Novo pick-up Isuzu D-Max já está à venda em Portugal com várias configurações – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Novo pick-up Isuzu D-Max já está à venda em Portugal com várias configurações

Published

on

Chega a Portugal a nova geração da Isuzu D-Max que passa a ser comercializada pelos concessionários da marca já no início deste mês.



A pick-up D-Max aposta forte numa gama transversal, completa e abrangente uma vez que lança de uma só todas as configurações de cabina possível: simples de 2 lugares, longa de três lugares e dupla de 3 e 5 lugares. Pode ainda ser adquirida com tração 4×4 ou 4×2.

Como é do conhecimento geral, a pick-up da marca japonesa tem um historial de mais de seis década, assim sendo esta nova geração conta agora com várias alterações em termos de design, conforto e qualidade dos materiais aos quais se juntam novas tecnologias, equipamentos e funcionalidades, bem como alterações técnicas ao nível do motor, chassis e suspensão.

Do lado de fora, encontramos óticas dianteiras redesenhadas e traseiras em LED, faróis de nevoeiro e pára-choques renovados e jantes em liga leve de 18″. No habitáculo, encontramos um tablier também ele redesenhado, mais ergonómico e confortável, tecidos mais resistentes e ainda pormenores que transmitem maior requinte.

No conjunto de upgrades efectuados, o novo sistema áudio DVD Premium com display de 9” e comandos no volante constitui mais um luxo da nova gama D-Max. Além das habituais ligações por USB e Bluetooth, permite a ligação do smartphone (Android ou Apple), tudo sempre ligado ao painel de instrumentos para uma maior segurança e comodidade. O Sistema conta ainda com 8 colunas de som, 2 tweeters e sub-woofer para uma qualidade de som fora do vulgar.

No que respeita às capacidades de carga todas as versões, independentemente da configuração de cabina, contam com mais de uma tonelada de carga útil e o desenho da caixa foi modificado para optimização da área disponível com mais espaço em comprimento, largura e altura.
As soluções tecnológicas repensadas para o bloco de 1.9 Litros Diesel, cumprem as exigentes normas de emissões Euro 6d, mantêm a potência de 164 CV ao mesmo tempo que melhoram a performance e os consumos.


Face à anterior geração, o Turbo de Geometria Variável (VGS) é agora controlado electronicamente, é adotado o Sistema Start Stop (ISS), a pressão do Rail de combustível é aumentada para 2.500 bar (face aos anteriores 2.000 bar) e introduz-se o sistema de tratamento de gases de escape com a utilização de AdBlue.

Já no que respeita à transmissão, a D-Max mantém a oferta da caixa manual ou automática de 6 velocidades, esta última com melhorias na calibração com vista a uma operação mais rápida na selecção da engrenagem.

A D-Max tem um preço de entrada de gama de 24.300 € (IVA excluído) para a versão de Cabina Simples 4X2. São, entretanto, várias as propostas e soluções de cabina disponíveis, tanto nas versões de trabalho, como de laser, num line up transversal que culmina nos 38.500 € (IVA excluído) preço correspondente à versão topo de gama LSE 4X4 de Cabina Dupla e transmissão automática.

Comerciais

Piaggio Commercial chega a Portugal “pelas mãos” da Bergé Auto

Published

on

Depois da Maxus, marca introduzida este ano no portefólio do Grupo Bergé Auto em Portugal, é chegada a vez da Piaggio Commercial.



A Piaggio Commercial, marca do Grupo Piaggio para viaturas comerciais ligeiras de quatro rodas, vai entrar no mercado português, através do Grupo Bergé Auto, um dos maiores distribuidores automóveis da Europa e da América Latina, que aumenta as suas operações em Portugal, mercado onde já é responsável pela presença da Mitsubishi, Fuso, Kia, Isuzu e Maxus.

A Piaggio Commercial é hoje uma operação autónoma e parte integrante do segmento de negócio de viaturas comerciais do Grupo Piaggio, o qual desde a sua criação, em 1884, é amplamente conhecido e reconhecido como o maior construtor europeu de viaturas de duas rodas (scooters e motorizadas) e um dos líderes de mercado da indústria a nível mundial.

Com a chegada ao mercado nacional prevista para o final do terceiro trimestre deste ano e a introdução da gama de comerciais ligeiros Porter NP6, a Piaggio Commercial contará com a experiência e capacidade instalada do Grupo Bergé Auto em Portugal, tanto a nível comercial como de assistência, peças e serviços de após-venda.

A oferta da marca contempla versões em chassis-cabina com várias distâncias entre eixos, tanto em rodado simples como duplo, bem como soluções de caixa de carga fixa ou basculante disponíveis para toda a gama. Já na componente mecânica, a gama Porter NP6 conta com o motor Euro6D-FINAL de 1.5 litros de 16V bifuel, com autonomias LPG de até 400 km, acoplado a uma transmissão manual de 5 velocidades.
Francisco Geraldes, Administrador da Bergé Auto em Portugal comenta que “a introdução da Piaggio Commercial representa mais uma aposta do Grupo no mercado nacional, onde já detém uma operação abrangente e consolidada através da distribuição de cinco marcas e respetivas redes de venda e assistência.”

“A oferta da Piaggio Commercial e a experiência de um grupo mundial de referência na indústria da mobilidade como é o Grupo Piaggio, está perfeitamente alinhada com a atual estratégia do Grupo Bergé Auto no que respeita à expansão do seu potencial de negócios no mercado português, em particular, mas igualmente por toda a Europa”.

Continuar a ler

Comerciais

MAN disponibiliza eTGE em várias carroçarias distintas

Published

on

Em cooperação com fabricantes de carroçarias de renome, a MAN Truck & Bus disponibiliza novas carroçarias para a MAN eTGE. A partir de agora também está disponível com caixa e com plataforma ou basculante de três vias.



Já está em uso numa rede de lojas de mobiliário na Holanda: a MAN eTGE com caixa. Permite a entrega local, sem emissões, de móveis geralmente volumosos na metrópole de Amesterdão. Com este passo, a empresa contribui para a melhoria da qualidade do ar na cidade e, simultaneamente, responde ao aumento do número de entregas ao domicílio desde o início da pandemia, o que torna o transporte limpo ainda mais importante.

O facto de cada vez mais empresas pensarem desta forma também se reflete nas atuais estatísticas de registo na Europa (UE 27 + 3). De janeiro a maio de 2021, o número de vans elétricas a bateria (BEV) entre 3 e 6 t GVW duplicou em comparação com o período homólogo para cerca de 2.200 unidades (+ 135%).

Anteriormente, a MAN eTGE estava disponível como furgão na área de transporte de mercadorias e como minibus no setor de transporte de passageiros. Com o objetivo de oferecer aos seus clientes uma gama ainda mais ampla na classe de veículos comerciais elétricos leves, a MAN Truck & Bus, em cooperação com conceituados fabricantes, oferece a eTGE com caixa, com plataforma ou basculante trilateral.

Com caixa, a MAN eTGE possui um espaço de carga de 3.280 mm de comprimento, 2.060 mm de largura e 2.000 mm de altura (opcionalmente 2.200 mm). Isto corresponde a um generoso volume de carga de 13,5 metros cúbicos. A altura é de 1.050 mm. A área de carga pode ser facilmente alcançada através de um auxílio de entrada extensível de 4 partes na traseira.

No interior, existem calhas laterais e frontais para o armazenamento seguro da carga. A carroçaria de carga vem da empresa SPIER Fah-rzeugwerk de Steinheim, Alemanha, e é montada na eTGE pelo fabricante.

A segunda novidade da gama MAN eTGE tem um propósito diferente: os serviços municipais, a indústria da construção, da jardinagem e paisagismo. Aqui, uma plataforma ou um basculante trilateral costumam ser os formatos de corpo mais procurados. A MAN oferece agora em cooperação com o fabricante Schoon Fahrzeugsysteme de Wiesmoor, Alemanha.

A plataforma mede 3.255 mm de comprimento e 2.040 mm de largura. As paredes laterais rebatíveis têm 300 mm de altura. 10 olhais de amarra, cada um com uma força de tração de 500 daN, estão integrados na plataforma. Com a plataforma, a carga útil é de 820 kg, com a basculante trilateral é de 750 kg.

Em termos mecânicos, a MAN eTGE permanece inalterada com as novas opções de montagem. Possui bateria com capacidade de 35,8 kWh e alimentação elétrica de 100 kW. O torque de acionamento de 290 Nm confere alta agilidade para o seu uso típico no transporte de distribuição urbana. De acordo com o procedimento de teste do WLTP, a autonomia é de 115 km, mas pode aumentar para até 120 a 130 km em uso real na cidade, dependendo das condições de transporte.

Continuar a ler

Comerciais

Tatra 4×4 mostra de que são feitos os “puro e duro”

Published

on

O piloto checo Libor Václavik estabeleceu um novo recorde mundial ao cruzar em camião a mais alta barreira técnica do mundo. Foi filmado em plena “luta” para subir uma rampa monstruosa de 55 graus com o seu 4×4 Tatra Truck 810.



É realmente assustador. O camião, projetado para substituir o Praga V3S do exército checo em 2008, também foi produzido com um aspeto civil. Chama-se T 810-C e foi lançado em 2010.

 

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração