A baja “Mint 400” nos anos 70 – Motorguia
Ligue-se connosco

Curiosidades

A baja “Mint 400” nos anos 70

Published

on

O conceito de baja não tem propriamente uma história “ancestral” no universo do desporto automóvel europeu. No nosso país, de uma forma mais generalizada só nos anos 80 é que algumas provas com estas características começaram a ser organizadas. Talvez porque o Paris Dakar sempre dominou o imaginário dos aficionados do todo o terreno nunca se ligou muito às provas do género das bajas.



De certa forma o conceito é importado dos Estados Unidos onde estas provas realizadas no deserto tiveram as suas raízes no início dos anos sessenta e quando chegaram à Europa eram já um tipo de competição bem cimentado na cultura automobilística norte-americana.

Assim trazemos-lhe um documentário sobre uma dessas provas nos anos setenta, a “Mint 400” realizada no estado do Nevada, a sul de Las Vegas, no famoso e duro deserto do Mojave. Acompanhando a equipa da BFGoodrich este vídeo da prova realizada em 1978 mostra-nos belas imagens ao melhor estilo “vintage” dos Chevy Blazer dos pilotos Frank “Scoop” Vessels e Bob Gordon a debaterem-se com as dificuldades desta competição.

Curiosidades

A paixão automóvel cubana também chega aos Lada

Published

on

O amor dos cubanos pelos seus automóveis motos é sobejamente conhecido, sendo até o seu parque automóvel, repleto de relíquias norte americanas dos anos 50 ainda em circulação, uma das suas atrações turísticas. Mas essa paixão não se fica pelas máquinas do Tio Sam e estende-se ao outro lado da barricada da Guerra Fria, aos Lada oriundos da antiga URSS.



Tendo começado a chegar a Cuba no final dos anos 60, início dos anos 70, os Lada começaram a circular nas estradas cubanas na forma de táxis, ou de veículos de estado, sendo uma das primeiras alternativas aos envelhecidos modelos americanos dos anos 40 e 50 para os quais escasseavam peças de substituição devido ao embargo norte-americano à ilha de Fidel Castro.

Hoje em dia também os Lada são uma relíquia, mas tal como os clássicos americanos, também eles ganham uma nova vida na mãos do engenhoso povo cubano que os mantém bem vivos naquilo a que se pode chamar de autentico “milagre mecânico”.

Não é por isso de estranhar que tenha nascido o Cuba Lada Club, que reúne proprietários e aficionados destes carros fabricados na antiga União Soviética e que num dos seus primeiros encontros juntou 140 modelos, todos eles já com um “toque” cubano.

Continuar a ler

Curiosidades

Lexus produz um IS350 com gira discos

Published

on

A Lexus tem estado a contar com a ajuda de alguns influencers que personalizam um dos seus modelos ao seu gosto e neste caso o resultado foi a instalação de um gira-discos no porta-luvas de um Lexus IS350.



Este Lexus em concreto dá pelo nome de IS350 Wax e teve a ajuda de dois nomes da música, MC Adlib e Kaytranada, no seu desenvolvimento.

Segundo o construtor nipónico os discos não saltam, mesmo com o modelo em movimento. Não especificando com grandes pormenores técnicos como tal é conseguido, a Lexus sempre revelou que o prato está assente numa almofada de silicone que reduz os efeitos dos ressaltos e que o mesmo conta também com um motor encarregue de estabilizar o prato.

Continuar a ler

Curiosidades

Já imaginou um carro que faz massagens aos pés?

Published

on

Um automóvel equipado com bancos capazes de fazer massagens aos seus ocupantes é algo que já vimos em vários modelos premium e de luxo mas a General Motors prepara-se para dar um passo em frente ao acrescentar massagens aos pés.



O conceito não é inovador no sentido em que a Audi já experimentou um sistema de massagens aos pés para os ocupantes dos bancos traseiros do seu A8 em que os mesmos colocavam os pés nas costas do banco da frente para que estes fossem massajados.

O que a General Motors patenteou é um sistema diferente em que a massagem é feita no soalho do próprio automóvel. Aparentemente só se destina aos passageiros, e não ao condutor como é compreensível, e ao ser implementado no soalho do veículo não obriga a que o passageiro tenha de mudar a sua posição para colocar os pés nas costas do banco dianteiro, por exemplo.

Assim sendo no universo do conforto e do luxo novas ideias esperam os modelos do futuro, vejamos como serão implementadas e se realmente relaxam os pés ou não.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração