PRO, que terá um custo adicional de 890 € (+ IVA), sobressai o sistema MBUX, o sistema de auxílio ao estacionamento, o regulador e limitador de velocidade, o volante multifunções e as jantes de 16’’.

No lançamento, o Citan vai estar disponível com três versões Diesel e duas a gasolina. Mais tarde, na segunda metade de 2022, será lançada a eCitan, a versão 100% elétrica desta carrinha, que terá uma autonomia em ciclo combinado WLTP de 285 km.

A oferta Diesel é composta por um bloco 1.5 de quatro cilindros em linha que pode assumir três níveis de potência: 75 cv (Citan 108 CDI), 95 cv (Citan 110 CDI) e 116 cv (Citan 112 CDI); Já a gama a gasolina assenta num motor de quatro cilindros em linha com 1.3 litros que produz 102 cv na versão Citan 110 e 131 cv na variante Citan 113.

Quanto a preços…
Citan Furgão 110 BASE — a partir de 18 447 euros (sem IVA)
Citan Furgão 108 CDI BASE — a partir de 18 984 euros (sem IVA)
Citan Tourer 110 BASE — a partir de 19 913 euros (sem IVA)

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração