Ligue-se connosco

Notícias

Estado apoia “negócio” dos combustíveis?

Published

on

O barril de petróleo baixou 20 dólares nos últimos 45 dias e mantém a tendência de queda que já vai nos 20%. No entanto, os combustíveis não baixaram nas últimas quatro semanas e apenas baixam 1,5 cêntimos amanhã. Quem está a ganhar com este negócio?

Quem está a ganhar milhões com a retenção dos preços dos combustíveis? Será o Estado português leva mais de 60% da fatia deste jackpot pago pelos automobilistas e empresa? Certo é que a ajuda das gasolineiras é essencial e não é de estranhar que tentam por tudo manter os preços e tentar manter o desfasamento dos preços entre o barril e ponto de venda.

Quando os preços do barril sobem na semana seguinte os preços sobem de imediato. É caso para dizer: sobem como uma flecha e descem como uma pluma. Este negócio envolve muitos milhões de euros a distribuir pelos refinadores, distribuidores e Estado português.

Fonte: Nasdaq

Na análise aos gráficos publicados podemos verificar que o preço barril de crude em abril estava ao mesmo preço da passada sexta-feira, com a diferença que em abril o valor do gasóleo (por exemplo) estava nos 1,35 euros, enquanto à data de hoje está nos 1,47 euros, bastante longe dos 1,35 euros de abril.

Amanhã os preços descem 1,5 cêntimos e até parece um favor que fazem aos consumidores. Todos os partidos políticos estão passivos em relação a esta matéria. As associações de consumidores de combustíveis não existem em Portugal e não há quem defenda consumidores particulares e empresas deste super-negócio.

Fonte: maisgasolina.com

Vamos ficar atentos à tendência dos preços e fazer a nossa parte na divulgação deste negócio que tira milhões de euros dos bolsos dos consumidores portugueses que não têm oportunidade de abastecer em Espanha.

Continuar a ler
Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

Tesla lança “Dog Mode”

Published

on

Já todos ouvimos e lemos histórias sobre animais que foram deixados no habitáculo de um automóvel. E nem todas tiveram um final feliz.

Por isso, e também porque muitos dos proprietários de automóveis da Tesla pediram, a marca americana de automóveis elétricos acaba de lançar uma atualização para todos os seus modelos, via Over the air, que permite aos seus automóveis detetar a presença de ANIMAIS dentro do habitáculo e, a partir daí, ativRa o sistema de climatização e, ao mesmo tempo, indicar a temperatura ambiente no habitáculo, para que todos aqueles que se confrontam com o animal saibam que está tudo bem.

Mas esta atualização não serve apenas para ajudar o seu animal de estimação. Outra das funcionalidades adicionadas foi a “Sentry Mode”, que serve, basicamente, para tentar evitar que mais Tesla sejam assaltados. Quando deteta um potencial intruso, através de um encosto na viatura, por exemplo, ativa as câmaras do sistema Autopilot e grava tudo o que se passa em redor do veículo. Ao mesmo tempo, exibe uma mensagem no ecrã a alertar que está a gravar tudo o que se passa. Se, mesmo assim, o meliante decidir invadir o habitáculo, o Tesla muda para o estado “Alarme”, ativando o alarme, aumentando o brilho do ecrã e reproduzindo música no volume mais alto possível.

A juntar a isto, os proprietários também receberão um alerta na aplicação móvel da Tesla e serão informados que ocorreu um incidente. Posteriormente, poderão descarregar uma gravação de vídeo do incidente.

Continuar a ler

Notícias

Um Mazda MX-5 com 15 anos por 34.000 euros

Published

on

O Mazda MX-5 será, muito provavelmente, o mais famoso roadster do mundo. É, isso é certo, o mais vendido em todo o mundo.

Como tal, pode ser estranho classificar algum exemplar como raro ou especial, até porque já foram produzidas inúmeras séries especiais. Contudo, há umas mais especiais do que as outras, como é da versão Roadster Coupé da segunda geração do pequeno Miata, conhecida como NB. Disponível apenas no mercado japonês, foram produzidas apenas 179 unidades com esta carroçaria de tejadilho fixo, divididas por quatro motorizações, sendo a mais  potente aquela que é mais deseja, graças ao seu motor 1.8 com 158 cv, apelidada de Type S, e da qual foram construídas apenas 63 anos.

Com base nisto, há quem esteja a pedir, em Hong Kong,  cerca de 34.000 euros por uma destas unidades. Sim, é bem mais do que aquilo que custa, em Portugal, um Mazda MX-5 novo com 131 cv. O vendedor justifica o preço pedido com a já indicada raridade, com os 48.000 km percorridos e com o facto deste exemplar ter sido restaurado de A a Z.

 

Continuar a ler

Notícias

Apple patenteou reconhecimento facial para automóvel

Published

on

Com os smartphones a terem cada vez maior relação com os automóveis, a Apple acabou de registar o “Face ID” para aceder ao automóvel.

Quando foi apresentado pela Apple em 2017, o Face ID deu muito que falar com os mais céticos a acharem que poderia ser difícil de interpretar pelas máquinas. Os construtores de automóveis ficam interessados nesta tecnologia e incentivaram a Apple a dar seguimento ao programa de desenvolvimento para outras utilizações de reconhecimento facial.

A patente agora registada permite utilizar o smartphone associado ao veículo para destrancar o carro e desligar o imobilizador. No entanto, se não tiver um iPhone o sistema também permitirá integrar um dispositivo de reconhecimento facial no exterior do veículo para identificar o proprietário.

Por agora, a Apple adianta que vai usar a tecnologia nos seus veículos autónomos que estão em desenvolvimento. O tão falado Apple Car (Projecto Titan) poderá ser o primeiro a estrear esta inovação, mas até o iCar estar pronto talvez a tecnologia acabe por aparecer através de outros construtores.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração