Ligue-se connosco

Notícias

Trotinetes sem lei

Published

on

Em Portugal pode fazer o que quiser e andar por onde bem entender porque não há legislação específica que impeça o uso das trotinetes. Já em Espanha a DGT está a preparar legislação para colocar a nova saga das trotinetes dentro da lei e multar quem não cumprir as regras.

As capitais europeias e as grandes cidades estão a ser alvo de uma invasão de trotinetes que promete dar que fazer às autoridades locais. A cidade de Lisboa foi inundada de trotinetes, com a autorização da Câmara Municipal de Lisboa, que são largadas pelos passeios causando transtorno a que neles circula e aos cidadãos com mobilidade reduzida – e em especial aos invisuais que tropeçam e caem – por causa destes elementos estranhos largados pelos passeios da capital.

No que à circulação diz respeito, as trotinetes quando misturadas com a falta de civismo e a negligência, são autênticas “bombas” prontas a potenciar acidentes graves. Os utilizadores deste novo tipo de “mobilidade urbana” circulam, nas ruas, avenidas, passeios, ciclovias e passadeiras, a velocidades impróprias e sem respeitarem regras, desprovidos de elementos de segurança como um simples capacete. E tudo isto sem que a polícia saiba o que fazer ou que leis aplicar a quem faz uso das trotinetes.

Em Espanha, a morte de uma mulher atropelada por uma trotinete colocou em causa todo o sistema desregulado, semelhante ao de Portugal, obrigando a Direção Geral de Tráfego (DGT) a tomar medidas imediatas. A lei será aplicada pelos municípios de acordo com as características das localidades. O principal objetivo é retirar as trotinetes da circulação nos passeios e encaminhar estes veículos para as ciclovias e estradas com menos trânsito.

Devido à quantidade e diversidade das trotinetes atuais, com, motores e velocidades diferentes, o principal obstáculo para o legislador está na categorização dos veículos. Também as idades dos utilizadores vão estar em foco, sendo que tudo aponta para os 16 anos como idade mínima para usar as trotinetes na via pública.

A velocidade máxima que o legislador espanhol pretende implementar é de 25 Km/h, sendo que todas as trotinetes terão de estar limitadas a esta velocidade. Todas as que quiserem circular acima desta velocidade vão ter de possuir matrícula e o limite será de 45 km/h. O uso de capacete é obrigatório em todos os tipos de trotinete.

Tudo ainda está a ser discutido, mas aponta para uma lei que regule este novo tipo de mobilidade urbana e que já começa a registar muitas queixas e acidentes.

Em Portugal tudo continuará na mesma. Não se admire se um destes dias encontrar uma trotinete a todo o gás em plena A1.

Continuar a ler
Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Um Nissan que custa 1 milhão de euros

Published

on

São apenas 50 unidades de uma série especial desenhada pelos estilistas italianos da Italdesign. Esta mistura de estilo com um motor V6 de 720 cv começa a chegar às mãos dos milionários que o encomendaram ainda em 2019.

O Nissan GT-R50 é um automóvel exclusivo e que só terá uma produção de 50 exemplares cujo valor a pagar se cifra nos 990.000 euros. São poucos os que podem ter o prazer de possuir este modelo e muitos os milionários que vão ficar de água na boca por terem perdido a oportunidade de adquirirem um carro que ao contrário dos outros se valorizará mesmo depois de usado.

A famosa casa italiana de design automóvel, a Italdesign aceitou o desafio de fabricar uma peça única sem perder a identidade do Nissan GT-R. Vai permitir aos 50 clientes escolherem a sua combinação de cores, oferecendo um catálogo tanto para o interior como o exterior. As opções de personalização a partir daqui são muito poucas.

Quando pisar o acelerador vai escutar o rugido do motor V6 Biturbo de 3,8 litros oriundo do Nissan GT-R Nismo, mas com uns retoques na potência que chega agora aos 720 cv e os impressionantes 780 Nm de binário, tudo debaixo da batuta da caixa automática de seis velocidades com dupla embraiagem que foi reforçada.

Em 2019 vai sair a primeira fornada do GT-R50 arrastando-se as entregas das 50 unidades até 2020.

Continuar a ler

Notícias

Opel aposta forte nos elétricos

Published

on

O Groupe PSA tem diversos planos elétricos para a Opel.

As próximas gerações do Corsa do Mokka X e do Vivaro vão incluir versões totalmente elétricas. Em relação ao primeiro, sabe-se que a utilizará a plataforma e-CMP, partilhado com o Peugeot 208, que está preparada para utilizar um conjunto elétrico capaz de garantir uma autonomia entre os 300 e os 350 km. Espera-se que a apresentação seja feita no próximo Salão Automóvel de Genebra, em março de 2019.

Segundo Michael Lohscheller, CEO da Opel, “o novo Corsa vai tornar a mobilidade elétrica acessível a muitos consumidores, sendo um verdadeiro automóvel elétrico para as pessoas”.

Continuar a ler

Notícias

Ainda é possível comprar um Saab novo

Published

on

O ano de 2011, no caso da indústria automóvel, ficou marcado pela falência da SAAB.

O construtor sueco, que esteve mais de 20 anos sob alçada da General Motors, teve sempre um aura bastante especial, mesmo nunca tendo produtos ao nível dos concorrentes. Será, talvez, essa a única explicação para o preço pedido por um dos últimos SAAB fabricados, vendido em Itália, por um antigo concessionário da marca: uns incríveis 31.000 euros. Sim, são mais de 30.000 euros por um Saab 9-3 Sport Hatch 1.9 TTiD4 fabricado em 2011, que utiliza um simples motor Diesel de 130 cv. É verdade que só tem 90 quilómetros e inclui as proteções originais, mas nem isso serve para o tornar numa compra racional, ou sequer podermos falar em investimento.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração