Ligue-se connosco

Notícias

Brabus 850 MB GLE Coupé – 236 mil euros e 850 cv

Published

on

Motor de 8 cilindros em V com 850 cv de potência e 3,8 segundos dos 0-100 Km/h são argumentos de peso para quem procura um modelo exclusivo e com assinatura da casa alemã Brabus.

O Brabus 850 ilustra o que se pode fazer em matéria de personalização mecânica e estética. Partindo de uma versão que custa na Alemanha cerca de 110.000 euros, a Brabus pode elevar o valor até aos 289.000 euros se o cliente fizer questão de preencher todos os itens disponíveis para esta personalização. A versão que apresentamos custa 236.000 euros e nem a AMG consegue nada igual para os seus clientes.

Os 850 cv e os impressionantes 1450 Nm de binário dizem tudo acerca das emoções que o Brabus 850 pode oferecer. Em pouco mais de um piscar de olhos chega aos 100 km/h (3,8 segundos) e o motor V8 biturbo com 6,0 litros de cilindrada ganhou uma espécie pulmão extra como a Brabus sabe fazer. Para conseguir esta potência a Brabus trocou os turbocompressores originais da AMG e colocou novos compressores e condutas de admissão especiais. O consumo em cidade é de 15,7 litros e o combinado de 11,9 litros aos 100 Km, o que não são números nada assustadores para a presença de tanta cavalagem.

Quanto ao requinte interior, basta passar os olhos pela galeria de fotos para perceber os detalhes de luxo que a Barbus tão bem sabe aplicar aos seus produtos. Não vamos falar em equipamento porque a lista é longa, mas pode dizer um item qualquer de equipamento… o que quiser, porque o Brabus 850 de certeza que tem.

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider


Continuar a ler
Clique para comentar

Deixe a sua resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Notícias

ESCÂNDALO – VW vendeu ilegalmente milhares de veículos pré-série em vez de os destruir

Published

on

Os carros da marca alemã apresentavam diversos defeitos e nunca foram certificados para serem utilizados no dia-a-dia. Tratava-se de carros de testes que deveriam ter sido destruídos.

O jornal alemão Der Spiegel avançou hoje com a notícia sobre um novo escândalo na Volkswagen colocou no mercado os carros utilizados durante os testes de pré-produção. A VW vendeu 6700 carros de teste que não estavam certificados para uso na estrada. Os carros foram vendidos na última década na Europa e nos Estados Unidos a clientes que atualmente não fazem ideia que possuem um carro destes.

Depois do escândalo com o Dieselgate, a marca germânica volta a enfrentar problemas na sua gestão. Esta prática antecede até o Dieselgate. Segundo o Der Spiegel, a prática de despachar os “muletos” (gíria para os carros que servem exclusivamente para testes, seja de estrada ou de desporto) começou em 2006. Apenas a VW está abrangida, as outras marcas do grupo não adotaram esta prática. A VW preferiu enviar os carros, devidamente revistos, para outros países e para concessionários que nunca suspeitaram de nada.

Não existe qualquer documentação sobre os carros enviados para o mercado, nem sobre os eventuais defeitos encontrados durante os testes e como foram retificados.

O jornal alemão Handelsblatt confrontou o CEO da VW, Herbert Diess, que afirmou estar em curso neste momento um “Recall” de todos estes veículos para serem recomprados pela VW e reparados os danos aos clientes afetados por esta prática ilegal. Caso tenham sucedido acidentes graves que envolvam algumas destas unidades a Volkswagen enfrenta um problema de grandes dimensões. As investigações estão em curso…

 

Continuar a ler

Notícias

Um Nissan que custa 1 milhão de euros

Published

on

São apenas 50 unidades de uma série especial desenhada pelos estilistas italianos da Italdesign. Esta mistura de estilo com um motor V6 de 720 cv começa a chegar às mãos dos milionários que o encomendaram ainda em 2019.

O Nissan GT-R50 é um automóvel exclusivo e que só terá uma produção de 50 exemplares cujo valor a pagar se cifra nos 990.000 euros. São poucos os que podem ter o prazer de possuir este modelo e muitos os milionários que vão ficar de água na boca por terem perdido a oportunidade de adquirirem um carro que ao contrário dos outros se valorizará mesmo depois de usado.

A famosa casa italiana de design automóvel, a Italdesign aceitou o desafio de fabricar uma peça única sem perder a identidade do Nissan GT-R. Vai permitir aos 50 clientes escolherem a sua combinação de cores, oferecendo um catálogo tanto para o interior como o exterior. As opções de personalização a partir daqui são muito poucas.

Quando pisar o acelerador vai escutar o rugido do motor V6 Biturbo de 3,8 litros oriundo do Nissan GT-R Nismo, mas com uns retoques na potência que chega agora aos 720 cv e os impressionantes 780 Nm de binário, tudo debaixo da batuta da caixa automática de seis velocidades com dupla embraiagem que foi reforçada.

Em 2019 vai sair a primeira fornada do GT-R50 arrastando-se as entregas das 50 unidades até 2020.

Continuar a ler

Notícias

Opel aposta forte nos elétricos

Published

on

O Groupe PSA tem diversos planos elétricos para a Opel.

As próximas gerações do Corsa do Mokka X e do Vivaro vão incluir versões totalmente elétricas. Em relação ao primeiro, sabe-se que a utilizará a plataforma e-CMP, partilhado com o Peugeot 208, que está preparada para utilizar um conjunto elétrico capaz de garantir uma autonomia entre os 300 e os 350 km. Espera-se que a apresentação seja feita no próximo Salão Automóvel de Genebra, em março de 2019.

Segundo Michael Lohscheller, CEO da Opel, “o novo Corsa vai tornar a mobilidade elétrica acessível a muitos consumidores, sendo um verdadeiro automóvel elétrico para as pessoas”.

Continuar a ler
Publicidade

Estamos no Facebook

Newsletter

Em aceleração