Mais visibilidade lateral nos pesados – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Mais visibilidade lateral nos pesados

Published

on

Sideguard Assist

Os camiões deixaram de ter os espelhos retrovisores e receberam equipamentos que oferecem ao motorista uma visão quase total do exterior do veículo recorrendo a câmaras e a sensores.



DAF e Mercedes-Benz vão disponibilizar na sua lista de acessórios para veículos mais antigos, sistemas que permitem perceber se existem peões, ciclistas ou motociclistas nos ângulos mortos do camião. Como funcionam então estes sistemas?

Que soluções serão as mais eficazes no combate aos acidentes de trânsito que envolvem veículos pesados? Cada marca tem a sua visão sobre este filme, mas o curioso é que em todas é muito semelhante, até porque os sistemas de segurança e de assistência à condução que disponibilizam são vários e todos muito parecidos. Têm nomes diferentes em cada um dos fabricantes de veículos, mas a sua finalidade é praticamente idêntica.

Sideguard Assist

O camião continua a ser o ator principal do transporte rodoviário de mercadorias. Permite que tudo o que é economia na Europa se encontre em constante movimento. Era quase impossível imaginar o que seria a sociedade sem o camião. Desde que não existam quaisquer anomalias está tudo bem, o problema é quando um camião se envolve num acidente de viação. Em último caso, o veículo comercial transforma-se num “navio” capaz de provocar sofrimento humano e custos consequentes, não só financeiros, mas morais. Os construtores de veículos pesados têm vindo a investir vários milhões de euros anuais na pesquisa e no desenvolvimento de sistema de assistência e de segurança que dão ainda mais apoio aos motoristas no seu dia-a-dia e que melhoram consideravelmente a segurança de todos os utilizadores das estradas.

Solução de aftermarket

A Mercedes-Benz e a DAF anunciaram que vão passar a comercializar como acessório o sistema que permite detetar a presença de peões, ciclistas ou motociclistas nos ângulos mortos, ajudando a evitar acidentes urbanos (e não só), principalmente em cruzamentos ou intersecções, quando o motorista não consegue ver se existe alguém do outro lado do veículo. Na Mercedes-Benz este sistema chama-se Side Assist e está no mercado desde 2016. No caso da DAF recebe a designação City Turn Assist. Ambos os dispositivos alertam os motoristas com sinais visuais e sonoros para a presença de alguém nos ângulos mortos das respetivas cabinas.


Os sistemas de monitorização não só emitem sinais a velocidades mais reduzidas durante a condução urbana, mas também detetam outros utilizadores da estrada (outros veículos) que seguem na faixaTratam-se de dispositivos que utilizam tecnologia de radar para assegurar a ótima deteção do objeto, mesmo em condições de visibilidade reduzida.

No caso da DAF, o City Turn Assist utiliza do lado do passageiro uma única unidade de radar de curto alcance que é montado no ou perto do guarda-lamas traseiro. É produzido com material robusto para operar sob condições mais difíceis. Os avisos são mostrados por um ecrã LED estrategicamente posicionado no pilar A do lado do condutor. Quando o indicador de mudança de direção é ativado, no caso de existir algum veículo ou pessoa, no ângulo morto ou que não seja visível, são dados alertas sonoros para colocarem o motorista de sobreaviso. O sistema para instalação posterior é completo e inclui a unidade de radar, o ecrã e as cablagens.


No caso do Mercedes-Benz Side Assist, a forma de funcionamento é muito idêntica. Funciona de forma progressiva, ou seja, detetadas pessoas ou veículos na zona de monitorização lateral do veículo pesado, o motorista recebe um alerta visual. Na coluna ao lado do lugar do passageiro existe um triângulo amarelo em LED que se acende. Se o perigo for iminente o alerta passa a ser também sonoro e o LED passa a vermelho. Este assistente entra em acção em situações como postes, semáforos ou outros objetos que possam interferir na manobra de desvio de direção. No caso do novo Actros, cujas câmaras substituem os retrovisores, o alerta é dado nos ecrãs verticais posicionados no pilar A da cabina. Sensores e radares ajudam na melhoria da segurança em ambiente urbano e evitam um tipo de acidente que é cada vez mais comum e que mata várias pessoas em todo o mundo.

Quem conduz recebe constantemente o melhor apoio e feedback dos sistema utilizados. Todavia, as ações do motorista são supremas, tal como a lei obriga, por isso os sistema são de grande utilidade, mas podem ser desligados, ficando a consciência do motorista em cheque na hora de conduzir.

 

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Comerciais

Isuzu anuncia nova série especial da D-Max para Portugal

Published

on

A Isuzu afirmou que vai lançar mais uma versão especial da pick-up D-Max no mercado nacional.



A nova versão da versátil pick-up chama-se 4Work e está equipada com um conjunto adicional de elementos de equipamento que visam beneficiar o conforto de utilização e polivalência para os clientes profissionais.

Por fora, são destaque a caixa de carga em madeira e os pneus Vredestein Pinza AT montados em jantes de cor preta. Não lhe faltam, igualmente, os dísticos que identificam esta edição especial. No habitáculo, a D-Max 4Work inclui o sistema de áudio Pioneer com ecrã tátil de 6,8 polegadas e conectividade com smartphone através de Android Auto ou Apple Car Play, bem como bancos laváveis forrados a couro sintético.
Debaixo do capot está o motor 1.9 litros turbodiesel com injeção common-rail de 164 cavalos de potência e com um binário máximo de 360 Nm, acoplado a uma caixa de seis velocidades.
A edição 4Work é proposta na variante Cabina Longa 4×4 LW, na cor de carroçaria Splash White, e serão apenas produzidas 20 unidades. Está disponível por 34 554 euros mais IVA.

Continuar a ler

Comerciais

IVECO com fornecimento de autocarros recorde para o Brasil

Published

on

A IVECO BUS foi selecionada para o fornecimento de até 7.100 novos autocarros escolares ao longo de dois anos, de 2024 a 2025, no âmbito do concurso implementado pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) do Brasil, de modo a garantir o acesso diário às escolas públicas de alunos que vivem em zonas rurais e ribeirinhas do país.



A marca vai entregar pela primeira vez um lote de 3.500 veículos da categoria ORE3 (Autocarro Escolar Rural 3), com capacidade para 59 alunos, bem como 3.600 veículos da categoria ORE2 (Autocarro Escolar Rural 2), com capacidade para 44 alunos. Os veículos serão equipados com motores FPT Industrial, desenvolvendo potências máximas de 190 CV (ORE2) e 210 cv (ORE3).

Desde 2011 que IVECO BUS tem vindo a apoiar este ambicioso programa de transportes desenvolvido pelo Governo Federal Brasileiro, conhecido como “A Caminho da Escola”, através de autocarros escolares especialmente concebidos para essas missões. Até à data, a IVECO BUS conta com quase 8.000 veículos a operar neste programa.

Os veículos fornecidos pelo construtor foram projetados com uma maior distância do solo, suspensões reforçadas e maior projeção traseira, para permitir a sua circulação em áreas rurais, em estradas não asfaltadas e em locais de difícil acesso. Os veículos garantem que os passageiros são transportados com segurança, conforto e qualidade, contribuindo para melhorar os padrões de transporte escolar brasileiro e reduzir o índice de abandono escolar entre os alunos das áreas rurais mais remotas

Continuar a ler
Publicidade

Publicidade

Newsletter

Ultimas do Fórum

  • por parfuar
    Viva comunidade, Preciso de tirar uma dúvida com base nas vossas experiências. Tenho um Astra GTC 1.3 cdti com 320 mil klms e só posso dizer bem...
  • por elmanoduarte
    Olá a todos. O meu ibiza cupra (bocanegra) 1.4 TSi 180cv, de repente ficou com o rolanti um bocado mais alto que sempre foi. Depois de quente a...
  • por Pneucareca
    A Mitsubishi acaba de revelar um teaser de C-Suv que terá como base o Scenic. Teaser: ​ Render: ​
  • por Pneucareca
    Sim, parece que a Smart está a preparar um concorrente para o Countryman, com formas igualmente semelhantes ao EQB/GLB, Eletrico obviamente. Em...

Em aceleração