Ligue-se connosco

Notícias

Preço do petróleo cai mais de 30%

Published

on

O mundo está assistir a uma queda nos preços do petróleo que já superou os 30% com o barril a cair para os 31,02 dólares fruto de um conflito de preços entre a Arábia Saudita e a Rússia.



Esta descida do preço do petróleo, com uma dimensão como não se via desde a primeira Guerra do Golfo, tem como raiz a crise provocada pelo coronavírus. Com a redução da procura por combustível, fruto da diminuição do fluxo de transportes que se sente em todo o mundo, a Arábia Saudita propôs junto da OPEP a redução da produção de barris de petróleo para manter os preços e minimizar a queda dos mesmos que a redução da procura já estava a causar.

A Rússia não concordou com esta redução afirmando que a sua economia suportava perfeitamente a descida do preço do petróleo. Em resposta a Arábia Saudita, tirando partido de ser o país com maiores reservas e o maior exportador de petróleo a nível mundial, anunciou o aumento da produção abrindo uma autêntica guerra de preços com a Rússia, enquanto enche o mercado de petróleo saudita.

As bolsas por todo o mundo têm estado a reagir em queda e no caso português esta guerra de preços irá beneficiar os consumidores finais e também a própria economia, pois sendo Portugal um pais consumidor de petróleo, esta redução no seu preço virá aliviar um pouco o peso dos custos com os combustíveis em toda a economia nacional.

Esta guerra pode não ficar por aqui pois já há analistas que estimam que o preço do barril de petróleo poderá mesmo descer até aos 20 dólares por barril.

1 Comentário

1 Comentário

  1. Apostas

    11/03/2020 at 02:24

    Juntamente com COVID 19, temos aqui uma situação que vai pôr algumas economias mundiais em sentido.
    Se Arábia Saudita teimar, algumas vão ter muitas dificuldades.
    Mas outras vão usar como oportunidade.

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Audi criou fundos para embelezar o teletrabalho

Published

on

As alterações laborais causadas pela pandemia do vírus Covid-19 levaram muitos a trabalhar a partir de casa em teletrabalho e as videoconferências passaram a ser para muitos a sua rotina diária.



A Audi criou um conjunto de fundos que poderão ser utilizados nas aplicações de videoconferência que permitem alterar o fundo, como a Zoom, por exemplo, personalizando assim o que está por trás do interlocutor. Certamente serão uma boa alternativa a um escritório desarrumado ou a uma estante recheada de livros, como tem sido muito visto ultimamente no nosso país.

Os fundos criados pela Audi podem ser descarregados na dropbox e na próxima videoconferência já poderá estar à frente de um Audi R8 RS ou de um A8L nestes dias difíceis dominados pelas rotinas impostas pelo novo Coronavírus.

Continuar a ler

Notícias

Honda muda logótipo no combate ao Covid-19

Published

on

O logótipo de uma marca é um dos elementos mais sagrados da sua comunicação e face ao grave momento que o mundo atravessa com a pandemia do novo Coronavírus, a Honda mudou o seu logótipo substituindo a palavra “Honda” por “Home” mantendo a assinatura “The Power of Dreams”, na tentativa de sensibilizar todos a ficar em casa.



O surto de Covid-19 tem levado a várias medidas de sensibilização para que as pessoas alterem os seus hábitos e fiquem em casa em segurança e a Honda vem dar mais um contributo nesse combate ao vírus tentando sensibilizar a população para ficar em casa com esta importante mudança na sua imagem, mas mantendo bem viva a esperança de dias melhores.

A par desta medida de alterar o seu logótipo, a marca japonesa reforçou a sua presença nos canais digitais de maneira a estar mais próximo dos seus clientes através da iniciativa “Continuamos Ligados” que além de ter mais conteúdos ao dispor também agiliza a relação entre o cliente e a marca nas mais variadas tarefas.

Continuar a ler

Notícias

Autoeuropa fabrica viseiras para hospitais

Published

on

Logo com o surgimento da pandemia do novo Coronavírus no nosso país a Autoeuropa doou viseiras e fatos de proteção a hospitais nacionais, nomeadamente o Curry Cabral e Santa Maria, ambos em Lisboa.



Agora um conjunto de trabalhadores desta fábrica da Volkswagen em Palmela em coordenação com a própria Autoeuropa está a produzir viseiras para o Hospital Nossa Senhora do Rosário, no Barreiro e o Hospital de Setúbal.

Recorrendo à maquinaria de impressão 3D estes trabalhadores continuarão a produzir estas viseiras enquanto houver matéria prima disponível ajudando assim na proteção dos elementos das entidades de saúde neste combate à pandemia do Covid-19.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração