Estudo de fiabilidade 2019: BMW e Audi nos últimos lugares – Motorguia
Ligue-se connosco

Notícias

Estudo de fiabilidade 2019: BMW e Audi nos últimos lugares

Published

on

A Peugeot e a Skoda são os primeiros classificados do estudo de fiabilidade da empresa inglesa J.D. Power. Conheça os resultados de 24 marcas de automóveis.

Chama-se “2019 UK Vehicle Dependability Study” e foi realizado pelo especialista em estudos de fiabilidade J.D. Power, em que a medição incidia sobre o número de problemas e avarias por cada 100 carros durante um período de 12 meses com carros até três anos de idade.

Participaram no estudo mais de 11.000 proprietários com residência no Reino Unido.

Os modelos que registaram menor número de avarias foram o Peugeot 208, Opel Insignia, Mercedes Classe E, Ford C-Max, Skoda Octavia e VW Tiguan.

Veja a classificação:

1 Comentário

1 Comentário

  1. Bryan

    16/08/2019 at 10:26

    O JD Powers é um estudo de satisfação, não de fiabilidade, e eles apensas consideram o número de problemas e não a gravidade dos mesmos, para este estudo um problema de 50€ tem o mesmo valor do que um problema de 1000€, além disso só são considerados carros até 3 anos.

    O ReliabilityIndex é o estudo mais rigoroso em termos de fiabilidade porque incide na fiabilidade/manutenção mecânica e em carros até 15 anos. Cumprimentos.

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Museu do Caramulo lança livro

Published

on

O Museu do Caramulo acaba de publicar o livro “Museu do Caramulo – Colecção de Automóveis, Motos e Bicicletas”, uma edição que retrata 140 modelos da coleção do museu, com 250 páginas e 550 imagens algumas delas nunca vistas anteriormente.



Resultando de um trabalho de quase dez anos, esta publicação com uma tiragem de 3.500 exemplares foca também outras coleções do museu, o seu arquivo, oficina e também provas e eventos.

Com um preço de venda ao público de 29,90€ o livro pode ser comprado na loja online do museu. Até ao final do ano ao adquirir este livro ele vem acompanhado do guia “O Meu Clássico” recentemente editado também.

Continuar a ler

Notícias

De Tomaso vai apostar nos Estados Unidos

Published

on

A De Tomaso vai apostar no nicho de luxo no mercado dos Estados Unidos, recuperando uma ligação umbilical entre a marca e este mercado, onde a sua ligação à Ford fez grande parte da sua história.



Seguindo aquilo que definiu como a missão AAR ou “American Automotive Renaissance (Renascimento do Automóvel Americano) a De Tomaso vai produzir modelos em solo americano estando já no terreno a procurar o local ideal para o fazer.

O belíssimo De Tomaso P72 deverá ser o primeiro desta nova era da marca. Trata-se de um super desportivo criado como um tributo ao P70 dos anos 60 que na altura foi fruto de uma parceria entre dois génios de então, Carrol Shelby e Alejandro De Tomaso .

Tal como o modelo que o inspirou, o P72 também conta com um motor de origem Ford, neste caso um V8 com 5.0 litros de cilindrada e um turbo Roush, capaz de debitar 700 cv de potência.

O construtor estima que a sua produção em terras do Tio Sam deverá arrancar no último trimestre de 2022.

Continuar a ler

Notícias

SSC Tuatara é o carro mais rápido do mundo

Published

on

O SSC Tuatara estabeleceu um novo recorde de velocidade tornando-se no carro de produção mais rápido do mundo ao conseguir atingir os 532,7 km/h.



Olive Webb foi o piloto que ao volante do Tuatara conseguiu este feito, fazendo duas passagens num troço da Nevada State Route 160. Na primeira fez 484,53 km/h e na segunda atingiu os 532,7 km/h o que deu uma média de 508 km/h para homologar o recorde de velocidade máxima.

Desenvolvido pela Shelby SuperCars (SSC) o Tuatara possui um coeficiente de resistência aerodinâmica muito baixo, de 0,279 e conta com um motor V8 com 5,9 litros de cilindrada, capaz de debitar uma potência máxima de 1775 cv quando alimentado com combustível E85.

O piloto britânico Olive Webb referiu que se as condições meteorológicas fossem melhores, com menos ventos laterais a velocidade máxima poderia ter sido ainda maior. Portanto é bem possível que a história do SSC Tuatara e do recorde mundial de velocidade não fique ainda por aqui.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração