Ligue-se connosco

Curiosidades

Tesla em autopilot atropela um robot

Published

on

Parece que os sistemas de condução autónoma dos automóveis da Tesla ainda não estão preparados para tudo.

Que o diga este robot da empresa Promobot, que decidiu ir para o meio da estrada, não respeitando a sua própria programação, o que resultou num atropelamento por parte de um Tesla Model S que por ali passava em modo de condução autónoma. Ficou tudo gravado em vídeo.

Apesar de parecer apenas um toque, a verdade é que o robot ficou irrecuperável e sem capacidade de participar no CES 2019, a decorrer em Las Vegas.

1 Comentário

1 Comentário

  1. kfz

    29/01/2019 at 08:13

    Ah sim, eu li sobre isso em muitas outras edições online. Era uma pena, e eu esperava que Tesla fizesse o piloto automático o mais rápido possível.

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Curiosidades

David Beckham ficou sem carta de condução

Published

on

A mania de falar ao telemóvel durante a condução custou caro ao ex-futebolista inglês. E não foi a polícia que o apanhou em flagrante…

O ex-jogador de futebol britânico foi apanhado em flagrante ao telemóvel enquanto conduzia o seu Bentley. Porém, não foi nenhuma autoridade de trânsito nem uma câmara de fiscalização que “apanhou” David Beckham. A estrela dos relvados foi filmada por uma pessoa não identificada, que caminhava pela rua e viu a cena. O pedestre filmou a infração de David Beckham e postou nas redes sociais.

Em pouco tempo as autoridades britânicas trataram de penalizar o ex-jogador. Beckham foi multado, pagou 750 libras (860 euros), mais 100 libras por custas judiciais (115 euros).

Beckham vai ficar seis meses sem conduzir porque já tinha acumulado diversas multas por excesso de velocidade e com este episódio tão sonante nas redes sociais não se escapou ao castigo.

Se conhece algum motorista competente… recomende-o a David Beckham.

Continuar a ler

Curiosidades

Jovem de 13 anos compra carro no Facebook e oferece-o à mãe

Published

on

Chama-se William Rabillo, tem 13 anos, e fez uma surpresa à sua mãe: comprou-lhe um carro no Facebook por troca pela sua XBox.

William vive com a sua mãe, Krystal Preston, e os seus dois irmãos mais novos em Fernley, Estado do Nevada, e as dificuldades financeiras da sua progenitora em tentar criar os três filhos foram o mote para esta aventura.

William estuda e faz pequenos serviços para os vizinhos, como cuidar do jardim e outros trabalhos na casa em troca de dinheiro, tudo para ajudar no orçamento da casa.

O jovem procurou e encontrou no Facebook uma mulher que estava a vender um Chevrolet Metro de 1999. William contactou a dona do carro e fez uma oferta irrecusável: trocar o veículo pela sua X-Box ou por meses de trabalho de jardinagem. Inicialmente a dona do carro recusou a oferta, mas depois de muita insistência do adolescente acabou por concordar.

William adiantou: “Era muito barato, então perguntei se ela trocaria pela Xbox e de início ela não aceitou, mas depois pensou e concordou”, afirmou William sobre a negociação. Após fechar o negócio, ele foi para casa e contou a novidade à sua mãe.

William e sua mãe, Krystal, reuniram-se com a vendedora para acertar os detalhes da documentação e levaram o carro para casa.

A mãe do jovem conta como terminou este negocia: “Confesso que não estava em mim quando recebi as chaves do carros e os documentos. O carro pegou à primeira e seguimos viagem para casa. Tenho tanto orgulho do meu filho, ele é um menino incrível”, algumas das palavras que Krystal Preston publicou na sua página de Facebook agradecendo o gesto do seu filho.

Continuar a ler

Curiosidades

Toyota ataca ladrões com gás lacrimogénio

Published

on

A marca japonesa patenteou um sistema de antirroubo de… ir às lágrimas.

A Toyota adotou uma nova tecnologia que lança gás lacrimogénio para o interior da viatura quando o veículo deteta uma utilização ilegítima do veículo.

O pedido da patente é muito similar ao que a Mercedes utiliza para lançar uma fragância (ambientador) para o interior dos seus veículos e a Toyota corre o risco de não ver a sua patente aceite por este motivo.

O sistema da Toyota teoricamente seria mais transparente e apresentável do que qualquer outro existente no mercado, porque foi projetado para detetar automaticamente quem está a aceder ao veículo através do seu smartphone.

Trata-se de uma nova forma de combate ao roubo de automóveis, a fazer lembrar as invenções do laboratório de mister Q, da saga 007 – James Bond, mas que de início vai causar alguns receios nos clientes. Pode o carro desconfigurar-se e resolver não reconhecer o dono.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Para ler

Newsletter

Em aceleração