Novo Volkswagen Caddy já tem preço para Portugal – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Novo Volkswagen Caddy já tem preço para Portugal

Published

on

A Volkswagen Veículos Comerciais vai começar a vender a quinta geração do seu furgão Caddy que já pode ser encomendado e já tem preços para Portugal.



A marca diz que este novo Caddy está “maior, mais prático e versátil, mais equipado, mais eficiente, mais inteligente e é o mais digital de sempre”. Tem por base a plataforma transversal modular da marca que recebe a designação MQB e serve de base, por exemplo, ao novo Golf.

Está disponível em versão furgão standard, furgão Maxi e MPV Maxi, até porque em Portugal a variante de passageiros só se vende com sete lugares pelo facto de beneficiar de uma redução de ISV apelativa. O Caddy Maxi tem agora espaço para transportar até duas europaletes.

Em termos de segurança, o modelo alemão dispõe de 19 sistema de assistência à condução, sendo que cinco são novidade no modelo. Passa a dispor em opção de um cockpit digital (Digital Cockpit) que confere um aspeto ultra moderno ao furgão da marca de Wolfsburgo.
O novo modelo está disponível com três opções de potência a partir de um mesmo motor 2.0 TDI: 75, 102 e 122 CV, sendo que todos se encontram acoplados a uma caixa manual de seis velocidades.

A nomenclatura das linhas de equipamento de veículos de passageiros foi reconfigurada: o modelo base será o “Caddy”; segue-se a linha “Life”,e, finalmente, a linha premium “Style”.

Todas as versões estão mais bem equipados do que as correspondentes da geração anterior. Por exemplo, o novo Caddy Cargo pode ser equipado com portas traseiras totalmente metálicas, sem janelas (para melhor proteção contra roubos).

Equipamento de série na versão Cargo são os vidros elétricos dianteiros, espelhos retrovisores exteriores elétricos, travão de mão eletrónico com função Auto Hold, novos faróis H7 e iluminação de placa da matrícula em LED. Também são novos na gama os apoios de braços opcionais nos bancos.

A linha de equipamento “Caddy” do modelo Kombi e da versão de passageiros inclui outras funcionalidades de série, como um volante multifunções, duas portas de correr laterais, um sistema de rádio com ecrã de 6,5 polegadas, ar condicionado e sistema de deteção de fadiga.

Acrescem na linha “Life” as jantes de liga leve de 16 polegadas, um sistema de infotainment com ecrã de 8,25 polegadas, mesa desdobrável para a segunda fila de bancos, barras de tejadilho (pretas), para-choques na cor da carroçaria, espelhos retrovisores exteriores retráteis, com regulação elétrica e aquecidos, consola central com apoio central de braços e regulação dos apoios lombares do banco do condutor.
Os clientes que optem pelao “Style” têm o Caddy equipado com jantes de liga leve de 17 polegadas (as de 18 polegadas são propostas como opção), faróis e luzes traseiras em LED, ajuda de estacionamento “ParkPilot” (frente e traseira), barras de tejadilho prateadas e pacote cromado para o exterior. No interior, sãopropostosde série, entre outros elementos, um volante multifunções em couro, ar condicionado automático (Air Care Climatronic), App Connect, revestimentos dos bancos em “ArtVelours” e, pela primeira vez, instrumentos digitais (Digital Cockpit).
Os preços no mercado nacional começam nos17.273 euros(sem IVA).

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comerciais

Bosch e Qingling Motors colaboram nas células de combustível

Published

on

Em conjunto com o fabricante de veículos comerciais premium Qingling Motors, a Bosch estabeleceu uma joint venture na China, designada Bosch Hydrogen Powertrain Systems (Chongqing) Co. Ltd. A nova empresa irá desenvolver, montar e comercializar sistemas de célula de combustível para o mercado chinês.



O principal objetivo é reunir a tecnologia e experiência dos dois parceiros e contribuir para o desenvolvimento do mercado chinês de células de combustível e para a transformação da indústria automóvel local.

De acordo com o Energy Saving and New Energy Vehicle Technology Roadmap 2.0 da Sociedade Chinesa de Engenheiros Automóveis (China-SAE), mais de um milhão de veículos com sistemas de célula de combustível podem vir a ser registados na China até 2030. A joint-venture tem como objectivo fornecer todos os fabricantes de veículos chineses com este tipo de sistema.

Os componentes necessários para isso, como pilha de células de combustível, compressor de ar com electrónica de potência e unidade de controlo com sensores, têm como origem a Bosch, principalmente a fábrica de Wuxi.

