Badger: a brutal pick-up elétrica da Nikola – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Badger: a brutal pick-up elétrica da Nikola

Published

on

As pick-up elétricas começam a chegar em força, algumas sobre a forma de concept e outras já num formato muito real.



Assim, e após o anúncio da Tesla Cybertruck e da GMC Hummer EV, é a vez da Nikola, marca também americana que assinou no ano passado um acordo com a Iveco para a produção de um camião, que mostrou a sua Badger, modelo que parece estar confirmado e que vai avançar para a produção. Estes são os seus destaques.

Quem diria que modelo de dimensões e peso generoso e com um brutal comportamento todo-o-terreno fossem ser impulsionada unicamente por eletricidade? Tradicionalmentre as pick-up dos grandes fabricantes norte-americanos utilizam, normalmente, enormes motores V8 a gasolina, pois bem, a americana Nikola Corporation anunciou as primeiras informações e imagens da sua nova e fantástica Badger, um super pick-up 100% elétrica.

A Nikola Badger é uma pick-up de design agressivo e robusto, típico destes veículos. Destaca-se pelo enorme pára-choques dianteira com uma grande faixa de luzes LED integrada. As proteções da carroçaria sucedem-se nas zonas frontal, lateral e traseira. Não passam despercebidos os pisa-pés iluminados e o logótipo da Nikola de grande dimensões na tampa traseira da caixa de carga.

Quanto a dimensões, a Nikola Badger anuncia um comprimento de 5,9 m, uma largura de 2,16 m e uma altura de 1,85 m. No interior, destaca-se o enorme ecrã tátil do sistema multimédia colocado na zona central do tablier, tecnologia que também está presenta no painel de instrumentos por detrás do volante.

No que diz respeito à parte mecânica, numa primeira fase a Nikola Badger poderá contar com versões elétricas com bateria ou com pilha de combustível alimentada a hidrogénio, em ambos os casos para fornecer eletricidade aos motores elétricos. A versão de baterias vai contar com um acumulador de iões de lítio de 160 kWh, que lhe deve proporcionar uma autonomia de 480 km, de acordo com dados da Nikola.

No caso da versão a pilha sde combustível de hidrogénio, a autonomia será superior, chegando quase aos 1000 km. A potência máxima poderá render un impressionantes 919 CV, com um potência contínua de 461 CV. Quanto ao binário, destaca-se um valor de 1329 Nm.

Outras caraterísticas relevantes desta Nikola Badger são a sua grande superfície de carga, uma capacidade de reboque de até 3629 kg e uma tomada de corrente própria de 15 kW que pode ser utilizada para ligar ferramentas, luzes ou compressores.

Comerciais

Glenfiddich produz biogás com resíduos do seu whisky de malte

Published

on

O produtor de whisky escocês Glenfiddich está a converter os seus camiões de distribuição para que trabalhem com biometano, gás é produzido a partir dos resíduos do seu whisky de malte durante o processo de destilação.



Na destilaria da William Grant and Sons, Dufftown, na Escócia, a empresa instalou estações de serviço, pois tem o firme objetivo de converter os resíduos da sua produção de whisky em combustível de carbono para os seus camiões de distribuição.
A empresa está imersa numa iniciativa sustentável para processar a 100% os seus resíduos. A marca de whisky vendia os grãos que sobejavam do processo do malte como alimento para o gado com pouco teor proteico.

Não obstante, através de um processo de digestão anaeróbica, no qual as bactérias decompõem a matéria orgânica produzindo biogás, a destilaria pode empregar estes resíduos líquidos de forma a produzir o seu próprio combustível, e deste modo, reciclar todos os resíduos.
Atualmente, este biometano já está a ser consumido por três camiões Iveco que realizam o transporte do dito whisky desde a destilaria de Dufftown até a engarramento da bebida, noutras quatro instalações da empresa localizada no centro e oeste da Escócia.

A William Grant ans Sons conta com uma frota de 20 camiões que planeia reconverter para biogás na sua totalidade. Pretende ainda revelar este “segredo” a outras marcas de whisky.

Continuar a ler

Comerciais

Iveco Daily estreia caravana com a nova Camper

Published

on

A Iveco e a Eurogaza unem esforços, tecnologia e experiência, para lançar esta impressionante Daily Camper.



O conceito Camper, um furgão adaptado para viajar com a máxima habitabilidade para se conseguir viver com ela, é sinónimo de vida ao ar livre, liberdade e viagens com a qual se descobrem e desfrutam dos lugares mais recônditos e inacessíveis. Uma tendência que tem visto um enorme crescimento nos últimos anos.

Pois bem, depois de 40 anos de evolução da Daily no mundo do transporte ligeiro, agora o modelo ganha uma nova faceta como veículo de recreio. Em conjunto com a Camper Eurogaza, um empresa especializada em design, produção e instalação de carroçarias de autocaravanas em veículos, com mais de 30 anos de vida, a Iveco inicia uma nova aventura.

O interior foi idealizado para garantir conforto, segurança e habitabilidade, e foram tidos em conta vários detalhes de isolamento térmico, assim como a possibilidade de realizar várias distribuições do espaço. A Daily Camper monta duas camas duplas (desmontáveis), podendo viajar e pernoitar quatro pessoas. A zona dormitório pode fazer as vezes de sala, campa dupla, cama de casal ou ainda garagem para uma bicicleta ou moto.

A luminosidade e ventilação da zona principal conta com três clarabóias no teto, assim como janelas laterais. O mobiliário foi feito em PVC espumado para melhorar a resistência, isolamento da humidade e até a limpeza.

A Iveco dá à Daily Camper um elevdo pacote de segurança e elementos de conforto, como o ESP9 com ASR, MSR e HBA, o assistente de arranque em subidas, o sistema LAC para reconhecimento da carga longitudinal, ou o sistema RMI & ROM para mitigar situações de perigo de capotamento.
Esta versão conta com motor Diesel F1A de 2,3 litros Heavy Duty que debita 156 CV e disponibiliza um binário máximo de 380 Nm com caixa automática Hi-Matic de oito velocidades.

A Iveco Daily Camper é produzida com uma estrutura que permite alcançar um comprimento total de 6 m e uma altura de 1,9 m no interior. A capacidade é de 12,3 m3, ainda que existe com altura interior de 2,1 m e um volume de 18m3.

Em termos de equipamento interior encontramos um fogão de dois bicos, lava-loiça, torneira de água quente e fria, torneira automática de 12V para duche de parede, frigorífico de 75 litros, depósito de 90 litros de águas limpas/sujas, bomba de água, isolamento inteiror em kaiflex de 20mm, cabina de chuveiro do lado esquerdo, cama dupla 198 x 130 na parte traseira, colchão de quatro peças, segunda cama sommier com colchão, tira de led com proteção, led no banho e quarto, entre muitos outros elementos. Do lado de fora tem um toldo branco de 3700 mm e dois focos LED para iluminação exterior.

Continuar a ler

Comerciais

Piaggio Commercial chega a Portugal “pelas mãos” da Bergé Auto

Published

on

Depois da Maxus, marca introduzida este ano no portefólio do Grupo Bergé Auto em Portugal, é chegada a vez da Piaggio Commercial.



A Piaggio Commercial, marca do Grupo Piaggio para viaturas comerciais ligeiras de quatro rodas, vai entrar no mercado português, através do Grupo Bergé Auto, um dos maiores distribuidores automóveis da Europa e da América Latina, que aumenta as suas operações em Portugal, mercado onde já é responsável pela presença da Mitsubishi, Fuso, Kia, Isuzu e Maxus.

A Piaggio Commercial é hoje uma operação autónoma e parte integrante do segmento de negócio de viaturas comerciais do Grupo Piaggio, o qual desde a sua criação, em 1884, é amplamente conhecido e reconhecido como o maior construtor europeu de viaturas de duas rodas (scooters e motorizadas) e um dos líderes de mercado da indústria a nível mundial.

Com a chegada ao mercado nacional prevista para o final do terceiro trimestre deste ano e a introdução da gama de comerciais ligeiros Porter NP6, a Piaggio Commercial contará com a experiência e capacidade instalada do Grupo Bergé Auto em Portugal, tanto a nível comercial como de assistência, peças e serviços de após-venda.

A oferta da marca contempla versões em chassis-cabina com várias distâncias entre eixos, tanto em rodado simples como duplo, bem como soluções de caixa de carga fixa ou basculante disponíveis para toda a gama. Já na componente mecânica, a gama Porter NP6 conta com o motor Euro6D-FINAL de 1.5 litros de 16V bifuel, com autonomias LPG de até 400 km, acoplado a uma transmissão manual de 5 velocidades.
Francisco Geraldes, Administrador da Bergé Auto em Portugal comenta que “a introdução da Piaggio Commercial representa mais uma aposta do Grupo no mercado nacional, onde já detém uma operação abrangente e consolidada através da distribuição de cinco marcas e respetivas redes de venda e assistência.”

“A oferta da Piaggio Commercial e a experiência de um grupo mundial de referência na indústria da mobilidade como é o Grupo Piaggio, está perfeitamente alinhada com a atual estratégia do Grupo Bergé Auto no que respeita à expansão do seu potencial de negócios no mercado português, em particular, mas igualmente por toda a Europa”.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração