O livro da Bentley que custa mais de 200.000 euros – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

O livro da Bentley que custa mais de 200.000 euros

Published

on

Não, não é um título com “clickbait”. A Bentley apresentou mesmo um livro que custa cerca de 230.000 euros, que é o mesmo que dizer que tem o preço de um bom apartamento em várias zonas de Portugal. Não fosse a especulação imobiliária, poderíamos incluir Lisboa nesta comparação.

São apenas sete cópias, na medida do número de continentes do nosso planeta. Claro que não é só por isso que tem este preço astronómico, mas também pelo facto de estar decorado com diamantes e poder ter o logótipo da marca de Coventry em ouro branco ou platina. Coisa de luxo, portanto.

Mas se acha que mais de 200.000 euros é demasiado dinheiro para a edição 100 Carat, tem sempre a hipótese de optar pela Edição Mulliner, que custa uns muito mais “simpáticos” 14.000 euros. E nem precisa de se preocupar tanto com a raridade da peça, pois há 500 exemplares disponíveis. Ainda assim, é melhor não se atrasar.
Se é menos abonado, pode limitar-se a ter edição Centenário, que custa “só” 3.400 euros.

Em qualquer dos livros de 30 kg de peso é certo que vai encontrar a história da marca, desde a sua fundação, incluindo as inúmeras vitórias no desporto automóvel. Vai poder ler também tudo o que fez da marca o que é hoje, assim como ficar a conhecer alguns dos seus clientes mais famosos. Se for cliente, pode ainda solicitar a inclusão de fotografias do seu automóvel.

Notícias

Porsche 917K de Steve McQueen vai a leilão

Published

on

O Porsche 917K de 1970 que Steve McQueen conduziu no filme Le Mans vai a leilão este fim de semana em Monterey e espera-se que venha a bater o recorde como automóvel mais caro alguma vez licitado.



A leiloeira RM Sotheby’s estima que este Porsche possa ser arrematado por uma verba entre os 16 e os 18,5 milhões de dólares, qualquer coisa entre os 13,5 e os 15,5 milhões de euros.

É normal que as expectativas estejam altas, afinal este modelo de competição reúne em si mesmo os nomes Porsche, Steve McQueen, Le Mans e Gulf, sem esquecer Mike Hailwood, o piloto que com ele correu em Le Mans no ano de 1970.

Por estas razões não faltarão aficionados, colecionadores ou investidores prontos para licitar este Porsche 917K com o número de chassis 917-031/026. Fique a saber mais detalhes sobre a história deste modelo na página dedicada ao mesmo pela leiloeira Sotheby’s aqui.

Continuar a ler

Notícias

Último Cobra Shelby pode valer 1,7 milhões de euros

Published

on

Foi em 2004 que a Ford criou um novo Cobra Shelby em forma de protótipo totalmente funcional e que foi apelidado com o nome de código “Project Daisy”. Nunca passaria disso mesmo, de um protótipo que não chegou a ser comercializado, mas ficou na história automóvel como o último Cobra Shelby a ser produzido.



O “Project Daisy” chegou mesmo a ser conduzido nas pistas de testes pelo próprio Carrol Shelby, mas a crise económica que se vivia nos Estados Unidos na altura levou a Ford a não apostar na sua comercialização.

Passado algum tempo foi vendido por cerca de 700 mil euros a um dos responsáveis do projeto que o manteve e acabou por torná-lo legal para circular na estrada. Agora o último Cobra Shelby vai a leilão em Monterey através da leiloeira Mecum num evento que decorrerá entre 12 e 14 de agosto sendo esperado que possa atingir uma quantia a rondar os 2 milhões de dólares, algo como 1,7 milhões de euros.

Continuar a ler

Notícias

Estará a Ssangyong de regresso?

Published

on

A coreana Ssangyong mostrou alguns desenhos do que poderá vir a ser a sua nova geração de modelos, com especial foco no denominado X200.



Arredada do mercado português há alguns anos, a Ssangyong foi uma marca que no final dos anos 80 e nos anos 90 teve um relativo sucesso quando em plena altura de expansão dos modelos todo-o-terreno ela surgiu com o Korando e posteriormente com o mais bem sucedido Musso, modelo equipado com motor Mercedes.

Agora a marca da Coreia do Sul tenta reerguer-se a nível mundial depois de uns últimos anos muito complicados a nível financeiro e estas primeiras imagens apenas mostram os caminhos estéticos que a Ssangyong tenda seguir.

Este X200, por agora apenas mero código de designação, não havendo ainda um nome definitivo, recupera as formas do Korando original, mantendo um ar robusto e moderno. Pouco se sabe a nível técnico, mas não é de excluir que este novo modelo seja motorizado por soluções elétricas ou híbridas.

Veremos agora com o tempo se esta tentativa de revitalizar a Ssangyong será bem sucedida e se eventualmente ela regressará ao mercado português.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração