Novo Movano feito à imagem de Boxer, Jumper e Ducato – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Novo Movano feito à imagem de Boxer, Jumper e Ducato

Published

on

A Opel divulgou hoje as primeiras informações e imagens do novo Movano-e, o primeiro veículo elétrico a bateria da marca alemã no segmento de mercado dos grandes furgões.



Com motores Diesel, bem como com motorização elétrica, a nova geração Movano constitui a oferta mais competitiva de sempre da Opel neste segmento do mercado de veículos comerciais.

Oferecendo valores de referência em carga útil, capacidade de carga e peso bruto, combinados com uma ampla gama de versões de carroçaria, comprimentos e alturas, a nova geração Movano estará disponível desde o início da sua comercialização não só com modernos, potentes e robustos motores turbodiesel como também com motorização elétrica “zero emissões” a bateria. Os novos Movano e Movano-e vão chegar aos concessionários da Opel ainda este ano.

Especialmente importante para os profissionais e gestores de frotas, o Movano-e elétrico, de “emissões zero” é uma solução sem compromissos, representando, assim, uma verdadeira alternativa aos veículos com motorização convencional. O sistema de propulsão elétrica do novo comercial elétrico da Opel garante 90 kW (122 cv) de potência e 260 Nm de binário, com a velocidade máxima controlada eletronicamente de 110 km/h. Dependendo da versão, é possível optar entre ‘packs’ de baterias de iões de lítio de 37 kWh ou de 70 kWh, para autonomias até 117 ou 224 quilómetros, respetivamente, no ciclo combinado WLTP1 (dependendo do perfil de condução e das condições existentes).

As baterias estão alojadas sob o espaço de carga de forma a não interferirem na utilização, o que também beneficia a estabilidade em curva e a resistência ao vento lateral, mesmo com o veículo totalmente carregado. Um sofisticado sistema de travagem regenerativa, que recupera a energia produzida em travagem ou desaceleração, aumenta ainda mais a eficiência.

Para além da motorização elétrica, o leque de motorizações térmicas do novo Opel Movano posiciona-se ao melhor nível do mercado, proporcionando baixo consumos de combustível e reduzidas emissões de CO2. Os motores Diesel de 2,2 litros – todos homologados segundo as exigentes normas de controlos de emissões Euro 6d – estão disponíveis em versões de 120 cv até 165 cv de potência. O elevado binário disponível a baixo regime situa-se entre 300 Nm às 1.500 rpm e 370 Nm às 1.750 rpm. Imprimindo tração às rodas dianteiras, todos os motores estão associados a transmissões manuais de seis velocidades.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Ford Trucks revela o seu primeiro camião 100% elétrico

Published

on

A única marca global da Ford para veículos comerciais pesados, Ford Trucks, apresentou o seu primeiro camião 100% elétrico na IAA Transportation 2022, a feira líder mundial em mobilidade, transporte e logística que está a decorrer de 20 a 25 de setembro em Hannover, na Alemanha.



Com mais de 50 anos de experiência e de dinâmico desenvolvimento de produtos no fabrico de veículos pesados, a Ford Trucks apresentou o seu movimento de transformação Geração F, que inclui um roteiro de soluções de transporte isentas em emissões, com especificações e características novas que vão assegurar que a empresa mantenha a sua posição na produção, conceção e desenvolvimento de produtos.


Com o vencedor do prémio IToY em Hannover em 2018, o F-MAX, a Ford Trucks demonstrou os seus mais recentes avanços no caminho para alcançar o transporte de mercadorias com emissões zero. Com o movimento Geração F, que inclui tecnologias de veículos 100% elétricos, interligados e autónomos, a Ford Trucks fica mais próxima de alcançar os objetivos anunciados quando assinou a Declaração de Transição para o Transporte de Mercadorias com Emissões Zero da ACEA: vender apenas veículos comerciais pesados com emissões zero até 2040.


Na IAA Transportation 2022, a equipa da Ford Trucks deu ainda a conhecer as novas tecnologias que desenvolveu para a condução interligada e autónoma, nas quais se incluem características como o ‘cruise control’ por GPS e o sistema multimédia, facilitando a vida aos condutores e gestores de frotas, com o intuito de manter os veículos na estrada e atingir 100% de Uptime. Os visitantes puderam ainda testar a tecnologia de condução remota e operar um F-Max na pista de testes em Eskişehir (Turkiye) a partir de uma distância de 2.000 km. O ecossistema Ford Trucks CARE, que oferece serviços de software, uptime, eletromobilidade, soluções financeiras e personalização, foi também dado a conhecer.

Continuar a ler

Comerciais

Mercedes-Benz Vans e Rivian vão produzir comerciais elétricos em conjunto

Published

on

A Mercedes-Benz Vans e a Rivian chegaram a acordo para a produção de veículos comerciais elétricos de ambas as marcas para o mercado europeu. Numa primeira fase estão previstos dois modelos, baseados nas plataformas VAN.EA e Rivian Light Van.




A marca alemã estabeleceu um memorando de entendimento com a Rivian para a criação de uma joint-venture destinada à produção de comerciais elétricos na Europa.
As duas empresas tencionam construir uma nova fábrica para veículos elétricos em instalações já existentes da Mercedes-Benz na Europa Central ou Oriental. A fábrica produzirá veículos para a Mercedes-Benz Vans e para a Rivian.

As empresas esperam construir pelos menos dois modelos na fábrica, um deles baseado na arquitetura VAN.EA da Mercedes-Benz para comerciais elétricos e um outro na plataforma Rivian Light Van, a versão de segunda geração do veículo de distribuição elétrico da start-up norte-americana.
Em conjunto esperam otimizar a produção de veículos para permitir que ambos os produtos saiam da mesma linha de montagem. Todavia, a parceria não será limitada as estes comerciais, mas irá estender-se a outras opções para aumentar as sinergias desta joint-venture.


A Rivian e a Mercedes-Benz dizem que partilham a mesma ambição de “aumentarem rapidamente a escala de produção de comerciais elétricos para ajudar o mundo na transição para um transporte mais limpo”.
Para que tal seja possível vão trabalhar em conjunto para melhorarem a eficiência de custos e tornarem estes produtos mais acessíveis para todos”.

Continuar a ler
Publicidade

Newsletter

Em aceleração