MV Agusta Rush 2021, ainda mais impressionante – Motorguia
Ligue-se connosco

Motos

MV Agusta Rush 2021, ainda mais impressionante

Published

on

Em 2020 a MV Agusta lançou a edição limitada Rush que esgotou num ápice e este ano a marca transalpina volta a apostar nesta fórmula com a Rush 1000 2021.



Novamente produzida numa edição limitada a 300 unidades, esta naked está mais apurada que a edição anterior. Tudo começa com uma decoração inspirada nos caças de combate. O motor de 4 cilindros e 1.000 cc de cilindrada foi alvo da atenção dos técnicos e engenheiros da MV Agusta e debitando 208 cv de potência máxima às 13.000 rpm revelando agora uma ainda maior disponibilidade em baixos regimes. A sua potência máxima pode subir para os 212 cv graças ao Racing Kit que a marca propõe como um opcional. Este kit inclui ainda várias peças maquinadas em alumínio, alguns elementos em carbono e ponteiras de escape da SC Project.

Além disso a Rush 2021 conta com novas ajudas eletrónicas. O sistema de ABS, um Mk 100 da Continental, possui sensores de inclinação que permitem a esta Rush subir apenas ligeiramente a roda da frente colocando assim uma maior tração na traseira. As passagens de caixa também estão mais rápidas graças aos novos sensores do quickshifter.

A marca de Varese conta também com um conjunto de acessórios e vestuário específicos para a Rush onde se destaca o capacete em fibra de carbono AGV Pista GP RR com uma decoração própria desta radical naked da MV Agusta.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Motos

Miguel Oliveira melhorou no Japão e termina em quinto

Published

on

Depois de nas últimas duas provas ter terminado no 11º lugar, Miguel Oliveira conseguiu o seu segundo melhor resultado desta época ao cruzar a linha da meta em quinto lugar na prova japonesa.



Chegando a andar a lutar pela pole position na qualificação, o piloto de Almada sofreu uma queda quando estava na terceira posição e se encontrava na sua volta mais rápida, com um andamento que prometia subir mais umas posições e quiçá chegar à pole. No entanto, com esse incidente acabou por ser batido nalguns lugares e partiu da terceira fila da grelha, no oitavo lugar.

Partindo bem e chegando a andar na luta pelo terceiro lugar com o seu colega de equipa Brad Binder, Miguel acabaria por terminar a corrida em quinto ao não conseguir o ritmo mais elevado do sul-africano e também de Marc Marquez com a sua Honda.

Jack Miller foi o grande vencedor ao fazer uma grande corrida com a sua Ducati, ficando Brad Binder em segundo e Jorge Martin em terceiro. O líder do campeonato Fabio Quartararo manteve o lugar cimeiro da classificação do MotoGP, apesar da corrida não ter sido brilhante e ter levado a Yamaha apenas ao oitavo lugar no circuito de Montegi.

Do Japão os pilotos e respetivas equipas seguem agora para a Tailândia onde terá lugar a próxima prova.

Continuar a ler

Motos

Moto Guzzi oferece 3 anos de manutenção

Published

on

A Moto Guzzi começou uma campanha onde oferece três anos de manutenção programada para todos os modelos da sua gama que sejam adquiridos até 15 de novembro nos concessionários autorizados da marca italiana.



Esta campanha é válida para 3 anos após a aquisição da moto ou 30 mil quilómetros percorridos, mediante qual destas situações acontecer primeiro.

Continuar a ler
Publicidade

Newsletter

Em aceleração