A produção em pequena escala irá começar nessa fábrica este ano. Também em 2021, uma frota de teste de 70 camiões Qingling equipados com o Módulo de Célula de Combustível da Bosch irá fazer-se à estrada. O lançamento no mercado do sistema de célula de combustível está previsto para 2022/2023.

Continuar a ler

Comerciais

É um AVIA e é o primeiro camião elétrico desenvolvido em Espanha

Published

on

O operador logístico FM Logistic e CITYlogin, empresa especializada em logística da última milha e distribuição urbana de mercadorias, iniciou os testes do primeiro camião 100% elétrico desenvolvido e produzido em Espanha pela Avia Engenharia e Design.



O veículo em período de testes destina-se à logística urbana e vai ser testado na distribuição de mercadorias para uma loja do IKEA no centro de Madrid. O camião elétrico foi desenvolvido no âmbito do projeto europeu CIVITAS ECCENTRIC, no qual participaram a Câmara de Madrid, a FM Logistic, a Universidade Politécnica de Madrid e a Avia Engenharia e Design. A finalidade deste projeto europeu passa por melhorar a mobilidade urbana, “um dos grandes desafios que tem a Europa”, de acordo com estas empresas.

O desenvolvimento foi alinhado com as políticas europeias que constam do Acordo de Paris, nas quais os países assumem o desafio de limitar o aquecimento global e reconhecem a necessidade de uma resposta progressiva e eficaz à ameaça das alterações climáticas.

Este camião é um modelo de 12 toneladas de peso bruto e oferece uma autonomia de 120 km. Um carregamento completo é feito em 6 horas. Os primeiros testes foram realizados em redor da loja do IKEA e nas ruas ali perto.

Continuar a ler

Comerciais

Ford lança duas séries especias da Ranger que chegam em outubro

Published

on

A Ford apresentou duas novas versões da sua pick-up, Ranger, que vão chegar ao mercado europeu já no próximo mês de outubro. São elas as variantes Stormtrak e Wolftrak, de edição limitada e cujo objetivo é reforçar a gama da pick-up da oval azul com mais estilo e maior capacidade de carga.



A Stormtrak vai posicionar-se no topo da gama e assume caraterísticas premium, com um estilo diferenciado e que surge equipada com faróis LED e proteção inferior. O visual é reforçado por decalques exclusivos no capô e nas laterais, pára-choques traseiro em preto e barra desportiva.

Adicionalmente, o revestimento do piso da caixa de carga, a divisória de carga e a nova cobertura Power Roller Shutter da Ford estão incluídos no equipamento de série, proporcionando maior conveniência e versatilidade em tudo o que diz respeito à carga.
O interior está repleto de equipamento premium, com destaque para os bancos específicos que apresentam o mesmo couro flexível da icónica Ford Ranger Raptor, acentuado com logótipos Stormtrak bordados e gomos revestidos a tecido técnico.
Para além disso, este modelo está dotado de superfícies interiores em grafite escurecida e as costuras vermelhas combinam com a inconfundível paleta exterior da Stormtrak.

A produção desta nova variante será bastante limitada de modo a garantir a sua exclusividade, estando disponível em versão Cabine Dupla, com bancos confortáveis e maior habitabilidade, ou Super Cab, com mais espaço de carga.
Todas as versões da Ranger Stormtrak vão contar com o motor Diesel Ford EcoBlue 2.0 Bi-turbo de 213 cv de potência, um binário de 500 Nm e uma transmissão automática de 10 velocidades.
Por sua vez, a Ranger Wolftrak apresenta-se como uma pick-up arrojada e robusta, concebida para responder às necessidades dos clientes que trabalham ao ar livre e desejam um desempenho off-road.

Tendo por base a versão Ranger XLT, a Wolftrak é animada pelo motor Diesel Ford EcoBlue 2.0 com 170 cv, com opção de transmissão manual de seis velocidades ou automática de 10 velocidades.
O sistema selecionável de tração integral com função shift-on-the-fly, o bloqueio eletrónico do diferencial traseiro e os pneus todo-o-terreno são de série, de forma a assegurar a sua evolução, mesmo nas mais exigentes condições fora de estrada, contando com o apoio de uma configuração de tração integral com relações de caixa curtas (redutoras) para melhorar o desempenho em subidas íngremes e pisos macios.
A nova Ranger Wolftrak, dispõe de uma carga útil de 1,0 tonelada e 3.500 kg de peso máximo rebocável.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração