Ligue-se connosco

Notícias

O Ford Puma foi um desportivo, mas agora é (mais) um SUV

Published

on

Em 20 anos, muita coisa mudou na indústria automóvel. Vimos os Diesel a crescer a olhos vistos, conseguindo prestações e consumos antes impensáveis, vimos o investimento em automóveis menos poluentes, como os híbridos e os elétricos, mas vimos, acima de tudo, a febre pelos SUV.

Hoje em dia, há para todos os tamanhos, feitios e carteiras. Não há construtor que se possa dar ao luxo de não ter um SUV na sua gama, mesmo em marcas de automóveis desportivos como a Porsche e a Lamborghini. Ainda assim, foi estranho ver a Mitsubishi transformar um desportivo como o Eclipse num SUV. Mas parece que não foi a única a ter esta ideia.

Lembra-se do Ford Puma? Aquele pequeno desportivo de design arrojado, baseado no Fiesta, que era extremamente divertido de conduzir. Pois é, agora a Ford apresenta a nova geração do Puma, mas em formato SUV.

Mantém-se a partilha com o Fiesta do qual deriva, mas ao invés de se apresentar como uma alternativa desportiva, apresenta-se como um automóvel mais versátil, mais espaçoso – tem uma bagageira com 485 litros de capacidade – e com uma posição de condução mais elevada, procurada por tantos clientes. Ainda assim, tal como o primeiro Puma, é um automóvel pequeno.

Vai estar disponível com dois motores mild-hybrid, com potências de 125 cv e 155 cv, resultado da união do pequeno bloco a gasolina com três cilindros e um litro de cilindrada com um sistema integrado de motor de arranque/alternador de 11,5 kW. A versão menos potente vai também estar disponível numa versão apenas com motor combustão.

Ainda não se conhecem os preços, mas sabe-se que chegará a Portugal no início do próximo ano.

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Parlamento aprova igualdade para o IUC dos automóveis importados

Published

on

Há muito tempo que os proprietários de veículos importados de países da UE a partir do dia 1 de julho de 2007 e com matrícula anterior a essa data se sentiam injustiçados, pois sempre foram obrigados a pagar o Imposto Único Automóvel como se a primeira matrícula do seu automóvel fosse posterior a 30 de junho de 2007. Ou seja, uma descriminação face aos veículos que foram originalmente matriculados em Portugal. Mas isso vai acabar em breve.

Bruxelas contestou as regras aplicadas em Portugal e o Governo prometeu revê-las. Assim, a votação foi ao Parlamento, que aprovou uma alteração fiscal que vai baixar o valor do IUC.

A alteração só vai surtir efeito partir de 2020. Na verdade, apenas é reposta a justiça, pois o Estado Português estava a fazer uma interpretação muito das regras europeias, distorcendo-as.

Continuar a ler

Notícias

Ford v Ferrari no cinema

Published

on

Hollywood vai pegar numa das mais épicas batalhas da história automóvel e trazê-la para o grande ecrã. Trata-se da guerra entre a Ford e a Ferrari para vencer as 24 Horas de Le Mans nos anos sessenta.

Depois da Ford ter tentado comprar a Ferrari num negócio que caiu por terra na derradeira reunião, Henry Ford II, responsável do construtor americano enfurecido com a recusa de Enzo Ferrari em vender a marca (especialmente em perder o controlo da parte da competição) decidiu bater a marca italiana nas pistas dando origem a uma das histórias mais apaixonantes do desporto automóvel.

É essa história que o filme “Ford v Ferrari” nos conta e, possivelmente descontando algum habitual patriotismo americano, estamos perante mais um bom filme para os aficionados do mundo automóvel.

O elenco conta com Matt Damon no papel de Carrol Shelby, que foi quem desenvolveu a arma da Ford para bater a Ferrari, o GT40, e Christian Bale no papel do piloto Ken Miles. A estreia no nosso país está agendada para Novembro. Para já vamos aguçando o apetite com os dois trailers que a 20th Century Fox já revelou.

Continuar a ler

Notícias

Trancado por carros das compras

Published

on

Na Argentina um condutor estacionou o seu automóvel de forma abusiva num supermercado e os empregados do mesmo encarregaram-se de lhe dar uma lição em forma de partida.

Tudo aconteceu na localidade de Temperley, no distrito de Buenos Aires, em que num supermercado um condutor estacionou o seu Peugeot na zona destinada ao carros das compras. Perante isto, os funcionários do estabelecimemto decidiram fazer “justiça” e trancaram o automóvel completamente, rodeando-o de carros das compras o que naturalmente iria dar muito trabalho ao condutor para retirar o seu carro dali.

Toda esta situação foi presenciado por um cliente, Arnold Angelini, que nas redes sociais se encarregou de congratular a partida dos funcionários e partilhar as fotos do “bloqueio”, como noticiou o canal Fox News.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Para ler

Newsletter

Em aceleração