A Morris pode estar de regresso – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

A Morris pode estar de regresso

Published

on

A Morris prepara-se para regressar ao mercado e o primeiro modelo já está em fase final de testes que antecedem a sua produção.

Nome icónico do passado no que diz respeito a veículos comerciais (e não só), a Morris está a renascer e o seu foco será precisamente o mercado dos modelos comerciais, mas agora exclusivamente em modo elétrico. A sua primeira aposta será a Morris JE, um furgão claramente inspirado no modelo J-Type de 1948 com uma estética vincadamente retro, mas com uma unidade motriz de última geração baseada em baterias de lítio.

A sua plataforma é construída em fibra de carbono e permite uma modularidade que deixa antever o surgimento no futuro de várias versões diferentes deste furgão. Além disso, esta solução em fibra de carbono permite à Morris JE ser um dos modelos mais leves do mercado, com as claras vantagens que isso acarreta.

O responsável da marca, Dr. Qu Li, refere que “após dois anos de desenvolvimento deste projeto, estou muito satisfeito com o que conseguimos. Tem sido uma aventura fantástica e o protótipo já vez testes de estrada intensivos e o final deste ano de 2019 marca também o final desta primeira fase do projeto. Ainda nos falta algum caminho a percorrer até chegarmos à fase da produção, mas temos a equipa e o produto para conseguirmos um enorme sucesso e estamos muito entusiasmados para revelar o nosso produto neste Outono”.

Para já, apenas foram reveladas algumas imagens que só deixam perceber a silhueta e alguns detalhes da Morris JE, mas pelo que mostram e se o projeto vir a luz do dia, será um agradável regresso ao mercado que permitirá voltar a ver nas nossas estradas e ruas uma marca que no passado também teve o seu peso no panorama rodoviário nacional.

 

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Multas por uso do telemóvel na condução aumentaram 5,5%

Published

on

No ano de 2021 foram registadas 24.306 infrações de uso do telemóvel durante a condução. Este valor representa um aumento de 5,5% de infrações comparativamente a 2020.



A utilização do telemóvel enquanto está ao volante a conduzir reduz a atenção e a capacidade de reação do condutor e aumenta em quatro vezes o risco de ter um acidente.

No sentido de sensibilizar os condutores para este facto, a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), a GNR e a PSP vão levar a cabo uma ação de denominada “Ao volante, o telemóvel pode esperar” que irá decorrer em todo o território nacional até ao dia 30 de maio. Esta iniciativa será composta por ações de sensibilização por parte de elementos da ANSR e ações de fiscalização levadas a cabo pela GNR e PSP em locais de maior fluxo rodoviário.

Continuar a ler

Notícias

Mercedes-Benz 300 SLR Uhlenhaut Coupé é o automóvel mais caro do mundo

Published

on

Foi batido no passado dia 5 de maio o recorde para o automóvel mais caro do mundo. Tal aconteceu num leilão da RM Sotheby´s em que um Mercedes-Benz 300 SLR Uhlenhaut Coupé foi arrematado por 135 milhões de dólares, qualquer coisa como 126,5 milhões de euros.



Só foram construídos dois exemplares deste modelo alemão. Um é este que foi vendido em leilão e o outro está no museu da Mercedes-Benz localizado em Estugarda. Este coupé foi desenvolvido com tendo como base o W196 de Fórmula 1 e foi desenhado por Rudolf Uhlenhaut, daí o seu nome.

O Mercedes-Benz 300 SLR Uhlenhaut Coupé com o chassis 196.110-00008/55 tornou-se no automóvel mais caro do mundo superando um Ferrari 250 GTO de 1962 que foi leiloado em 2018 também pela Sotheby’s e que detinha o recorde de um automóvel vendido em leilão após ter sido arrematado por 48 milhões de dólares, algo como 45 milhões de euros.

A leiloeira fez um vídeo assinalando este feito e ele aqui fica:

Continuar a ler

Notícias

Polestar 2 a partir de 49.900 euros

Published

on

A marca sueca Polestar que apenas produz modelos exclusivamente elétricos já chegou ao nosso mercado e o modelo que marca o início da sua atividade entre nós, o Polestar 2 também já tem preço.



Focada no segmento premium, a Polestar lança entre nós o Polestar 2, um fastback equipado de base com um motor elétrico de 170 kW, uma bateria de 69 kWh que lhe dá uma autonomia de 474 quilómetros e que surge no mercado com um preço base de 49.900 euros. Além desta proposta base o Polestar 2 tem ainda uma versão com autonomia prolongada que chega até aos 542 quilómetros graças à sua bateria de 78 kWh. A versão mais potente é o Polestar 2 com dois motores elétricos que lhe dão uma potência combinada de 300 kW e uma autonomia de 482 quilómetros.

O Polestar 2 já pode ser encomendado online no site da marca www.polestar.com/pt e poderá ser marcado um teste-drive na mesma página com os modelos a estarem disponíveis em Lisboa, Porto e Algarve. Os primeiros espaços físicos denominados por Polestar Destination têm a sua inauguração prevista para o último trimestre deste ano no Porto, seguindo-se depois Lisboa.

De acordo com o Director Geral da Polestar Portugal, Miguel Pinto “o mercado de automóveis eléctricos em Portugal está em crescimento, trazer a Polestar para o país foi um passo lógico para a marca. Estamos entusiasmados por trazer uma opção genuinamente atrativa para o segmento premium compacto e por oferecer aos portugueses um automóvel eléctrico inovador e sustentável que se apresenta como uma alternativa aos atuais automóveis a gasolina ou diesel.”

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração