Ligue-se connosco

Notícias

Um Fiat Panda de luxo

Published

on

O pequeno e citadino Fiat Panda nasceu para ser simples, barato e fiável. Foi assim que construiu uma carreira de sucesso desde os anos 80 do século passado. Mas a verdade é que nem tudo tem de continuar da forma que nasceu. E foi assim que a Garage Italia Customs, empresa especializada na personalização de veículos,  achou por bem transformar um Fiat Panda da primeira geração.

Mas este Panda não é um qualquer, pois o seu proprietário era, nada mais nada menos, do que lendário líder da Fiat, Gianni Agnelli. E como é que este exemplar foi parar às mão da Garage Italia Customs? De forma bastante simples, pois o seu proprietário, Lapo Ellkan, é neto de Agnelli e irmão da John Ellkan, o CEO da empresa que controla a Fiat Chrysler Automobiles.

A história deste Panda esteve sempre ligada à Suíça, onde sempre passou os seus dias, para que Gianni Agnelli o pudesse utilizar sempre que visitava terras helvéticas. Agora, ganha um novo capítulo com este restauro, que incidiu apenas na parte estética.

As imagens falam por si.

 

previous arrow
next arrow
Slider

Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Covid-19 dá nova vida aos Drive-ins

Published

on

A pandemia do novo Coronavírus que afeta a população mundial tem levado à busca de alternativas seguras para as mais variadas atividades, na tentativa de manter alguma normalidade nas rotinas das sociedades. Nesse sentido assistimos hoje ao regresso do conceito dos Drive-ins.



Com os limites impostos pelo Covid-19, nomeadamente no que diz respeito às reuniões de caráter social, que levaram ao encerramento de cinemas, teatros e locais de culto como as igrejas, por exemplo, o conceito de Drive-in volta a ganhar força com a reunião de espetadores em torno de um ecrã gigante de cinema para assistirem a um filme, ou no parque de estacionamento de igrejas para a celebração de uma missa.

Assim, na segurança dos seus veículos os presentes garantem o distanciamento social que a segurança impõe, mas continuam a poder celebrar o seu culto ou apenas aliviar a mente com um bom filme. Compreensivelmente, este fenómeno está a ter uma forte implementação nos Estados Unidos onde o conceito está bem enraizado na cultura norte-americana. Foi neste país que o primeiro Drive-in surgiu em 1915 sendo a década de 50 a responsável pela sua forte implementação graças ao aumento da aquisição de automóveis por parte dos americanos.

O papel do automóvel como elemento de segurança e de contenção da transmissão já tinha surgido com os testes ao Covid-19 feitos em instalações estilo “Drive-thru” como aliás já temos algumas em funcionamento no nosso país, mas agora com este “regresso” dos Drive-ins é curioso verificarmos que o automóvel reforça o seu papel fundamental na liberdade do homem, indo neste caso mais além da sua função primária que é garantir a mobilidade.

Continuar a ler

Notícias

Ford ajuda Cruz Vemelha

Published

on

A Ford Lusitana acaba de estabelecer um acordo com a Cruz Vermelha Portuguesa através do qual cede de imediato dez viaturas da sua frota para auxiliar esta instituição humanitária num momento tão complexo como o que vivemos por causa do novo Coronavírus.



Este acordo já está em vigor e manter-se-á durante o período em que Portugal estiver em estado de emergência e neste conjunto de modelos a Ford cede três Puma Hybrid, um Kuga, três Focus, um Mondeo, uma Galaxy de sete lugares e uma Ranger Raptor. Estes modelos irão circular com identificação da Cruz Vermelha e que se destinam ao transporte de doentes, ao apoio domiciliário e a outras funções que sejam necessárias no quadro da prevenção e controlo da pandemia do vírus Covid-19.

Continuar a ler

Notícias

Seat vai fabricar ventiladores

Published

on

Em resposta aos problemas causados pela pandemia do vírus Covid-19 que assola todo o mundo e Espanha de forma particularmente forte, a Seat converteu uma parte da sua fábrica de Martorell para produzir ventiladores.



A linha de montagem do Seat Leon, especialmente aquela em que até agora era produzido o eixo dianteiro deste modelo passou a produzir ventiladores numa tarefa que envolve 150 trabalhadores de várias áreas da empresa.

As novas unidades de ventiladores utilizam os motores dos limpa pára-brisas e foram feitos 13 protótipos em apenas uma semana para chegar ao modelo final que que deverá entrar em produção. Neste momento estão ainda a ser feitos testes necessários para a homologação deste aparelho, tão importante para salvar vidas nesta luta contra o novo Coronavírus.

Veja como decorreu este processo neste vídeo da Seat:

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração