Cuidados ao ultrapassar camiões em estradas nacionais – Motorguia
Ligue-se connosco

Comerciais

Cuidados ao ultrapassar camiões em estradas nacionais

Published

on

Você tem receio de ultrapassar os camiões? Leia as nossas recomendações e sinta-se mais preparado(a) para enfrentar estes “monstros” da estrada.

 



O camião é uma viatura quase omnipresente nas estradas. A sua presença continuada no trânsito rodoviário acontece por causa da sua importância no transporte de mercadorias, pressupondo grande parte da logística terrestre no nosso país. Além disso, no verão é uma logística que ainda aumenta, no sentido de levar bens até aos principais destinos turísticos de Portugal.

Deste modo, é muito provável que se sair de viagem de carro, se cruze com algum ou vários camiões no percurso. E tendo em conta que estes têm a velocidade limitada, inevitavelmente terá de os ultrapassar em algum ponto, para continuar no ritmo. Numa autoestrada, é uma manobra simples e sem complicações, pela existência de duas vias no mesmo sentido. No entanto, se estivermos numa estrada secundária, pode ser stressante realizá-la, caso não estejamos acostumados a fazê-lo, por estarmos habituados a conduzir apenas em cidade ao longo do ano.

A Samsung desenvolveu uma câmara frontal de alta definição ligada a um monitor instalado na traseira do camião que facilita as manobras de ultrapassagem

Como ultrapassar: passo a passo

O camião é um veículo bastante diferente de um automóvel (principalmente no comprimento), o que exige maiores precauções na altura de realizar esta manobra. O motorguia.net explica neste texto como fazê-lo, pelo que trataremos de o resumir nos seguintes pontos.

Perceber a necessidade da ultrapassagem

Devemos considerar se realmente vamos poupar tempo ao ultrapassar o camião, sobretudo se temos pensado fazer uma paragem em breve ou se vamos cruzar alguma localidade nos próximos quilómetros.

Comprovar de que temos espaço para a ultrapassagem

Não só devemos confirmar se vêm carros de frente em sentido contrário, mas também se teremos espaço com traço descontínuo suficiente para finalizar a ultrapassagem.

Perceber se alguém já nos vai a ultrapassar

Confirmar através dos espelhos retrovisores se algum veículo atrás de nós tem intenção de nos ultrapassar. Nesse caso, o melhor é deixá-lo fazer a ultrapassagem, esperar que o finalize para o fazer depois. Nunca ao contrário.

Sinalizar a manobra

Para avisar o condutor do camião, sinalize com o pisca esquerdo, uns 20 ou 30 metros antes de chegar perto dele, para que ele possa ver pelo retrovisor.

Manter a distância de segurança do camião

Nem mesmo ao iniciar a ultrapassagem devemos chegar perto da traseira do camião. Além de podermos colidir devido à proximidade, no caso de uma travagem do camião, perderemos a visibilidade da estrada.

Ultrapassar o camião com determinação

Quando estamos certos de que temos a estrada livre para ultrapassar, «lançamo-nos» à manobra. O ideal é fazê-lo com distância suficiente para poder invadir a faixa contrária de forma gradual. Também é recomendável iniciar a manobra uma ou duas velocidades abaixo do normal, para ganhar mais potência e aceleração.

Precaução com os golpes de vento e as mudanças de pressão

Quando vamos a ultrapassar o camião, notaremos um «golpe» de ar vindo do veículo. Devemos estar preparados para não perder o controlo do carro.

Incorporar-nos na faixa direita com suavidade

Após ultrapassar o camião, voltaremos à nossa faixa de forma gradual. Por isso, o conveniente é que deixemos outros 15 ou 20 metros de espaço do camião antes de começar a realizar a incorporação. Uma boa referência é ver o camião pelo retrovisor central do nosso carro.

Um dos maiores mitos é que os condutores de camião são condutores imprudentes que acham que são donos da estrada. Não há nada mais longe da realidade. Na sua grande maioria são utilizadores experientes, com um grande respeito pela estrada e pelas regras de trânsito. Na maioria dos casos vão facilitar a manobra, pelo que os veículos ligeiros também devem realizar a manobra de forma correta. Por isso é importante seguir regras como estas que ajudam à sã convivência de todos na estrada.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Comerciais

Ford mostra imagens da nova Ranger que só estará à venda em 2022

Published

on

A Ford mostrou a nova geração da Ranger, uma pick-up que chega no final de 2022 e que passa a ser baseada num dos modelos mais populares da marca da oval azul, a F-150.



A grelha definida e a assinatura em “C” nos faróis dianteiros são os principais traços distintivos, enquanto a subtil linha de ombros nas laterais incorpora arcos de rodas mais arrojados que proporcionam uma postura segura.

A Ranger integra, pela primeira vez, faróis de LED, enquanto os farolins da secção traseira foram desenhados em harmonia com os da frente.

A secção traseira conta com um degrau lateral integrado, atrás dos pneus, que possibilita um acesso à caixa de carga mais sólido e robusto. Conta ainda um novo e resistente forro de proteção em plástico moldado que ajuda a proteger tanto a caixa da pick-up de arranhões.

O habitáculo é semelhante ao de um ligeiro de passageiros, enquanto os materiais utilizados são suaves ao toque, diz a Ford. A consola central oferece um ecrã tátil de 10,1 ou 12 polegadas, que complementa o painel de instrumentos totalmente digital e dispõe do mais recente sistema SYNC 4 da Ford, preparado para ser utilizado pelo cliente com os seus sistemas de comunicações, entretenimento e informação, ativados por voz.

No capítulo mecânico também existem novidades. A Ranger vai continuar a ser proposta com os motores diesel de 2,0 litros, de quatro cilindros em linha, em versões Turbo e Bi-Turbo, mas passa a contar com um novo propulsor turbodiesel V6 de 3,0 litros.

O chassis foi revisto, com um aumento de 50 mm na distância entre-eixos. A Ranger será proposta com dois sistemas de tracção às quatro rodas, incluindo um sistema eletrónico shift-on-fly e um novo sistema avançado de tração às quatro rodas permanente.

 

Continuar a ler

Comerciais

Renault aumenta a autonomia do Master E-TECH Elétrico

Published

on

O Renault Master E-TECH 100% elétrico passa a oferecer mais autonomia graças à colocação de novas baterias de 52 kWh, possibilitando uma autonomia real de 190 km (em ciclo WLTP urbano de 244 km), uma opção que vai estar disponível apenas a partir da primavera de 2022.



Esta nova bateria surge acompanhada da possibilidade de fazer carregamentos rápidos a 22 kW DC, o que pressupõe carregar o veículo em duas ou três horas, dependendo do ponto de carregamento.

O Master E-TECH assegura o acesso ao centro das cidades sem emissões, incluídas nas zonas urbanas sem restrições de circulação. Permite ao condutor circular pela cidade com facilidade e segurança. O modelo conta com equipamentos específicos como câmaras de visão traseira e retrovisores sem ângulos mortos.

Está ainda equipado com um alerta ZE Voice, que avisa os peões sobre a passagem do veículo junto deles a menos de 30 km/h.

Está disponível em três tipos de carroçaria distintas, furgões, chassis-cabina e plataforma – cabina. O chassis conta com uma garantia de dois anos ou 100 mil km e a bateria tem uma garantia de até 8 anos ou 160 mil km.

Continuar a ler

Comerciais

IVECO fornece 1.064 camiões S-WAY a gás à Amazon

Published

on

A IVECO, marca que integra a CNH Industrial N.V. e pioneira na comercialização e fabrico de veículos movidos a combustíveis alternativos, anunciou hoje um importante desenvolvimento na sua relação comercial com a Amazon.



A Amazon já recebeu o primeiro lote de 216 unidades IVECO S-WAY CNG (Gás Natural Comprimido) destinadas aos seus parceiros na Europa, tendo sido encomendadas mais 848 unidades que serão entregues em meados de 2022, elevando a 1.064 camiões o total da encomenda.

Estes 1.064 camiões estão equipados com motores Cursor 13 Natural Gas da FPT Industrial e possuem depósitos de GNC com 1.052 litros de capacidade, os maiores disponíveis, de forma a garantir-se uma impressionante autonomia de 620 km entre reabastecimentos. As 848 unidades encomendadas para entrega em 2022 irão também contar com o sistema IVECO Driver Pal, o companheiro de condução de bordo da marca, com funcionalidades vocais desenvolvidas a partir da plataforma Amazon Alexa.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração