Mais visibilidade lateral nos pesados – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Mais visibilidade lateral nos pesados

Published

on

Sideguard Assist

Os camiões deixaram de ter os espelhos retrovisores e receberam equipamentos que oferecem ao motorista uma visão quase total do exterior do veículo recorrendo a câmaras e a sensores.



DAF e Mercedes-Benz vão disponibilizar na sua lista de acessórios para veículos mais antigos, sistemas que permitem perceber se existem peões, ciclistas ou motociclistas nos ângulos mortos do camião. Como funcionam então estes sistemas?

Que soluções serão as mais eficazes no combate aos acidentes de trânsito que envolvem veículos pesados? Cada marca tem a sua visão sobre este filme, mas o curioso é que em todas é muito semelhante, até porque os sistemas de segurança e de assistência à condução que disponibilizam são vários e todos muito parecidos. Têm nomes diferentes em cada um dos fabricantes de veículos, mas a sua finalidade é praticamente idêntica.

Sideguard Assist

O camião continua a ser o ator principal do transporte rodoviário de mercadorias. Permite que tudo o que é economia na Europa se encontre em constante movimento. Era quase impossível imaginar o que seria a sociedade sem o camião. Desde que não existam quaisquer anomalias está tudo bem, o problema é quando um camião se envolve num acidente de viação. Em último caso, o veículo comercial transforma-se num “navio” capaz de provocar sofrimento humano e custos consequentes, não só financeiros, mas morais. Os construtores de veículos pesados têm vindo a investir vários milhões de euros anuais na pesquisa e no desenvolvimento de sistema de assistência e de segurança que dão ainda mais apoio aos motoristas no seu dia-a-dia e que melhoram consideravelmente a segurança de todos os utilizadores das estradas.

Solução de aftermarket

A Mercedes-Benz e a DAF anunciaram que vão passar a comercializar como acessório o sistema que permite detetar a presença de peões, ciclistas ou motociclistas nos ângulos mortos, ajudando a evitar acidentes urbanos (e não só), principalmente em cruzamentos ou intersecções, quando o motorista não consegue ver se existe alguém do outro lado do veículo. Na Mercedes-Benz este sistema chama-se Side Assist e está no mercado desde 2016. No caso da DAF recebe a designação City Turn Assist. Ambos os dispositivos alertam os motoristas com sinais visuais e sonoros para a presença de alguém nos ângulos mortos das respetivas cabinas.


Os sistemas de monitorização não só emitem sinais a velocidades mais reduzidas durante a condução urbana, mas também detetam outros utilizadores da estrada (outros veículos) que seguem na faixaTratam-se de dispositivos que utilizam tecnologia de radar para assegurar a ótima deteção do objeto, mesmo em condições de visibilidade reduzida.

No caso da DAF, o City Turn Assist utiliza do lado do passageiro uma única unidade de radar de curto alcance que é montado no ou perto do guarda-lamas traseiro. É produzido com material robusto para operar sob condições mais difíceis. Os avisos são mostrados por um ecrã LED estrategicamente posicionado no pilar A do lado do condutor. Quando o indicador de mudança de direção é ativado, no caso de existir algum veículo ou pessoa, no ângulo morto ou que não seja visível, são dados alertas sonoros para colocarem o motorista de sobreaviso. O sistema para instalação posterior é completo e inclui a unidade de radar, o ecrã e as cablagens.


No caso do Mercedes-Benz Side Assist, a forma de funcionamento é muito idêntica. Funciona de forma progressiva, ou seja, detetadas pessoas ou veículos na zona de monitorização lateral do veículo pesado, o motorista recebe um alerta visual. Na coluna ao lado do lugar do passageiro existe um triângulo amarelo em LED que se acende. Se o perigo for iminente o alerta passa a ser também sonoro e o LED passa a vermelho. Este assistente entra em acção em situações como postes, semáforos ou outros objetos que possam interferir na manobra de desvio de direção. No caso do novo Actros, cujas câmaras substituem os retrovisores, o alerta é dado nos ecrãs verticais posicionados no pilar A da cabina. Sensores e radares ajudam na melhoria da segurança em ambiente urbano e evitam um tipo de acidente que é cada vez mais comum e que mata várias pessoas em todo o mundo.

Quem conduz recebe constantemente o melhor apoio e feedback dos sistema utilizados. Todavia, as ações do motorista são supremas, tal como a lei obriga, por isso os sistema são de grande utilidade, mas podem ser desligados, ficando a consciência do motorista em cheque na hora de conduzir.

 

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Espanha vai ter três novos parques seguros para camiões

Published

on

Espanha ganhou 241 milhões de euros em ajudas europeias para financiar ações destinadas a implantar uma rede transeuropeia de transportes eficiente e sustentável. Especificamente, 22 projetos empresariais validados pelo Ministério dos Transportes e da Mobilidade Sustentável receberão os fundos ao abrigo do convite à apresentação de propostas de 2023 do Mecanismo Interligar a Europa (MIE) dedicado ao desenvolvimento de infra-estruturas de redes de transportes.



Dos projectos selecionados, 15 são exclusivamente desenvolvidos em Espanha por empresas públicas e privadas e sete são projetos da UE com participação espanhola. Embora o transporte ferroviário, o transporte marítimo e a multimodalidade absorvam a maior parte dos fundos, a boa notícia para o transporte rodoviário é que 16 milhões de euros serão afetos à construção de parques de estacionamento seguros.

No âmbito da rubrica relativa à mobilidade segura e protegida, três projetos receberão financiamento para o desenvolvimento de áreas de estacionamento seguras e protegidas em Madrid, na Catalunha e em La Rioja.

O projeto “Zona de estacionamento seguro em Pinto (Madrid) no corredor atlântico da rede principal da RTE-T” , da Atalaya Patrimonio Inmobiliario, receberá uma subvenção de 2 milhões de euros. Quatro milhões de euros serão também atribuídos às “Ampliações das Zonas de Estacionamento Seguro e Protegido ZESP Temple e Mare Nostrum A-7” de Transportes Calsina e Carré em Girona. Por último, o “Parque de estacionamento ecológico seguro de Arnedo” promovido pela Inmo-Arnedo em La Rioja receberá 10 milhões de euros de ajuda europeia.

As subvenções do Mecanismo Interligar a Europa ( MIE) são atribuídas numa base competitiva, pelo que os projetos selecionados são os que obtiveram a pontuação mais elevada. Os potenciais beneficiários destes fundos são instituições ou empresas estabelecidas em qualquer um dos países da União Europeia, que podem candidatar-se individualmente ou em grupo, bem como determinadas organizações internacionais relacionadas com o sector das infira-estruturas e dos transportes.

O Programa de Trabalho do MIE, que estabelece as bases para todas as convocatórias a realizar durante o atual Quadro Financeiro Plurianual 2021-2027, prevê a publicação de uma nova convocatória em setembro de 2024, que no quadro geral em que a Espanha participa abrangerá os temas da Mobilidade Segura e Segura, Mobilidade Inteligente e Interoperável, e também Mobilidade Sustentável e Multimodal.

Continuar a ler

Comerciais

Italianos da Lannutti encomendam 1500 camiões Volvo FH Aero

Published

on

O Grupo Lannutti, empresa italiana de transporte e logística, está a renovar a sua frota de camiões de longo curso e proporcionou à Volvo Trucks um dos seus maiores negócios de sempre através de um único contrato, ao encomendar 1500 camiões FH Aero. O presidente da Volvo Trucks, Roger Alm, e Valter Lannutti, CEO do grupo homónimo, selaram o negócio com um aperto de mão.



O Grupo Lannutti, com sede na Itália, opera uma frota de mais de 2.500 camiões 24 horas por dia, 7 dias por semana, em oito países europeus. Como parte de um programa de renovação de frota, a Lannutti assinou um pedido de 1500 camiões Volvo FH Aero. Todos estão equipados com o novo sistema de monitorização de câmara da Volvo – um novo recurso que substitui os espelhos regulares, melhorando a aerodinâmica e a segurança.

“Para o Grupo Lannutti, o princípio da renovação da frota consiste em priorizar veículos de baixa emissão, oferecendo um alto nível de conforto e segurança aos nossos motoristas, protegendo-os e a todos os outros usuários da estrada. Além da tecnologia I-Save de economia de combustível, já adotada a 100% na frota, agora procuramos aproveitar os benefícios do sistema de monitorização de câmara e design aerodinâmico aprimorado. Esta parceria com a Volvo permitir-nos-á continuar a nossa jornada rumo a emissões zero”, declarou Valter Lannutti.

A maioria dos camiões encomendados pela Lannutti será movida a HVO (Óleo Vegetal Hidrotratado), combustível que pode ser produzido a partir de resíduos, reduzindo as emissões de CO2 em até 90%.
“Este acordo deixa-me muito orgulhoso, pois mostra a confiança e o compromisso que a Lannutti tem com a Volvo Trucks como um parceiro de negócios duradouro”, diz Roger Alm. “Esta é realmente a prova de que fizemos a coisa certa com o novo Volvo FH Aero. Ele não só apoia os nossos clientes na redução de custos de combustível e CO2, mas também é um dos modelos mais seguros para os motoristas operarem”, disse o líder da Volvo Trucks.

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por ineedacar
    Que tipo de carros gostas? Algo confortável, e que dé poucas dores de cabeça e com interior moderno Quais os segmentos ou tipo de carro em...
  • por sat
    Boas, Não tenho usado o ebay porque é sempre uma surpresa o valor final a pagar com os cambios, tanto do ebay como do meu banco O que...
  • por DV82
    Crio este tópico dedicado ao WSBK. Tipicamente rebatem-se alguns temas relacionados com esta modalidade no tópico do MotoGP, o que fará pouco...
  • por carlosrs
    Boas. Queria a vossa opinião sobre o seguinte. Tenho um apartamento com garagem para 1 viatura mais anexos (20 m2), mas as garagens do meu...

Em aceleração