Badger: a brutal pick-up elétrica da Nikola – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Badger: a brutal pick-up elétrica da Nikola

Published

on

As pick-up elétricas começam a chegar em força, algumas sobre a forma de concept e outras já num formato muito real.



Assim, e após o anúncio da Tesla Cybertruck e da GMC Hummer EV, é a vez da Nikola, marca também americana que assinou no ano passado um acordo com a Iveco para a produção de um camião, que mostrou a sua Badger, modelo que parece estar confirmado e que vai avançar para a produção. Estes são os seus destaques.

Quem diria que modelo de dimensões e peso generoso e com um brutal comportamento todo-o-terreno fossem ser impulsionada unicamente por eletricidade? Tradicionalmentre as pick-up dos grandes fabricantes norte-americanos utilizam, normalmente, enormes motores V8 a gasolina, pois bem, a americana Nikola Corporation anunciou as primeiras informações e imagens da sua nova e fantástica Badger, um super pick-up 100% elétrica.

A Nikola Badger é uma pick-up de design agressivo e robusto, típico destes veículos. Destaca-se pelo enorme pára-choques dianteira com uma grande faixa de luzes LED integrada. As proteções da carroçaria sucedem-se nas zonas frontal, lateral e traseira. Não passam despercebidos os pisa-pés iluminados e o logótipo da Nikola de grande dimensões na tampa traseira da caixa de carga.

Quanto a dimensões, a Nikola Badger anuncia um comprimento de 5,9 m, uma largura de 2,16 m e uma altura de 1,85 m. No interior, destaca-se o enorme ecrã tátil do sistema multimédia colocado na zona central do tablier, tecnologia que também está presenta no painel de instrumentos por detrás do volante.

No que diz respeito à parte mecânica, numa primeira fase a Nikola Badger poderá contar com versões elétricas com bateria ou com pilha de combustível alimentada a hidrogénio, em ambos os casos para fornecer eletricidade aos motores elétricos. A versão de baterias vai contar com um acumulador de iões de lítio de 160 kWh, que lhe deve proporcionar uma autonomia de 480 km, de acordo com dados da Nikola.

No caso da versão a pilha sde combustível de hidrogénio, a autonomia será superior, chegando quase aos 1000 km. A potência máxima poderá render un impressionantes 919 CV, com um potência contínua de 461 CV. Quanto ao binário, destaca-se um valor de 1329 Nm.

Outras caraterísticas relevantes desta Nikola Badger são a sua grande superfície de carga, uma capacidade de reboque de até 3629 kg e uma tomada de corrente própria de 15 kW que pode ser utilizada para ligar ferramentas, luzes ou compressores.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Novo Mercedes-Benz EQT vai ter versão autocaravana

Published

on

A Mercedes-Benz apresentou o novo EQT, a versão elétrica do Classe T que também vai dar origem a uma autocaravana desenvolvida sob a chancela da Marco Polo.



Primeiro, o Mercedes-Benz EQT será proposto na versão curta de cinco lugares, equipada com um módulo que compreende um motor elétrico de 90 kW (122 CV) e uma bateria de iões de lítio com 45 kWh, a qual oferece uma autonomia de até 280 quilómetros em ciclo WLTP.
A potência é transmitida às rodas dianteiras por uma caixa com uma velocidade, estando disponíveis dois programas de condução, Comfort e Eco, e três níveis de regeneração de energia, D-, D e D+.

O EQT distingue-se visualmente do Classe T de combustão interna pelo design específico da secção frontal, que inclui um novo pára-choques e um acabamento em preto na grelha.
Para complementar a oferta do EQT, a Mercedes-Benz também desenvolveu o protótipo de mini-autocaravana baseada neste modelo, denominada Concept EQT Marco Polo.

Foi desenvolvido a partir da versão longa com uma distância entre-eixos de 2,90 metros,, que ainda não se encontra em comercialização, dirige-se aos adeptos do campismo e inclui um tecto extensível, assim como outros elementos para este tipo de atividade. 
O aumento das dimensões externas permitiu a inclusão de vários equipamentos típicos das autocaravanas. O tecto extensível permite acomodar uma cama com um comprimento de 1,97 metros e uma largura de 87 centímetros, enquanto a traseira foi projetada para receber bancos que podem ser transformados numa segunda cama, com comprimento de dois metros e uma largura de 1,15 metros.

Continuar a ler

Comerciais

Ford Pro lança versão de topo da nova Ranger

Published

on

A Ford Pro revelou o topo de gama da Ranger. Chama-se Platinum e é uma proposta que eleva o conceito de luxo para todo um outro patamar no seio da gama da pick-up americana.



A nova Ranger Platinum junta-se, assim, à gama da nova geração da pick-up mais vendida na Europa, colocando-se no topo das versões de estrada. Detalhes e acabamentos exteriores exclusivos realçam o característico design da Ranger, combinado com um habitáculo elegante e contemporâneo, com acabamentos em pele.
Ao nível mecânico, destaca-se o potente motor Ford V6 3.0 litros turbodiesel, com 240 CV, e um sistema de transmissão especialmente concebido para o requinte de utilização, combinando-se para proporcionar uma suave performance, sem esforço, em velocidades de cruzeiro, bem como um excecional binário para um confiante transporte e reboque de carga, até aos 3.500 kg.

A Ranger Platinum está disponível, em exclusivo, com especificação de cabina dupla e cinco lugares, sendo alimentada pelo motor turbo-diesel 3.0 V6 da Ford que debita 240 CV e 600 Nm de binário. A potência é distribuída através do novo sistema de tração integral permanente e controlado eletronicamente da Ranger, combinado com a caixa automática de 10 velocidades da Ford, com programação adaptativa de mudanças e apoios remodelados, para reduzir o ruído e a vibração.
O exterior da Ranger Platinum assenta no estilo muscular e funcional da família Ranger com alguns extras em termos de sofisticação. A nova proposta coloca-se acima da versão Wildtrak, que representa 60% das vendas da pick-up Ranger na Europa.

Uma grelha única e um novo acabamento cromado sedoso aplicado aos detalhes exteriores da Ranger Platinum ajudam a proporcionar uma primeira impressão marcante, suportada por novas jantes de liga leve de 20 polegadas com detalhes em ébano brilhante. Outros detalhes de qualidade incluem um portão traseiro de fecho suave, vidros escurecidos e luzes diurnas com assinatura integrada nos faróis LED Matrix. As barras de tejadilho, oferecidas de série, acrescentam um estilo útil e reforçada praticabilidade.
No interior, a Ranger Platinum mistura um habitáculo luxuoso forrado a couro com tecnologia inteligente concebida para tornar a vida mais fácil. Condutor e passageiro da frente beneficiam de bancos em pele perfurada e acolchoada, de qualidade superior, com ajuste elétrico de 10 vias, funções de aquecimento e refrigeração e elegantes costuras contrastantes. As aplicações em madeira escura prolongam o design opulento e a sofisticada iluminação interior ajuda a criar uma atmosfera relaxante.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por Bunker1978
    Olá amigos. Sabem como funcionam as empresas subcontratadas de transporte expresso? Em termos de rentabilidade e requisitos conseguem informar?...
  • por rcs
    Boas, surgiu uma oportunidade para um meu familiar ficar com um Golf 1.2 TSI de 2016, por um preço simpático. O carro tem perto de 60 mil Km....
  • por ramess
    Minha mãe supostamente acabou de herdar pelo falecimento de uma tia metade de uma casa. Minha mãe foi quem tomou conta dela últimos 10 anos. A...
  • por Zedobone
    Caros membros, Tenho instalado em minha casa um sistema de painéis com microinversores e comunicador da Enphase, sistema da Galp solar. Acontece...

Em aceleração